Paris a pé: um dia de caminhada pelo Centro

4

Atualizado em 11 de abril de 2018

Se você está chegando à capital francesa e tem pouco tempo, aproveite para conhecer alguns dos principais pontos turísticos do Centro de Paris a pé. A cidade é bem sinalizada e o transporte público funciona perfeitamente. Portanto, você poderá aproveitar suas horas gastando menos do que imagina.

Reserve já o seu hotel em Paris e garanta os melhores preços.

Antes, você deve saber como chegar até o Centro, partindo do aeroporto Charles de Gaulle. Para isso, preparei um post que ensina tudo detalhadamente: Paris: do aeroporto até o Centro da cidade.

Conheça Paris a pé

Torre Eiffel | Comece pelo símbolo maior da cidade, a Torre Eiffel. Aproveite para apreciar a vista lá de cima. Do alto da Torre Eiffel, você vai avistar prédios, monumentos e praças que visitará em seguida. Aproveite para se organizar geograficamente, pois você poderá chegar caminhando até a maioria deles. Paris é linda e andar por suas ruas vai te revelar lojinhas, cafés e lugares que não estão nos guias. O tíquete para a subida custa EUR 8,5 e, dependendo da época, a fila pode ser longa.

Parc du Champ du Mars | Aqui, do lado da Torre Eiffel, está o Parc du Champ du Mars. Aproveite para tirar belas fotos com a torre ao fundo. Do outro lado do Rio Sena, está o palácio de exposições Palais de Chaillot, nos Jardins du Trocadéro. Esse é um dos melhores lugares para fotografar a Torre Eiffel.

Paris a pé: um dia de caminhada pelo centro

A Torre Eiffel vista da Praça do Trocadéro.

Arc de Triomphe | Depois, siga pela Avenue Kleber até o Arc de Triomphe. Construído em comemoração às vitórias militares de Napoleão Bonaparte, o monumento foi inaugurado em 1836. O arco tem gravado os nomes de 128 soldados e 558 generais mortos durante os embates.

Aos pés do Arco do Triunfo está o Túmulo do soldado desconhecido, uma homenagem aos soldados que morreram em tempo de guerra sem que os seus corpos fossem identificados, e a chama que nunca se apaga, o Fogo Eterno.

O Arc de Triomphe está localizado na Praça Charles de Gaulle, uma das duas extremidades da Avenida Champs-Élysées, a mais importante de toda a França. Depois de tirar algumas dezenas de foto, siga pela Champs-Élysées e se perca entre as muitas lojas de grife e restaurantes para todos os gostos. Almoçar na Galeria 26 é uma boa pedida. Aqui, você encontra opções para todos os gostos e bolsos.

Paris a pé: um dia de caminhada pelo centro

O Arc de Triomphe, na Praça Charles de Gaulle, na famosa Avenida Champs-Élysées.

Paris a pé: um dia de caminhada pelo centro

A Chama Eterna sobre o Túmulo do Soldado Desconhecido.

Palais de l’ÉlyséeO  Palais de l’Élysée, na Rua Faubourg-Saint-Honoré, é a residência oficial do presidente francês, onde está localizado o seu gabinete e onde se reúne o Conselho de Ministros. Aproveite para fazer aqui uma parada antes de chegar à Place de La Concorde.

Place de La Concorde | A praça, uma das maiores de Paris, foi o palco principal da Revolução Francesa e onde foram instaladas as guilhotinas que deceparam as cabeças da realeza corrupta. Hoje, moderna, tem no seu centro um obelisco egípcio trazido do Templo de Luxor.

Paris a pé: um dia de caminhada pelo centro

O Jardin des Tuileries e o Arc de Triomphe du Carrousel.

Musee du Louvre | Depois, cruze o Jardin des Tuileries até chegar ao Musee du Louvre, passando pelo Arc de Triomphe du Carrousel. Aproveite para contemplar a beleza arquitetônica dos prédios e para tirar boas fotos nas pirâmides de vidro que estão no pátio.

O Louvre é um dos maiores e mais famosos museus do mundo, onde está Monalisa, de Leonardo da Vinci. Porém, neste passeio não teremos tempo de visitá-lo. Volte outro dia para andar pelos infinitos corredores do Palais du Louvre e aprecie a Gioconda de olhar sereno, além da Vitória de Samotrácia, a Vênus de Milo e enormes coleções de artefatos do Egito antigo.

Paris a pé: um dia de caminhada pelo centro

O Musee du Louvre e as fantásticas pirâmides.

Pont Neuf | As margens do Rio Sena foram incluídas na lista do Patrimônio Mundial da Humanidade da Unesco, em 1994. Caminhe por elas e aprecie a Pont Neuf, a mais antiga de Paris. Do alto da ponte, aproveite a vista da Torre Eiffel com o Sena aos pés.

Pont de l’Archeveche | Siga em frente e chegue à Pont de l’Archeveche. Aqui, os casais apaixonados identificam seus cadeados de alguma forma – as pessoas se dedicam a isso, fazem desenhos e até mandam gravar os nomes nos cadeados –, os prendem às grades da ponte e jogam as chaves no Rio Sena, como se fosse uma simpatia para que continuem juntos. Se funciona, eu não sei, mas que a escolha do destino pode contribuir para o sucesso do romance, sem dúvida.

Paris a pé: um dia de caminhada pelo centro

A Pont de l’Archeveche onde os casais prendem os cadeados como sinal de amor eterno,

Paris a pé: um dia de caminhada pelo centro

Cadeados: promessas de amor eterno em Paris.

Cathédrale Notre-Dame | Da Pont de l’Archeveche você avista a Cathédrale Notre-Dame. Com seu estilo gótico, ela é uma das mais antigas catedrais francesas.

SOBRE O AUTOR

Sou jornalista, capixaba e apaixonado pelo universo viajante. Sempre gostei de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Quando criança, sonhava em viajar pelo mundo e, já adulto, isso virou um propósito de vida.

4 Comentários

  1. zuleika de oliveira leite on

    Gostei muito de suas informações. Já estive em Paris por duas vezes. Desejo retornar pois adoro aquela cidade. Aprecio pessoas que se disponham a fornecer “dicas” valiosas sobre viagens. Parabéns.

  2. Paris por si só já é uma das cidades mais magníficas do mundo.
    Visitar o centro histórico dela a pé além de emocionante é muito interessante, principalmente pelo fato de poder explorar melhor seus principais monumentos e atrações.

    Ótima matéria, adorei!

Escreva um comentário