Piscinas do Seixas: o melhor passeio de João Pessoa

2

Atualizado em 19 de abril de 2018

João Pessoa, na Paraíba, tem várias opções de passeios, mas os mais famosos são os que nos levam para dentro do mar. Entre esses, os mais procurados são o da Areia Vermelha, o de Picãozinho – que eu conto como é neste post – e o das Piscinas do Seixas, que eu considero o melhor de todos. Os motivos que me levaram a escolher esse como o meu favorito são vários.

Primeiro, você precisa saber que diferente dos outros dois passeios, as Piscinas dos Seixas ainda são pouco exploradas e pouco conhecidas. A maioria dos turistas escolhe ir para Areia Vermelha, que na verdade fica em Cabedelo, município vizinho.

Como ainda não recebe a mesma carga de turistas que os outros, as Piscinas dos Seixas têm mais vida e também mais tranquilidade. O número de peixinhos – e peixões – nadando por aqui é bem grande. Pode ser que você não tenha que compartilhar o mesmo espaço com aquele batalhão de gente munida de esnórquel e máscara. Quando eu fiz esse passeio, só havia eu e mais cinco passageiros no catamarã. Isso foi excelente porque deu pra nadar tranquilamente sobre os corais.

piscinas-do-seixas-03

As Piscinas do Seixas com João Pessoa ao fundo.

piscinas-do-seixas-04

O verde intenso do mar.

piscinas-do-seixas-06

O mergulho sobre os corais.

piscinas-do-seixas-01

Há peixinhos e peixões. Eu vi até uma moreia.

Outro fator importante é que as Piscinas estão a cerca de 10 minutos de navegação. Ficam bem pertinho da Praia do Seixas, que apesar de não ser muito frequentada por quem mora aqui, tem um tom esverdeado lindo.

Uma instrução importante é não pisar nos corais – podemos nadar sobre eles, mas pisar não. Essa medida é importante para não danificar o ambiente e também para evitar acidentes: vai que você pisa em um ouriço-do-mar.

No mais é só relaxar e desfrutar dessa que é a terceira maior região de recifes do mundo, perdendo apenas para a Grande Barreira de Coral, na Austrália.

piscinas-do-seixas-02

A Praia do Seixas.

piscinas-do-seixas-05

A Ponta do Seixas, o lugar mais oriental das Américas.

Planeje seu passeio nas Piscinas do Seixas

Quanto custa | O preço é tabelado. Em todas as agências que consultei me cobraram R$ 35, sendo que eu deveria ir até o ponto de partida, na Praia do Seixas. O aluguel da máscara e do esnórquel custa R$ 10, por duas horas, tempo do passeio.

Quem leva | Eu contratei o catamarã 100% Lazer, e o serviço é bem básico, mas satisfatório.  Há também a Luck Receptivo, empresa com grande experiência nos passeios de João Pessoa, e muitas outras que oferecem serviços semelhantes ou melhores. É muito importante fazer a reserva com antecedência de pelo menos dois ou três dias na alta estação.

Quando ir | O melhor período para o passeio é de novembro a janeiro, quando as águas estão mais claras. O horário dos passeios depende da maré. Por isso, é fundamental consultar a tábua de marés para saber a hora da maré baixa, já que as piscinas só aparecem nesta ocasião. Há dias em que o passeio não acontece justamente por isso.

O que levar | Não se esqueça do protetor solar. Uma toalha ou uma muda de roupa podem ser necessárias para a volta. Se tiver, leve seu esnórquel e sua máscara.

Onde ficar | Em João Pessoa eu me hospedei no Hotel Ibis. Ele fica no final da Praia de Cabo Branco, numa região tranquila e bem perto da Praia do Seixas, onde também está o emblemático ponto mais oriental do continente americano. Aqui há boas opções de restaurantes e a praia é muito agradável.

Minha viagem à Paraíba teve o apoio do Hotel Ibis João Pessoa e da Edelman Significa. Veja outras matérias produzidas nessa viagem e utilize a tag #PNEParaíba para acessar todo o conteúdo publicado nas redes sociais.

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

2 Comentários

Escreva um comentário