Brasileiros vão precisar de visto para a Europa

2

Atualizado em 6 de julho de 2018

Os países europeus que fazem parte do Tratado de Schengen aprovaram, nesta semana, uma mudança muito importante no controle migratório: turistas de várias nacionalidades, incluindo brasileiros, vão precisar de visto para a Europa.

Embora, oficialmente, as autoridades tratem a exigência como autorização prévia, na prática, ela funciona como um visto antecipado: você se candidata e pode ser aprovado ou não.

Essa medida valerá somente a partir de 2021, mas é muito importante entender o que vai mudar na vida de quem deseja conhecer o Velho Continente.

Como pedir o visto para a Europa

Atualmente, brasileiros não precisam de visto ou de qualquer autorização antecipada para entrar na Europa. As exigências feitas pelos órgãos de imigração sempre pretendiam verificar o propósito da viagem, se o viajante tinha condições de se manter e se tinha uma apólice de seguro, por exemplo. Daqui a uns anos, isso vai piorar.

É que, antes de viajar para qualquer um dos 26 países que aceitaram a mudança – veja a lista completa abaixo –, você terá que preencher um formulário eletrônico com seus dados pessoais, do passaporte e dizer por qual país entrará no continente.

Com o pedido feito, os países poderão conceder – ou não – uma autorização prévia de viagem, mas isso não garante que você poderá entrar no país que deseja. É que a decisão final de quem entra ou não permanece sendo do órgão de imigração de cada país, como acontece com os Estados Unidos: você pode ser barrado mesmo tendo o visto.

A autorização vai custar EUR 7, sendo que menores de 18 anos e maiores de 70 não pagam, e terá validade de três anos.

Brasileiros vão precisar de visto para a Europa

Países que vão exigir autorização prévia

O Tratado de Schengen foi assinado em 1985 com o principal objetivo de criar uma área sem fronteiras, permitindo a livre circulação de pessoas entre os países membro.

Atualmente, 26 nações fazem parte do acordo: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslovênia, Eslováquia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Itália, Islândia, Letônia, Lituânia, Liechtenstein, Malta, Noruega, Luxemburgo, Polônia, Portugal, República Tcheca, Suécia e Suíça. Todos eles passarão a exigir que brasileiros tenham um visto para a Europa.

O Reino Unido não exigirá a autorização, já que está entre os que não fazem parte do Tratado de Schengen.

CONPARTILHE COM SEUS AMIGOS

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

2 Comentários

  1. Ixiii mais que coisa, será que restrição no nome pode barrar este visto?
    Uma vez que sonho em conhecer Cracóvia e Auschwitz e hoje estou negativada no mercado.
    Nossa já tinha desistido de conhecer os Estados Unidos devido á essa chata exigência de visto, agora a Europa também?
    Daqui um tempo vamos ficar presos somente no nosso pais.
    Não gostei não.
    Por falar nisso amei o blog, achei tudo que precisava saber sobre a segunda guerra e as dicas para a viagem caíram como uma luva.
    Parabéns.

Escreva um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.