Planeje seu trekking na Estrada Real

6

Atualizado em 23 de abril de 2020

A Estrada Real tem mais de 1600 quilômetros de extensão. Todo esse trajeto pode ser feito a pé, em um trekking alucinante de 121 dias. Aqui, você vai caminhar por estradas que nem sempre estão asfaltadas e trilhas que originalmente eram usadas para levar o ouro e as pedras preciosas. A mercadoria saía de Minas Gerais para o litoral do Rio de Janeiro e de São Paulo.

Nessa, que é uma das rotas mais completas do país, a melhor maneira de programar o seu trekking é dividindo-o em partes. A estrada tem quatro diferentes caminhos que podem servir como base para os seus planos. O Caminho do Diamante, Caminho Velho, Caminho Novo e Caminho Sabarabuçu.

Independente de qual seja a sua escolha, há uma forma muito bacana para montar o seu roteiro. O SitGeo é um tipo de guia virtual desenvolvido pelo Instituto Estrada Real para te ajudar na tarefa de decidir tudo sobre essa viagem. Ele tem informações sobre todas as atrações turísticas, opções de hospedagem e de restaurantes. Além disso, é possível compartilhar o roteiro com os amigos e com outros viajantes do seu grupo, caso não esteja viajando sozinho.

trekking-na-estrada-real-07

Início do trecho entre Chapada e Lavras Novas, no Caminho Novo.

trekking-na-estrada-real-06

Quase no final da trilha há um pequeno riacho.

trekking-na-estrada-real-03

Vista para as montanhas de Minas Gerais.

Minha experiência de trekking na Estrada Real

Apesar de não ter feiro o trekking completo pela Estrada Real, eu pude experimente um pouco dessa ferramenta quando fiz uma pequena trilha de cinco quilômetros entre Chapada e Lavras Novas, um dos trechos da Estrada Real que pouca alteração teve desde que foi aberto.

Com a planilha gerada pelo SitGeo em mãos, foi muito fácil seguir na direção certa. Além disso, todo esse trajeto é sinalizado com 13 marcos da Estrada Real devidamente numerados. A trilha é bem fácil, começando no distrito de Chapada que tem uma igrejinha bem bonita. O circuito só fica um pouco íngreme no último quilômetro, mas é bem tranquilo.

trekking-na-estrada-real-05

Hora de checar a planilha e o marco.

trekking-na-estrada-real-04

Não faça isso: brincando no marco da Estrada Real.

trekking-na-estrada-real-02

Pausa para o descanso.

trekking-na-estrada-real-01

Na ótima companhia dos queridos Fábio Pastorello e Cris Marques.

trekking-na-estrada-real-08

Olha que linda a igrejinha de Chapada.

* Minha viagem pela Estrada Real aconteceu a convite do Instituto Estrada Real e teve o apoio da Bancobras. Outros seis blogs também participaram, são eles: Dentro do MochilãoSegredos de Viagem, Territórios, Trilhas e Aventuras, Viajando com Eles e Viagens Cinematográficas. Para acessar todo o conteúdo publicado, utilize a #BlogueirosnaER.

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um viajante apaixonado pelas coisas desse mundo. Um jornalista que adora contar boas histórias e compartilhar informações de viagem. Meu propósito de vida é ajudar outras pessoas a conhecerem lugares novos e a viverem experiências inesquecíveis.

6 Comentários

Escreva um comentário