Quando ir a Veneza: a melhor época para viajar

0

Atualizado em 6 de junho de 2019

Escolher quando ir a Veneza pode ser uma tarefa difícil. Afinal, como em muitos outros lugares da Europa, a cada estação, a cidade se revela de uma forma diferente. Mas, uma boa dica é evitar a alta temporada – especialmente, os meses de julho e agosto –, quando tudo fica absurdamente lotado de turistas.

Você já deve saber, mas não custa explicar que Veneza fica numa lagoa do mar Adriático – a lagoa de Veneza – e é a capital da região do Veneto, no nordeste da Itália. Ela é formada por um grupo de 118 pequenas ilhas, a maioria cortada por canais e ligada por charmosas pontes.

Muita gente me pergunta se os canais têm mau cheiro. Nos dias que estive em Veneza, não senti isso e acho que é, mesmo, um mito. Um fenômeno que acontece com certa frequência é a água altaacqua alta em italiano –, quando parte da cidade fica alagada por conta da variação da maré. Isso acontece, principalmente, quando chove muito e a maré está alta.

Antes de continuar, anote essas dicas rápidas:

  • Planeje ficar, pelo menos, duas noites na cidade;
  • Julho e agosto são os meses de alta temporada e a cidade fica lotada;
  • Para conhecer Veneza mais tranquilamente, evite o verão e o inverno;
  • O carnaval de Veneza é concorridíssimo e tudo fica muito mais caro;
  • O passeio de gôndola é caro: EUR 80 por cerca de 30 minutos;
  • Não perca o pôr do sol na frente do Palácio Ducale;
  • Apesar de ter fama de cara, há, sim, maneiras de economizar na cidade;
  • Para saber mais, leia: Por que é tão caro viajar para Veneza?

Quando ir a Veneza

Apesar de cada estação ter seu charme, em períodos mais amenos – como primavera e outubro – você consegue explorar a cidade com mais tranquilidade, a pé e sem mapas. O clima por aqui é uma mistura de mediterrâneo com continental, ou seja, não há uma estação seca, de fato. A chuva se faz presente quase o ano todo e a temperatura média anual é de 13 graus.

Inverno | Entre dezembro e fevereiro você encontra a cidade com temperaturas mais baixas: entre menos um e dez graus. Para quem quer fazer o famoso passeio de gôndola pelos canais, essa não é a melhor época para ir a Veneza, já que o vento que vem do mar pode incomodar.

Primavera e Outono | Como disse, a melhor época para conhecer Veneza é durante as estações intermediárias. Tanto na primavera – que vai de março a maio –, quanto no outono – de setembro a novembro –, os termômetros podem marcar 23 graus durante o dia e chegar aos quatro à noite.

Eu estive na cidade no final de setembro. É neste mês que acontece o Film Venice Festival, o Festival Internacional de Cinema e, por conta da grandiosidade do evento, a cidade fica mais cheia e a hospedagem ainda mais cara. Por isso, vale se organizar com antecedência.

Verão | O verão na Itália é quente, quente mesmo. Por isso, ir a Veneza nessa época não é uma boa ideia. É claro que, aqui, com a brisa do mar, a sensação térmica fica melhor, mas é bom evitar. O verão vai de junho a agosto e, além da temperatura chegar aos 28 graus, é alta temporada, ou seja, os preços estão mais altos.

A maioria das atividades em Veneza é feita a céu aberto, por isso, a vantagem do verão é que a luz do sol dura mais tempo: não se assuste se der 20h e ainda estiver claro. Uma dica é tentar evitar os passeios nos horários mais quentes do dia e acordar bem cedo para aproveitar.

Veja todos os posts de Veneza

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um viajante apaixonado pelas coisas desse mundo. Um jornalista que adora contar boas histórias e compartilhar informações de viagem. Meu propósito de vida é ajudar outras pessoas a conhecerem lugares novos e a viverem experiências inesquecíveis.

Escreva um comentário