O que ver e fazer em Ushuaia

13

Atualizado em 23 de abril de 2020

Eu sei que qualquer ideia que construirmos de um lugar em apenas algumas horas de caminhada, não vai refletir o que ele realmente é. Mas, você há de concordar comigo: alguns nos conquistam logo de cara, sem muita perda de tempo. Aqui, eu precisei olhar tudo com mais calma, descobrir o que ver e fazer em Ushuaia para, então, perceber que ela é única em todos os sentidos.

O dia está cinza, as gotas de chuva insistem em cair, e o frio, que me persegue há tempo, também está aqui. As ruas estão enlameadas e, nas vitrines, os preços me assustam. A crise na Argentina elevou ainda mais os custos de Ushuaia, que já tinha fama de ser mais cara do que Buenos Aires. É assim que a cidade mais ao sul do mundo me recebe.

Estou em trânsito, a bordo do navio de cruzeiro Stella Australis. O trajeto é entre Punta Arenas, no Chile, e Ushuaia, na Argentina, passando pelo mítico Cabo de Hornos. Este último é o pedaço de terra mais ao sul do mundo, antes da Antártica.

O que ver e fazer em Ushuaia

Eu não poderia deixar de ter uma foto tão tradicional como essa.

O porto, onde o navio para, fica exatamente em frente ao Centro, onde há um escritório de informações turísticas. É daqui que parto para cumprir minha lista de coisas para fazer em Ushuaia. Com um mapa da cidade na mão, a caminhada passa por alguns de seus principais atrativos. Infelizmente, não deu pra ver tudo, mas se quiser conferir um roteiro bem detalhado, veja as dicas do blog Viagens e Caminhos.

O que fazer em Ushuaia

Plaza Malvinas | Essa praça é o maior monumento erguido em Ushuaia. Ela é uma homenagem aos 649 combatentes que morreram na Guerra das Malvinas. Aqui, no dia 2 de abril, acontece uma grande celebração em memória dos soldados e de suas famílias. Visite o Monumento a los Caídos en las Islas Malvinas, que tem o nome de todos os combatentes que não regressaram da batalha.

Avenida Costanera | Caminhar por essa avenida é essencial e não apenas porque nela estão vários atrativos. A partir dela, temos uma vista do mar, das montanhas geladas e de boa parte da cidade que sobe um pequeno morro. Aqui, aproveite para garantir sua foto ao lado da tradicional placa da cidade. Depois pode começar a dar checks em sua lista de coisas para fazer em Ushuaia.

O que ver e fazer em Ushuaia

Vista da Avenida Costanera para o mar.

O que ver e fazer em Ushuaia

As montanhas geladas que rodeiam Ushuaia.

Museo Maritimo y del Presidio | Esse é um passeio que eu não fiz, mas sobre o qual ouvi ótimas referências de pessoas que fizeram. O Museo Maritimo y del Presidio é uma antiga cadeia destinada a presos altamente perigosos. Ela funcionou entre os anos 1904 e 1947. Hoje, é considerada um dos atrativos imperdíveis da cidade. As visitas podem ser feitas diariamente, das 10h às 20h. A entrada custa ARG 120.

Calle das lojas | Duas ruas acima da Avenida Costaneira está a principal área de lojas da cidade. Aqui, o mercado ferve e você pode deixar para trás algumas cifras: eu achei tudo muito, muito caro. Sabe aquelas coisas feitas apenas para turistas? Então, é exatamente isso. Se quiser, aproveite para dar uma caminhada sem muitas pretensões. Mas, se você for um comprador confesso, visite o Paseo de Artesanos, a única feira artesanal de Ushuaia e a La Última Bita, uma loja de produtos típicos da cidade. Ah, vá também na Lirios de la Patagonia, que vende chocolates e alfajores artesanais.

O que ver e fazer em Ushuaia

Uma rua para quem gosta de comprar.

Trem do fim del Mundo | Esse é outro passeio que vai ficar para a próxima vez. Como tenho pouco tempo na cidade – lembra que estou embarcado no Stella Australis? – a viagem com o trem não seria possível. O ponto de partida do passeio é a Estação do Fim do Mundo. Ela fica localizada a oito quilômetros de Ushuaia.

Durante o percurso, você pode contemplar florestas antigas, rios e a reconstrução de um assentamento nativo. O trem faz uma parada na cascata Macarena, e a última parte do passeio é feita dentro do Parque Nacional da Terra do Fogo. As saídas são diárias, sempre às 9h30 e às 15h. O passeio tem duração de aproximadamente duas horas. O tíquete custa ARG 330. Faça sua reserva em aqui.

O que ver e fazer em Ushuaia

O mítico trem que corre no Fim do Mundo. Foto: Viator

Parque Nacional Tierra del Fuego | Conhecer o Parque Nacional Tierra del Fuego é programa obrigatório para fazer em Ushuaia. Aqui, você vive uma aventura a céu aberto com diversas opções de trilhas. Passa por montanhas, rios de água cristalina e lagos.

O que ver e fazer em Ushuaia

A paisagem do Parque Nacional Terra do Fogo. Foto: Viator

Museo del fin del mundo | Esse museu, na verdade, é dividido em dois e uma parte funciona na Antiga Residência de Gobierno. Nesse prédio, você vai poder observar como funcionava o poder em Ushuaia logo nos primeiros anos de organização da cidade. Na outra parte do museu, que funciona a poucos metros, estão expostas algumas peças de antigas embarcações e alguns animais empalhados.

Para falar a verdade, não achei nada muito interessante. Especialmente levando-se em conta o preço do ingresso: ARG 70 para estrangeiros. As visitas podem ser feitas de terça a sexta, das 10h às 17. Aos sábados, domingos e feriados, é das 14h às 19h.

O que ver e fazer em Ushuaia

Fachada da Casa del Gobierno.

O que ver e fazer em Ushuaia

Sala de reuniões com móveis originais.

O que ver e fazer em Ushuaia

Ambiente que recria um antigo armazém.

O que ver e fazer em Ushuaia

Exposição de espécies abundantes na região.

O que ver e fazer em Ushuaia

Apesar de bonito, não há nada de extraordinário no museu.

Glacial Martial | Conhecer a geleira Martial – em português –, é um ótimo passeio para fazer em Ushuaia. Para iniciar o passeio é preciso chegar ao Cerro Martial, a sete quilômetros do centro da cidade. Você pode alcançar o topo da geleira usando o teleférico ou caminhando, mas já lhe adianto que a caminhada é íngreme e um pouco puxada.

Ilha Martillo | A Ilha Martillo fica no canal de Beagle e é o lar de uma grande colônia de pinguins. A melhor época para fazer este passeio é entre setembro e abri, quando os pinguins estão concentrados ali.

Você precisa contratar uma agência para fazer o passeio e, depois de caminhar e explorar a ilha, observe esses curiosos animais que não se assustam com a nossa presença. Além dos pinguins, outras aves habitam a ilha.

Este é um dos passeios incríveis da região e que você pode fazer por conta própria, sem precisa de uma agência de turismo. A vista é realmente maravilhosa, você consegue observar a cidade, o canal de Beagle e a natureza ao redor.

É possível chegar ao mirante do glaciar, basta caminhar por duas horas depois do ponto do teleférico, e chegar ao topo do morro. Este é um programa que exige bastante esforço, por isso é importante se planejar, legando comida, água e disposição.

O que ver e fazer em Ushuaia

Ver os pinguins da Ilha Martillo é uma opção para  fazer em Ushuaia. Foto: Daytours4u

Canal de Beagle | Outro passeio clássico para fazer em Ushuaia é a navegação pelo canal de Beagle, que conecta os oceanos Atlântico e Pacífico. O passeio por essas águas reserva várias ilhas para visitar, onde você observa pinguins e lobos marinhos.

Laguna Esmeralda | Como eu disse, admirar a paisagem da região já é um passeio por conta própria, por isso, as atividades ao ar livre atraem muita gente. O trekking já começa lhe arrancando o fôlego, tanto pela beleza quanto pelo cansaço. São seis horas de duração, cinco quilômetros para ir e cinco para voltar.

Você passa por bosques, largos, rios e castoreiras, até chegar à famosa Laguna Esmeralda, que não tem este nome à toa e suas águas são, de fato, coloridas em um tom esmeralda, variando de acordo com a hora do dia. Para fazer o passeio é preciso contratar o serviço de uma agência de turismo.

Planeja sua viagem a Ushuaia

Quando ir | O clima em Ushuaia é instável em qualquer época do ano, e tende a mudar muito de um dia para outro e, até mesmo, dentro de um único dia. A temperatura média em janeiro, no verão, é de 10 graus, com máximas de 18 graus. No inverno, os termômetros ficam sempre abaixo do zero e a neve é constante. Veja mais em: Quando ir a Ushuaia.

Como chegar | De Buenos Aires, a Aerolineas Argentinas tem voos diários, alguns com escala em El Calafate. A Latam também tem um voo diário. De ônibus ou de carro, saindo de Buenos Aires, a viagem segue pela Ruta Nacional 3, mas isso deverá ser planejado com tempo suficiente, já que a distância até o fim do mundo é enorme: são exatamente 3.000 quilômetros. Como a viagem é longa, não há uma única empresa que faça esse trajeto, sendo necessário fazer várias conexões no caminho.

Quem estiver no lado chileno, de Punta Arenas e de Puerto Natales, há voos operados pela Sky Airline durante o verão. Para quem estiver em Punta Arenas, as principais empresas de ônibus que fazem essa rota são Tecni Austral e Bus Sur. Veja mais informações em: Como chegar a Ushuaia.

Onde ficar | Ushuaia é pequena, mas muito concorrida por turistas justamente por ostentar o título mítico de Fim do Mundo. Então, se você está planejando passar alguns dias na cidade, trate de fazer sua reserva com antecedência. O ideal é tentar ficar mais perto do Centro, onde estão todos os serviços que você pode precisar, como bares, restaurantes, lojas e agências de turismo. Dê uma olhada nesta lista com as melhores opções da cidade.

Visto e documentos | Brasileiros não precisam de visto para entrar na Argentina, e você pode apresentar o seu passaporte ou sua carteira de identidade, desde que ela tenha sido emitida há menos de dez anos e esteja em bom estado de conservação. De acordo com a Anvisa, brasileiros não são obrigados a se vacinar contra febre amarela para visitar a Argentina.

Veja todos os posts sobre Ushuaia

Minha viagem teve o patrocínio de Cruzeiros Australis.

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um viajante apaixonado pelas coisas desse mundo. Um jornalista que adora contar boas histórias e compartilhar informações de viagem. Meu propósito de vida é ajudar outras pessoas a conhecerem lugares novos e a viverem experiências inesquecíveis.

13 Comentários

    • Altier Moulin

      Priscilla,

      A viagem de carro pela Argentina é uma coisa sensacional, principalmente se você fizer um roteiro mais ou menos assim: https://goo.gl/maps/FWbJbVmx2n82. Mas chegar a Ushuaia é uma aventura muito grande – são 4.355 quilômetros – e só vale a pena se você tiver muito tempo e dinheiro, porque vai ficar muito mais caro do que ir de avião. Se informe melhor antes de partir.

      Um abraço.

  1. Avatar

    Um amigo meu foi e eu fiquei morrendo de vontade de ir, tudo parecia uma maravilha. A análise mais pé no chão (ou diria pé na estrada?) me fez reconsiderar, mas ainda não saiu da lista de destinos!

  2. Pingback: Ushuaia, na Patagônia: Dicas de viagem e turismo

  3. Pingback: Destaques de Viagem: 12 de Janeiro de 2018 – Roteiro Planejado

  4. Pingback: Ushuaia, El Calafate e El Chaltén: Entenda a Patagônia

Escreva um comentário