Descubra a Cachoeira da Serra Azul

6

Atualizado em 3 de julho de 2015

No pequeno distrito de Bom Jardim, a 145 quilômetros de Cuiabá, atrativo turístico é o que não falta. Isso você vai encontrar aqui no blog, mas hoje eu lhe convido a descobrir a Cachoeira da Serra Azul, um dos lugares que devem constar em sua lista quando decidir visitar o Mato Grosso.

Pra começar, preciso dizer que sempre ouvi falar que Nobres era – ou é – o concorrente mais próximo de Bonito, no Mato Grosso do Sul, com rios de águas claras, poços azuis e natureza exuberante. E foi isso tudo que me trouxe aqui. Porém, descobri que Nobres é um pequeno município com pouco mais do que 15 mil habitantes e sem muita coisa interessantes. O barato mesmo fica na vila de Bom Jardim, a 65 quilômetros da sede.

Nessa terra simples, os moradores sobrevivem sem sinal de celular e sem agência bancária, apesar disso eles podem ver araras cruzarem os céus de quando em vez e, sempre que quiserem, nadar entre peixes coloridos.

Mas o meu destino não fica aqui tão perto: dirijo por mais 25 quilômetros de estrada de chão com muita poeira até chegar à sede do Sesc que fica literalmente no meio do nada. Sabe aquelas horas que você pensa: “caramba, como encontraram algo aqui?” Então, esse é o lugar que eu jamais tinha imaginado conhecer, mas que vai me acompanhar para sempre.

Cachoeira da Serra Azul

Chegando ao distrito de Bom Jardim.

Cachoeira da Serra Azul

Interagindo com araras na fazenda do Sesc.

Cachoeira da Serra Azul

Macacos vieram saudar no começo da manhã.

Já na chegada, ouço araras gritarem nas palmeiras ao redor do imenso lago da fazenda. Do outro lado, macacos saltam nos galhos das árvores e chegam bem perto de mim. Mas é hora de prosseguir. Pego os equipamentos e dirijo mais um pouco até começar a caminhada.

São 700 metros de trilha que seriam vencidos facilmente, se não fossem os 470 degraus da escadaria que me conduz até a queda d’água. Para chegar até aqui, você vai precisar de um guia: o Sesc, que é proprietário de toda esta área, não autoriza passeios autônomos e sem o uso de colete salva-vidas e sandálias apropriadas.

Ainda com o fôlego tomado pelo cansaço já posso ouvir um barulho, e não demora muito para que ela se apresente em meio às árvores. Com mais de 40 metros de queda, a Cachoeira da Serra Azul é maravilhosa e, como se não bastasse, a água que escorre da pedra ainda forma um lago azulado repleto de piraputangas, dourados, piaus e tantas outras espécies de peixe.

Chego aqui por volta das 10h, quando o sol ainda cobre parte da piscina natural formada pela cachoeira. À medida que o tempo avança, o lago parece ficar ainda mais azul. É nele que mergulho e me esbaldo até que minha alegria acaba com o guia chamando para ir embora.

Cachoeira da Serra Azul

São 470 degraus em 700 metros de caminhada até encontrar a Cachoeira da Serra Azul.

Cachoeira da Serra Azul

A primeira visão que tenho da cachoeira, com parte ainda coberta pelo sol.

Cachoeira da Serra Azul

Flutuação para avistar piraputangas, dourados e outros peixes.

Programe o seu passeio à Cachoeira da Serra Azul 

Quanto custa | O passeio para a Cachoeira da Serra Azul custa R$ 50 e inclui o serviço de guia e os equipamentos necessários: colete salva-vidas, sandálias e esnórquel. O transporte não está incluso. A Rota das Águas tem pacotes para a Cachoeira da Serra Azul que duram pouco mais de uma hora.

Quando ir | A temporada de chuva vai de outubro a março e as estradas podem ser bem desinteressantes. Na seca, que vai de abril a setembro, as estradas estão melhores, mas o calor será seu companheiro mais que fiel. No inverno, entre maio e agosto, não deixe de levar um casaco já que as temperaturas mínimas beiram os dez graus. Durante todo o ano as máximas ultrapassam os 25 graus, alcançando mais de 30 com frequência. Na cachoeira, Aproveite o horário entre 10h e 13h quando o sol deixa o lago ainda mais azul.

Onde ficar | A melhor opção é ficar hospedado em Bom Jardim, já que os melhores atrativos ficam por aqui. A Pousada Rota das Águas é bem aconchegante e tem diárias a partir de R$ 150 com café da manhã incluso.

Como chegar | Bom Jardim está a 145 quilômetros de Cuiabá vindo pela estrada do Manso, a MT-351. Todo esse trajeto está asfaltado, bem sinalizado e é quase todo formado por grandes retas. Passando por Nobres a viagem terá 240 quilômetros, sendo que os últimos 65 quilômetros são de estrada de chão. A melhor opção por aqui é estar com carro próprio ou alugado já que precisamos dele para todos os passeios.

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

6 Comentários

  1. Avatar
    Emanuelle Dettmann on

    Boa tarde,

    Eu estou indo para a Chapada dos Guimarães, e eu e meu marido vamos tirar um dia para ir até Bom Jardim e passar o dia. A grande dúvida, é o que fazer em um dia em Bom Jardim. O que você me recomenda, e o que eu posso fazer? E qual horário eu chego, sem previsão de saída.

    Aguardo.

Escreva um comentário