Onde ficar em Salvador: melhores áreas e preços

0

Atualizado em 2 de setembro de 2019

Escolher onde ficar em Salvador não é tão difícil. Você só precisa entender que a cidade tem três áreas que eu considero ideais para viajantes que querem conhecer o que ela tem de melhor.

Claro que a sua escolha vai depender dos seus gostos, do seu bolso e do que você quer aproveitar mais.

Por exemplo, se você quiser curtir mais o lado histórico da cidade, vale a pena ficar hospedado no Pelourinho. Mas, se você está vindo para curtir o carnaval, nos arredores do circuito Barra-Ondina você vai estar bem localizado.

Eu conto esses detalhes daqui a pouco, porque agora você precisa entender um pouco melhor sobre a capital baiana antes de decidir onde ficar em Salvador.

Entenda Salvador: o primeiro passo

Salvador é uma das cidade mais antigas do Brasil – o nome oficial é São Salvador da Bahia de Todos os Santos – e ela já foi capital do país.

Com uma identidade cultural muito forte, a cidade é vibrante, colorida e a movimentação de turistas brasileiros e gringos é intensa o ano inteiro.

Salvador é o  centro da cultura afro-brasileira  no país e a gente vê isso claramente em todas as áreas.

Onde ficar em Salvador: Acarajé

Na culinária, por exemplo, as tradições africanas deixaram uma herança saborosa. Daí vêm pratos como o acarajé, o mais famoso, e o arroz de hauçá. Essa mesma influência é percebida na música, como a gente vê nos tambores do Olodum.

Mas a capital baiana é grande: a cidade tem quase três milhões de habitantes e as diferenças sociais são perceptíveis, como em qualquer grande cidade brasileira.

Por aqui, os principais pontos turísticos são o Elevador Lacerda, o Mercado Modelo, o Farol da Barra e, claro, o Pelourinho, no Centro Histórico de Salvador.

Onde ficar em Salvador: melhores áreas

Como falei, há três áreas principais para você escolher onde ficar em Salvador.

  • Centro Histórico, para quem quer conhecer bem o Pelourinho;
  • Orla Central, ideal para quem quer curtir praia e o carnaval;
  • Orla Norte, mais tranquila e um pouco afastada.

Todas essas áreas são bem diferentes entre si e o legal disso é que há opções para todos os gostos e bolsos.

Vale lembrar que existem algumas regiões onde a relação custo-benefício compensa mais. Na Barra e no Rio Vermelho – um dos bairros mais boêmios da cidade -, você consegue pagar um preço justo por acomodações muito boas. Tem ainda Ondina e Pituba.

No mapa abaixo, você encontra todas as opções de hospedagem de Salvador– especialmente as da área mais central. Você só precisa  clicar sobre os pins azuis  para ver mais detalhes de cada uma delas.

Há pousadas, hotéis, apartamentos e hostels. Então, tem opções para todos os estilos e com diferentes preços.



Booking.com

Eu sempre faço minhas reservas com o Booking.com, o site que mais confio. O processo é sempre muito fácil, as regras de cancelamento gratuito são flexíveis e quanto mais uso o site para fazer reservas, mais descontos ganho.

Agora, antes de decidir onde ficar em Salvador, você precisa saber o que tem em cada uma dessas áreas.

Centro Histórico e o famoso Pelourinho

Mundialmente famosa, a parte histórica de Salvador é um pouco controversa. Há quem ame e há quem odeie o Pelourinho e toda essa região.

Isso acontece porque, talvez, as pessoas cheguam aqui com uma expectativa muito alta. Eu até entendo isso, porque o Pelourinho é um cartão-postal da cidade e deveria estar mais bem cuidado. Sem falar que  no quesito segurança ele também deixa a desejar. 

Mas, não há como negar que as ladeiras de paralelepípedo com casinhas coloridas têm seu encanto, um fascínio inexplicável.

Onde ficar em Salvador: Pelourinho

Essa é, sem dúvida, a região mais cultural da cidade com ótimas programações o ano inteiro. Isso faz dessa região uma boa escolha para quem quer aproveitar a noite tradicional de Salvador.

Eu acho importante dizer mais uma coisa: durante o dia, essa parte histórica é bastante monitorada e dá para fazer os passeios a pé em segurança. Á noite, isso já muda um pouco e é bom evitar sair das vias principais.

Melhores opções do Centro Histórico

A região do Centro Histórico é uma boa escolha, mas lembre-se que boa parte dos hotéis daqui funcionam em prédios mais antigos. Então, a sua decisão de onde ficar em Salvador deve levar isso em consideração.

Eu selecionei os melhores, os hotéis mais procurados por quem quer explorar essa área sem abrir mão do conforto e da segurança. Claro, eu também separei um hostel excelente, perfeito para quem quer economizar. Dê uma olhada nessa lista:

FASANO SALVADOR | HOTEL

Não é preciso dizer muito sobre o hotel Fasano Salvador, porque ele é uma das melhores opções da cidade e aprovado por todos. Se você quer ficar bem localizado e ter todo o conforto do mundo, esse é o seu lugar. Mas, claro, é preciso pagar por isso: a diária para duas pessoas custa cerca de R$ 1.200.

Onde ficar em Salvador: Fasano

O café da manhã é excelente, o atendimento segue o padrão da rede Fasano – sempre muito bom -, os quartos são espaçosos, bem decorados e a piscina é fantástica. Para quem gosta e pode pagar por isso, os serviços do SPA são excelentes.

Onde ficar em Salvador: Fasano

BAHIA PELÔ | POUSADA

Essa pousadinha fica em Santo Antônio, a 500 metros do Pelourinho. Ela tem quartos ótimos, super aconchegantes e bem práticos – alguns têm até banheiro de hidromassagem. Se sua ideia é ter dias tranquilos, mas estar perto de tudo, esse é um bom lugar para se hospedar em Salvador.

Onde ficar em Salvador: Bahia Pelô

Outro atrativo da Pousada Bahia Pelô é o preço. Uma diária para casal custa em torno de R$ 180, um valor justo para quem quer ficar nessa área. O café da manhã é bom e há vários bares e restaurantes aqui por perto.

Onde ficar em Salvador: Bahia Pelô

VILLA BAHIA | HOTEL

O Hotel Villa Bahia tem uma decoração colonial super elogiada pelos hóspedes: tem camas com dossel e o café da manhã é servido em um salão que lembra aqueles imperiais. Os quartos são espaçosos e confortáveis, a equipe é super atenciosa no atendimento e a limpeza é de excelência.

Onde ficar em Salvador: Villa Bahia

Com tantos atributos assim, é obvio que a diária é um pouco mais cara: cerca de R$ 500 para duas pessoas. Mesmo assim, se quiser ficar aqui é bom fazer a reserva com antecedência, porque o hotel vive lotado.

LARANJEIRAS | HOSTEL

O Pelourinho é a área mais animada de Salvador e eu já expliquei isso. Com  boa gastronomia e muitas manifestações culturais, escolher uma hospedagem por aqui é perfeito para quem busca exatamente isso.

Onde ficar em Salvador: Laranjeiras Hostel

O Laranjeiras Hostel tem um ambiente supersimpático, recepção fina e espaços ornamentais com a galera mais gente boa da cidade. O hostel fica no coração do Centro Histórico e tem quartos básicos, mas confortáveis o suficiente. Uma diária em quarto compartilhado custa cerca de R$ 80.

Orla Central: praias famosas e carnaval inesquecível

É nessa parte de Salvador que ficam as praias mais famosas da cidade. Você já deve ter ouvido falar do Farol da Barra e do Porto da Barra, certo? Elas são baianidade pura e é impossível não aproveitá-las nem que seja um pouco.

Tanto  as praias da Barra quanto as do Rio Vermelho são praias urbanas,  porque ficam em bairros bem movimentados e isso acaba fazendo com que elas lotem nos finais de semana mais quentes.

O lado positivo disso é que há muitos bares e restaurantes por perto, então, quem está pensando em passar o dia nessa área vai se dar bem.

Onde ficar em Salvador: Farol da Barra

A maior oferta de hospedagem de Salvador fica nessa região. Isso significa que você terá muitas opções para escolher, avaliar o serviço e, principalmente, comparar preços.

Essa área também é excelente para quem pretende usar o transporte público, porque há conexão fácil com toda a cidade.

Agora,  se você vem a Salvador para curtir o carnaval,  não há melhor lugar na cidade para ficar do que na região da Barra e de Ondina. É que o melhor do carnaval baiano acontece mesmo é no Circuito Dodô, o famoso Barra-Ondina.

Então, para ter pouco deslocamento, a ideia é ficar em um desses bairros.

Melhores opções da Orla Central

Eu selecionei algumas das melhores opções de hospedagem dessa região e você pode confiar que vale muito a pena.

Tem hotéis mais caros, aqueles básicos que nos garantem o conforto necessário sem gastar muito e até um hostel muito bem avaliado e com ótima localização. Dê uma olhada na lista abaixo:

MERCURE RIO VERMELHO | HOTEL

O Mercure Rio Vermelho foi feito para viajantes exigentes. Com serviços de primeira, piscinas relaxantes e vista para o mar, você não vai querer voltar para casa. E pode relaxar também quanto à localização: as avenidas que cercam o Mercure são as mais badaladas da noite baiana e, daqui ao Centro Histórico, são só 15 quilômetros.

Onde ficar em Salvador: Mercure

O padrão Mercure não deixa dúvidas quanto à qualidade: os quartos são muito bem pensados, super confortáveis e silenciosos. O atendimento é bom, no mesmo padrão das grandes redes e o valor de uma diária para duas pessoas é em torno de R$ 300.

NOVOTEL RIO VERMELHO | HOTEL

O Novotel é a referência em acomodações cinco estrelas e, em Salvador, não poderia ser diferente. Vista para o mar, piscinas enormes, sauna, academia e tudo o que se pode esperar de um gigante da hospedagem internacional.

Onde ficar em Salvador: Novotel

Além disso tudo, as melhores praias de Salvador ficam pertinho daqui, um dos bairros mais modernos da capital. Como sempre, é preciso pagar para ter todo esse conforto e comodidade, mas acredite, há preços bem interessantes neste hotel: uma diária para duas pessoas custa cerca de R$ 250.

IBIS RIO VERMELHO | HOTEL

No coração do Rio Vermelho, você também pode contar com a conhecida rede Ibis. Esse três estrelas fica bem de frente à praia e são só doze quilômetros até o Centro Histórico, onde está o Pelourinho.

Onde ficar em Salvador: Ibis

Os quartos e o atendimento seguem um padrão mundial e isso significa que não há chances para surpresas desagradáveis: tudo é como a gente vê nas fotos. Outro ponto positivo de ficar hospedado aqui é o preço: a diária para duas pessoas custa cerca de R$ 160.

PORTOBELLO ONDINA PRAIA | HOTEL

Em Ondina, a melhor escolha é o Portobello Ondina Praia. A localização é excelente, a cerca de 20 minutos de caminhada do Porto da Barra e bem próxima do Rio Vermelho, onde há muitos bares e restaurantes – você vai gastar cerca de R$ 10 de Uber.

Onde ficar em Salvador: Portobello

Os quartos são limpos, espaçosos e confortáveis. O café da manhã tem bastante variedade e o atendimento é sempre bem elogiado. Os apartamentos ficam de frente para o mar e têm uma vista linda. A diária para duas pessoas custa mais ou menos R$ 198.

TÔ EM CASA | HOSTEL

Se você está procurando um lugar com aquele alto astral baiano bem pertinho da Praia da Barra, uma das melhores opções de Salvador é o Tô em Casa Hostel. Ele é perfeito para quem gosta daquela atmosfera típica de hostel, mas não abre mão do conforto e da segurança.

Onde ficar em Salvador: Tô em Casa

O café da manhã é básico e você também pode usar a cozinha para preparar suas refeições. O hostel fica a duas quadras da praia e dá para fazer muita coisa caminhando e, claro, para usar o transporte público tranquilamente. A diária em quarto compartilhado custa cerca de R$ 51.

Orla Norte, uma tarde em Itapuã

A Bahia é cheia de clichês e eles foram imortalizados nas artes de forma geral, especialmente na literatura e na música.

Nessa parte de Salvador você vai poder viver uma das experiência da baianidade que é desfrutar da brisa da Praia de Itapuã, eternizada na letra de Dorival Caymmi.

Embora eu não ache que ela seja lá grandes coisas, tanto Itapuã quando a Praia do Flamengo são opções para você ficar em Salvador.

O lado positivo é que, diferentemente das áreas mais urbanizadas, elas são mais calmas, mais sossegadas. E, de fato, talvez seja isso que vai fazer seus dias melhores.

Nessa área também há muitos bons resorts internacionais e a distância para o aeroporto é menor: cerca de nove quilômetros.

Melhores opções da Orla Norte

Sabendo que estará mais longe do Centro e das principais atrações turísticas da cidade, considere que vai gastar mais tempo com deslocamentos. Mas, o ponto positivo é que você pode encontrar diárias mais baratas.

Eu selecionei três opções na praia de Itapuã para você ter uma ideia. Elas têm estilos bem diferentes. Veja só:

DEVILLE PRIME SALVADOR | HOTEL

Muito elogiado, o Hotel Deville Prime Salvador tem quartos confortáveis, banheiro espaçoso e limpo. Os funcionários são educados, simpáticos e sempre querem ajudar: isso conta mutos pontos, não é mesmo? A área da piscina é sensacional.

Onde ficar em Salvador: Deville

O restaurante tem pratos muito bem servidos a um preço justo e o café da manhã é bem farto. Vale lembrar que ele foi reformado recentemente e está muito bem cuidado. Uma diária para duas pessoas custa cerca de R$ 320.

B&B JPD | POUSADA

Essa pousada fica em um lugar tranquilo, bom para relaxar, mas muito próximo da praia: dá para ir andando. A limpeza e o atendimento da equipe são sempre muito elogiados. Os quartos são básicos, mas atendem no quesito conforto.

Onde ficar em Salvador: B&B

O café da manhã é simples, saudável e preparado com muito zelo: você vai notar isso. O B&B JPA é ideal para quem gosta de se sentir em casa quando viaja e, principalmente, está disposto a conhecer pessoas amáveis e com bom papo. Uma diária para duas pessoas custa cerca de R$ 170.

QUINTAL DA SEREIA | HOSTEL

Uma boa opção para quem busca um quarto compartilhado de hostel nos arredores da Praia de Itapuã, o Quintal da Sereia fica muito bem localizado e tem uma ótima relação custo-beneficio: uma diária custa cerca de R$ 35.

Tudo é muito limpo e os funcionários fazem de tudo para nos ajudar. Há, também, quartos individuais e para família com televisão e banheiro provativo. Eles são bons para quem gosta do ambiente de hostel, mas não abre mão da privacidade.

Os melhores hostels de Salvador

Eu já até citei alguns hostels de Salvador que eu realmente gosto: o Tô em Casa e o Laranjeiras Hostel, por exemplo, são muito bons. Mas, claro, há muitos outros na cidade.

Com padrões de qualidade diferentes, a escolha vai depender de onde quer ficar e o quanto quer gastar: tem hostel com diária a R$ 15, como é o caso do Casa de Mainha.

Veja essa lista com os hostels mais indicados para você decidir onde ficar em Salvador.

Onde ficar em Salvador: conclusão

Chegou a hora de decidir onde ficar em Salvador. Com tantas informações detalhadas assim, eu espero que essa tarefa fique mais fácil.

De forma rápida, eu diria que, se esta for  sua primeira vez na cidade  e se você quer aproveitar para conhecer o básico, ficar no Pelourinho pode ser muito interessante. Mas, se você vem para o carnaval ou se quer curtir praia, prefira a área da Barra.

Para lhe dar algumas últimas dicas, daquelas que simplificam tudo na cabeça da gente, veja só isso:

  • O Centro Histórico tem muitas opções e é bom para quem quer curtir o Pelourinho;
  • Se ficar aqui, evite ostentar objetos de valor pelas ruas – isso atrai oportunistas;
  • Á noite, evite sair das ruas mais movimentadas;
  • Na área da Praia da Barra há muitas opções com custo-benefício bom;
  • Essa é a área preferida para quem quer curtir praia;
  • Há, também , alguns hostels e você pode economizar ficando aqui;
  • No carnaval, reserve um hotel entre a Barra e Ondina, o famoso circuito Dodô;
  • Se quiser tranquilidade, vá para as praia da Orla Norte, Itapuã e Flamengo.

Espero que eu tenha ajuda, mas se ficou com alguma dúvida, deixe sua pergunta nos comentários que eu respondo.

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

Escreva um comentário