Um bate-volta para conhecer Morretes, no Paraná: de trem – ou de carro?

26

Atualizado em 26 de fevereiro de 2021

Quem viaja no trem que sai de Curitiba tem o prazer de conhecer Morretes, uma das cidades mais charmosas do litoral paranaense.

Dona de casarões bem preservados e onde é servido o famoso barreado, a cidade tem aquele clima gostoso de interior: o rio Nhundiaquara corre lentamente enquanto alguns moradores veem o tempo passar sentados nos bancos das praças.

Vivendo basicamente da agricultura e do turismo, Morretes tem um atrativo a mais: quem vem de carro para cá passa por uma das estradas mais lindas do país.

Antigo caminho dos índios que desciam a Serra para pescar no litoral, e depois subiam na época do pinhão, a  Estrada Graciosa  corta a Serra do Mar em um ziguezague majestoso por 33 quilômetros.

Pelo caminho, o maior conjunto de remanescentes de Mata Atlântica, riachos e cachoeiras completam a formosura dessa terra, e só essa viagem já valeria a pena. Mas há muito mais.

Na cidadezinha, a Ponte Velha é um dos cartões-postais. Mas tem também as construções do centrinho, o Hotel Nhundiaquara – que hospedou Dom Pedro II quando esteve na cidade – e a Igreja Matriz, todas no melhor estilo colonial para nos levar de volta ao passado.

Para quem estiver com tempo, dá para aproveitar o Santuário Nhundiaquara com suas piscinas naturais, cachoeiras e trilhas. Esse parque, com 400 hectares de extensão, possui uma ótima infraestrutura para lhe receber.

Nessa região também está o Parque Estadual Pico do Marumbi. Ele tem 64 quilômetros quadrados e suas terras se estendem pelos municípios de Morretes, Piraquara e Quatro Barras.

Muitos turistas vêm até aqui para escalar o pico que dá nome ao parque. Com 1.547 metros de altura, ele proporciona muita adrenalina nas escaladas e em muitas outras modalidades com diferentes graus de dificuldade.

Em Morretes tudo lembra banana. O principal prato da cidade – o barreado – é servido com banana. Os doces da sobremesa têm banana.

Na chegada da estação as barraquinhas vendem banana frita em saquinhos. Até a cachaça aqui tem cheiro e gosto de banana. Você tem que provar.

Planeje sua viagem para Morretes

Quando ir

Dá para conhecer Morretes o ano inteiro. Janeiro é o mês mais quente e a partir de maio as temperaturas já começam a cair na Serra do Mar, o que deixa a Estrada Graciosa com mais neblina.

Onde comer

No restaurante Ponte Velha eu comi um bem servido barreado. O prato é acompanhando de arroz, banana, peixe, camarão e salada. Essa refeição custa R$ 47 e serve facilmente até quatro pessoas.

Como chegar

Uma boa opção é chegar aqui no trem que sai de Curitiba. Eu explico como é esta viagem em: Curitiba: a viagem de trem para Morretes. Você também pode chegar aqui de ônibus. Quem faz o trajeto até a capital paranaense é a Viação Graciosa. Há também vans que cobram R$ 30 para fazer a viagem de Morretes a Curitiba. Elas ficam concentradas na área da estação rodoviária.

Quem leva

Special Paraná tem pacotes que incluem o traslado, o tíquete do trem, o almoço em Morretes, e uma esticada até Antonina numa viagem que vai dos 960 metros de altitude até o nível do mar. Para fazer sua reserva basta acessar o site da agência.

Onde ficar em Morretes

A melhor área para ficar em Morretes é o Centro Histórico, que é pequeno e tem tudo perto.

Nessa área, estão os principais pontos turísticos da cidade e também restaurantes, lojas de artesanato, farmácia e outros serviços que você pode precisar durante a viagem.

Como a cidade é pequena, dá para fazer, praticamente, tudo a pé, sem pressa aproveitando para conhecer cada cantinho.

O Centro é cortado pelo rio Nhundiaquara e é exatamente nessa parte que a cidade é mais movimentada.

Mas, claro, existem outras opções além do Centro. Na área rural, por exemplo, você pode ficar em pousadas aconchegantes e ter mais contato com a natureza.

Com tempo, você vai poder visitar outras áreas da cidade, como o distrito de Porto de Cima, onde fica a charmosa Igreja de São Sebastião.

As melhores pousadas de Morretes

Levando em consideração que a melhor localização é o Centro Histórico, eu separei seis excelentes opções.

São, realmente, as melhores pousadas – tem dois hotéis também – nos quesitos conforto, segurança, qualidade de atendimento e, claro, com um preço justo: há opções em várias faixas.

Então, veja a lista e escolha onde ficar em Morretes.

CASA DA ESTAÇÃO

A Casa da Estação é, na minha opinião, a melhor pousada de Morretes. Ela fica praticamente a lado da Estação Ferroviária e a dez minutos de caminhada do Centro Histórico, a área mais movimentada da cidade.

Onde ficar em Morretes

O ambiente é extremamente aconchegante, muito bem decorado e a gente percebe que tudo foi feito com carinho pensando na satisfação do hóspede: isso inclui o atendimento, que é impecável, e o café da manhã que é sempre sensacional.

Onde ficar em Morretes

Os quartos da Casa da Estação são muito confortáveis, com camas e travesseiros de primeira linha e alguns têm banheira. Todos são muito arejados e sempre limpos e cheirosos. É, de verdade, um lugar que vale cada centavo que a gente gasta.

POUSADA BELLA MORRETES

A Pousada Bella Morretes é uma das mais tradicionais da cidade. Ela fica no Centro e tem uma decoração bem característica, com vários itens de antiquário – alguns fazem parte da história da cidade.

Isso garante muita personalidade à pousada, que tem uma das melhores avaliações da cidade, com muitos elogios ao atendimento dos proprietários, que é sempre muito cordial.

Os quartos da Pousada Bella Morretes são básicos, mas muito aconchegantes e sempre muito limpos e arejados. A cama é espaçosa, o colchão e os travesseiro são de ótima qualidade: tudo que a gente precisa, não é?

Onde ficar em Morretes

POUSADA DONA LAURA

A Pousada Dona Laura também tem um estilo bem peculiar: ela remete aos tempos coloniais, com várias referências às antigas vilas portuguesas espalhadas pelo Brasil.

A pousada também tem uma ótima localização e um atendimento muito elogiado, o que sempre deixa uma boa impressão na gente, não é mesmo? Os quartos são básicos, bem confortáveis e tranquilos.

Onde ficar em Morretes

O café da manhã da Pousada Dona Laura é bem saboroso, com aquele gostinho de feito em casa. A pousada tem uma piscina pequena, que pode ser aproveitada nos dias mais quentes.

POUSADA CIDREIRA

A Pousada Cidreira tem meu carinho especial, porque é um lugar muito aconchegante e sempre bem cuidado. Além disso, os donos e os funcionários nos tratam tão bem que dá vontade de voltar mais vezes.

Onde ficar em Morretes

Os quartos são ventilados, limpos, bem decorados e as camas são ótimas: a gente deita e não dá vontade de levantar mais, sabe como é isso?

Onde ficar em Morretes

A Pousada Cidreira tem uma piscina com uma área de convivência muito agradável, perfeita para os dias mais quentes e o café da manhã é muito bom, sempre com muita variedade.

PORTO REAL HOTEL

O Porto Real Hotel é um hotel antigo, mas completamente renovado e a aparência externa não revela o estilo dos quartos que, apesar de pequenos, são confortáveis.

Onde ficar em Morretes

É um hotel básico, para quem vai passar o dia fora e quer apenas um lugar parar dormir. Se o seu pensamento é esse, tudo certo. Lembrando que hotel é diferente de pousada, especialmente no aspecto atendimento.

O café da manhã do Porto Real Hotel é bom, tem bastante opções, com variedades de bolos, pães e frutas. O preço é justo, não muito diferente dos praticados em Morretes.

NHUNDIAQUARA HOTEL

O Nhundiaquara Hotel é o mais tradicional da cidade. Na verdade, é o prédio mais antigo de Morretes, com partes construídas no século 17. Então, se você valoriza esse tipo de hospedagem, é um belo lugar para ficar.

Como não foi inicialmente construído para ser um hotel – isso só aconteceu na década de 1940 -, os quartos são pequenos, mas têm uma vista linda para o o rio Nhundiaquara.

O Nhundiaquara Hotel tem a melhor localização de Morretes – bem no Centro e perto da Estação de Trem – e um restaurante também muito tradicional na cidade.

Onde ficar em Morretes

As melhores pousadas na área rural

Na área rural, mas ainda perto do Centro a melhor opção é a Casas Di Monte Ecopousada. Ela fica a apenas cinco minutos de carro do Centro e tem uma estrutura muito boa.

Onde ficar em Morretes

Cercada por jardins muito bem cuidados, a pousada tem uma piscina ótima e quartos confortáveis, num estilo rústico, que combina com o ambiente externo.

A Casas Di Monte Ecopousada é um ótimo lugar para quem quer relaxar e tem alguns dias de folga para a aproveitar.

Onde ficar em Morretes

Um pouco mais longe, no distrito de Porto de Cima, também há boas pousadas. Todas tem uma pegada mais rústica, com áreas verdes e oportunidades de contato mais próximo com a natureza.

Entre as melhores estão a Pousada Serra Verde, a Pousada do Oasis, a Pousada Itupava e a Dona Siroba.

Veja mais dicas do Paraná

Ficou mais fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvida, deixe sua pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo no Instagram: @altiermoulin. Agora, aproveite para ver mais dicas do Paraná.

SOBRE O AUTOR

Sou jornalista, capixaba e apaixonado pelo universo viajante. Sempre gostei de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Quando criança, sonhava em viajar pelo mundo e, já adulto, isso virou um propósito de vida.

26 Comentários

  1. Olá Altier! Vc falou acima que posso contratar uma Van para voltar para Curitiba. Mas é fácil de conseguir no dia? não corro o risco de ter ficar por lá por falta de transporte de volta? ou vc aconselha comprar a passagem de ônibus da Viação Graciosa com antecedência? Obrigada. Suzana

  2. Olá Altier!
    Eu gostaria de fazer o passeio por conta propria, sem contratar agência, é possivel?
    Tem trem tds os dias para Morretes?
    Outra coisa: a estação de trem fica bem no centro onde tem estas lojinhas da foto, e onde eu possa me alojar ?
    Gostaria de ficar um dia a mais para ir ate Antonina.
    Grata
    Juju

  3. Ari Silveira do Nascimento on

    Altier, Vou passar o Natal em Curitiba. Pretendo fazer o passeio, de moto, de Curitiba a Morretes no domingo dia 23/12, se o tempo estiver com sol.
    Saindo cedo, consigo ir e voltar no mesmo dia, correto?
    Quais dicas poderá me passar? Agradeço desde já sua atenção.
    [email protected]
    Um abraço e fique com Deus !

  4. Elizabete Alves de Oliveira on

    Olá Altier.
    Quero sair de SP para Morretes, mas, não há ônibus em muitos horários. O melhor é ir até Curitiba e de lá pegar o trem. Iremos eu e minha filha. O que vc sugere sobre Curitiba, onde ficar e dormir uma noite e no dia seguinte pegar o trem. O que conhecer em Curutiba . Em Morretes como estarei sem carro, qual melhor roteiro??
    Obrigada

  5. Vou com um grupo de 9 pessoas. Vamos de trem e voltaremos de van ou onibus. Depois iremos para Ilha do Mel. Pensei em ir direto de Morretes para Ilha do Mel mas acho que ficará cansativo e corrido. Sabe dizer se lá em morretes consigo van com facilidade para não ficar dependente do horário do ônibus? Conhece algulma empresa que faz o transporte de van??
    Obrigada
    Angelina

  6. Olá! Vou a Curitiba dia 24 de maio. Quero fazer o passeio de trem para Morretes.
    Sabe dizer se sai mais barato, comprar a ida de trem e só contratar a volta de van em Morretes?
    Ou é melhor comprar o pacote ( ida de trem e volta de van, com alguma empresa de turimo)?
    Obrigada

  7. Olá, vou me hospedar em Morretes . Vou de carro mas estarei com minha bike. Qual é a opção para ir até o início da serra da graciosa ? Para poder descer de bike. Tem como pegar o trem invertido com a bike para subir e, depois, descer de bike? Algum contato de grupos de bikers?

    • Oi, Sandra.

      Você pode ir de van/carro até o começo da estrada e voltar de trem depois de fazer a descida de bike.
      Infelizmente não tenho contato de grupos de bikers. Fico lhe devendo essa. 🙁

      Um abraço.

  8. Uma vergonha convidar pra passear numa cidade onde invadem um metro e meio da estrada planta árvore no meio da estrada veja beira do rio porto de cima estrada da prainha esta as marcas que a maquina passava na estrada ai existe prefeitura fiscalização .

Escreva um comentário