Paris a pé: um dia de caminhada pelo Centro

2

Atualizado em 19 de dezembro de 2016

Se você está chegando à capital francesa e tem pouco tempo, aproveite para conhecer alguns dos principais pontos turísticos do Centro de Paris a pé. A cidade é bem sinalizada e o transporte público funciona perfeitamente. Portanto, você poderá aproveitar suas horas gastando menos do que imagina.

Antes, você deve saber como chegar até o Centro, partindo do aeroporto Charles de Gaulle. Para isso, preparei um post que ensina tudo detalhadamente: Paris: do aeroporto até o Centro da cidade.

Conheça Paris a pé

Torre Eiffel | Comece pelo símbolo maior da cidade, a Torre Eiffel, e aproveite para apreciar a vista lá de cima. Do alto da Torre Eiffel, você vai avistar prédios, monumentos e praças que visitará em seguida. Aproveite para se organizar geograficamente, pois você poderá chegar caminhando até a maioria deles. Paris é linda e andar por suas ruas vai te revelar lojinhas, cafés e lugares que não estão nos guias. O tíquete para a subida custa EUR 8,5 e, dependendo da época, a fila pode ser longa.

Parc du Champ du Mars | Aqui, do lado da Torre Eiffel, está o Parc du Champ du Mars, então aproveite para tirar belas fotos com a torre ao fundo. Do outro lado do Rio Sena, está o palácio de exposições Palais de Chaillot, nos Jardins du Trocadéro. Esse é um dos melhores lugares para fotografar a Torre Eiffel.

Paris a pé: um dia de caminhada pelo centro

A Torre Eiffel vista da Praça do Trocadéro.

Arc de Triomphe | Depois, siga pela Avenue Kleber até o Arc de Triomphe. Construído em comemoração às vitórias militares de Napoleão Bonaparte, o monumento foi inaugurado em 1836. O arco tem gravado os nomes de 128 soldados e 558 generais mortos durante os embates.

Aos pés do Arco do Triunfo está o Túmulo do soldado desconhecido, uma homenagem aos soldados que morreram em tempo de guerra sem que os seus corpos fossem identificados, e a chama que nunca se apaga, o Fogo Eterno.

O Arc de Triomphe está localizado na Praça Charles de Gaulle, uma das duas extremidades da Avenida Champs-Élysées, a mais importante de toda a França. Depois de tirar algumas dezenas de foto, siga pela Champs-Élysées e se perca entre as muitas lojas de grife e restaurantes para todos os gostos. Almoçar na Galeria 26 é uma boa pedida. Aqui, você encontra opções para todos os gostos e bolsos.

Paris a pé: um dia de caminhada pelo centro

O Arc de Triomphe, na Praça Charles de Gaulle, na famosa Avenida Champs-Élysées.

Paris a pé: um dia de caminhada pelo centro

A Chama Eterna sobre o Túmulo do Soldado Desconhecido.

Palais de l’ÉlyséeO  Palais de l’Élysée, na Rua Faubourg-Saint-Honoré, é a residência oficial do presidente francês, onde está localizado o seu gabinete e onde se reúne o Conselho de Ministros. Aproveite para fazer aqui uma parada antes de chegar à Place de La Concorde.

Place de La Concorde | A praça, uma das maiores de Paris, foi o palco principal da Revolução Francesa e onde foram instaladas as guilhotinas que deceparam as cabeças da realeza corrupta. Hoje, moderna, tem no seu centro um obelisco egípcio trazido do Templo de Luxor.

Paris a pé: um dia de caminhada pelo centro

O Jardin des Tuileries e o Arc de Triomphe du Carrousel.

Musee du Louvre | Depois, cruze o Jardin des Tuileries até chegar ao Musee du Louvre, passando pelo Arc de Triomphe du Carrousel. Aproveite para contemplar a beleza arquitetônica dos prédios e para tirar boas fotos nas pirâmides de vidro que estão no pátio.

O Louvre é um dos maiores e mais famosos museus do mundo, onde está Monalisa, de Leonardo da Vinci. Porém, neste passeio não teremos tempo de visitá-lo. Volte outro dia para andar pelos infinitos corredores do Palais du Louvre e aprecie a Gioconda de olhar sereno, além da Vitória de Samotrácia, a Vênus de Milo e enormes coleções de artefatos do Egito antigo.

Paris a pé: um dia de caminhada pelo centro

O Musee du Louvre e as fantásticas pirâmides.

Pont Neuf | As margens do Rio Sena foram incluídas na lista do Patrimônio Mundial da Humanidade da Unesco, em 1994. Caminhe por elas e aprecie a Pont Neuf, a mais antiga de Paris. Do alto da ponte, aproveite a vista da Torre Eiffel com o Sena aos pés.

Pont de l’Archeveche | Siga em frente e chegue à Pont de l’Archeveche. Aqui, os casais apaixonados identificam seus cadeados de alguma forma – as pessoas se dedicam a isso, fazem desenhos e até mandam gravar os nomes nos cadeados –, os prendem às grades da ponte e jogam as chaves no Rio Sena, como se fosse uma simpatia para que continuem juntos. Se funciona, eu não sei, mas que a escolha do destino pode contribuir para o sucesso do romance, sem dúvida.

Paris a pé: um dia de caminhada pelo centro

A Pont de l’Archeveche onde os casais prendem os cadeados como sinal de amor eterno,

Paris a pé: um dia de caminhada pelo centro

Cadeados: promessas de amor eterno em Paris.

Cathédrale Notre-Dame | Da Pont de l’Archeveche você avista a Cathédrale Notre-Dame. Com seu estilo gótico, ela é uma das mais antigas catedrais francesas.

CONPARTILHE COM SEUS AMIGOS

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

2 Comentários

  1. Paris por si só já é uma das cidades mais magníficas do mundo.
    Visitar o centro histórico dela a pé além de emocionante é muito interessante, principalmente pelo fato de poder explorar melhor seus principais monumentos e atrações.

    Ótima matéria, adorei!

Escreva um comentário