Museus gratuitos em Madri: o que conhecer na cidade – sem gastar nada

Atualizado em 3 de novembro de 2022 – 2 min de leitura

Museus gratuitos em Madri

A capital espanhola é simplesmente fascinante e o grande barato daqui é que a gente consegue aproveitar muitas coisas sem pagar nada. Basta ficar de olho nos dias e nos horários que dá para visitar muitos museus gratuitos em Madri.

Nesta lista, estão algumas atrações que, normalmente, são pagas, mas que têm dias gratuitos. Embora eu mantenha tudo atualizado, pode ser que alguns horários mudem. Então, é bom sempre checar no site oficial da atração para poder se programar melhor.

Neste artigo, eu vou explicar sobre:

Museus gratuitos em Madri

Museo del Prado

O mais famoso museu da cidade abre as portas sem cobrar nada todos os dias. De segunda a sábado, das 18h às 20h, e nos domingos e feriados, das 17h às 20h.

A entrada normal custa EUR 15, mas, nas últimas horas de funcionamento, o Museo del Prado dá desconto de 50% nas exposições temporárias.

Museus gratuitos em Madri

Museo Thyssen-Bornemisza

Aqui, para entrar de graça você deve chegar às segundas-feiras, entre 12h e 16h. A entrada regular no Museo Thyssen-Bornemisza custa EUR 12.

Palacio Real de Madrid

O fantástico palácio da realeza espanhola também tem visitas gratuitas de segunda a sexta, das 16h às 18h, de outubro a março, e de 18h às 20h, de abril a setembro.

Para ter entrada gratuita no Palácio Real de Madrid é preciso mostrar o passaporte.

Monasterio de las Descalzas Reales

Você pode conhecer o Monasterio de las Descalzas Reales e o Real Monasterio de la Encarnación sem pagar nada na terça-feira, das 16h às 18h30. Sendo que a última entrada só é permitida até 17h30.

Museo Arqueológico Nacional

Esse museu, que tem um acervo muito legal sobre achados arqueológicos dos povos que habitaram a região que, hoje, chamamos de Espanha, também está na lista dos museus gratuitos em Madri.

A visita gratuita é feita nos sábados, das 14h às 20h, e nos domingos, das 9h30 às 15h. Em outros dias e horários, você terá que pagar EUR 3 para entrar no Museu Arqueológico Nacional.

Real Monasterio de El Escorial

Esse complexo religioso fica a 45 quilômetros de Madri, mas vir até aqui é um belo programa para quem gosta deste tipo de visita.

A entrada é gratuita de terça a sexta-feira, das 15h às 18h, de outubro a março, e de 17h às 20h, de abril a setembro.

Museus gratuitos em Madri

Museo Reina Sofía

O prédio principal do Museu Reina Sofía tem entrada libre nos sábados,das 14h30 às 21h, e aos domingos, das 10h às 14h30.

O acervo é extenso e há outras salas no Parque el Retiro: o Palacio de Velázquez e o Palacio de Cristal – que élindo.

Museo Sorolla

Esse museu guarda as lindas obras do artista Joaquín Sorolla e foi criado a pedido de sua esposa, que fazia questão de que sua arte fosse exposta para todas as gerações num museu da cidade.

A entrada é gratuita nos sábados, das 14h às 20h, e nos domingos, das 10h às 15h. O ingresso para o Museu Sorolla nos outros dias custa EUR 3.

Como você pode imaginar, sempre há filas nos horários e dias gratuitos – no verão, então, elas são bem maiores. Mas, se programando, você consegue ver tudo o que precisa sem pagar nada.

Informações Básicas

Visto

Brasileiros não precisam de visto para entrar e permanecer no país por até 90 dias.

Documentos

É necessário apresentar o passaporte com, no mínimo, seis meses de validade. 

Dinheiro

A moeda da Espanha é o euro e a maioria dos estabelecimentos aceita cartões de crédito e débito.

Vacinas

Nenhuma vacina é obrigatória para passageiros brasileiros, embarcados no Brasil.

Informações sobre covid-19

Viajantes brasileiros que chegam à Espanha por via aérea – exceto menores de 12 anos e em trânsito internacional – devem ter os seguintes documentos:

  1. Comprovante de vacinação completa – com duas doses ou mais, exigido apenas de viajantes vacinados – veja como solicitar o Certificado de Vacinação contra covid-19 internacional;
  2. Resultado negativo de exame antígeno (teste rápido) feito até 24 horas antes do embarque ou RT-PCR feito até 72 horas antes da viagem – exigido apenas de viajantes não vacinados;
  3. Preencher o formulário Spain Travel Health, inserindo manualmente os dados do seu certificado de vacinação ou teste de diagnóstico. Ao final do preenchimento do FCS, o sistema enviará um QR Code que você deverá apresentar tanto no momento do embarque quanto na chegada à Espanha;
  4. Seguro viagem obrigatório com cobertura mínima de € 30.000;

Seguro viagem

O seguro viagem é obrigatório para todos os países europeus que fazem parte do Tratado de Schengen:  a Espanha é um deles.  

Sem o seguro, você pode ser impedido de entrar no país. E tem mais: há uma cobertura mínima de EUR 30.000. Portanto, você precisa informar para qual – ou quais – país vai viajar antes de comprar o seguro.

Eu sempre indico o Seguros Promo, um site que compara os preços de várias seguradoras e nos mostra os melhores valores para cada cobertura.

Além disso, nem todos os países têm um sistema de saúde público e gratuito. Na verdade, na maioria deles, viajantes estrangeiros não têm acesso a assistência médica gratuita. Por isso, é muito importante ter o seguro internacional de saúde – também chamado de seguro viagem.

→ Faça uma cotação do seguro viagem

custo de um seguro viagem é menor do que se costuma pensar e ele garante que você terá atendimento em casos de emergências médicas comuns, como acidentes de trânsito, intoxicações alimentares, acidentes vasculares e infartos cardíacos, por exemplo.

Você já imaginou quanto custa um tratamento médico para esses casos em outros países? Dependendo da gravidade, o atendimento pode custar milhares de dólares, podendo gerar sérias dificuldades financeiras para você e seus familiares para o resto da vida.

Então, antes de embarcar, compre o seguro viagem, imprima o comprovante e tenho o número de emergência em local de fácil acesso.

Veja mais sobre a Espanha

Ficou mas fácil planejar sua viagem? Se tiver alguma dúvidaé só deixar suas pergunta nos comentários que eu respondo.

Se preferir, pode falar comigo no Instagram: @altiermoulin. Agora, aproveite para ver outras dicas da Espanha.

Sobre o Autor

<a href="https://www.penaestrada.blog.br/author/altier/" target="_self">Altier Moulin</a>

Altier Moulin

Sou jornalista, capixaba e apaixonado pelo universo viajante. Sempre gostei de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Quando criança, sonhava em viajar pelo mundo e, já adulto, isso virou um propósito de vida.

comentários

2 Comentários

  1. Nikki

    Não pretendo voltar a Madrid…mas vou repassar suas dicas fantásticas…e amei sua descoberta..”nasci pobre e vou morrer pobre” ?? mas não concordo co vc!!!
    Te acho muito rico e vai ficar cafa vez mais rico…nossos valores crescem qdo compartilhados ?

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *