Como é visitar a Cango Caves

0

Atualizado em 7 de dezembro de 2017

Se você é um leitor do blog e tem acompanhado as matérias sobre a África do Sul, com certeza já percebeu que este país é surpreendente e riquíssimo em belezas naturais. Muita gente fica de boca aberta quando descobre as incríveis maravilhas deste país. No post de hoje não será diferente. Hoje, irei contar a minha experiência dentro de uma caverna, a Cango Caves, um lugar surpreendente no interior da África do Sul.

Logo no primeiro dia de viagem pela Garden Route, passeio de 3 dias que fiz com a Hotspots2c, no período da tarde chegamos na Cango Caves, uma caverna localizada a cerca de 29 quilômetros de Oudtshoorn.

Localizada sobre o Vale do Cango, esse lugar atrai milhares de viajantes do mundo todo. A experiência de andar pela caverna é simplesmente incrível e o que mais chama atenção aqui são as formações de calcário em forma de torres. Olhando as fotos você verá o quão incrível são essas formações.

A primeira parte da caverna foi descoberta em 1780 e, posteriormente, em 1792 mais partes foram sendo descobertas. Atualmente está é a única caverna aberta ao público na África do Sul, por isso ela é tão disputada. Ao todo são mais de quatro quilômetros de território, porém, apenas ¼ é possível visitar. E, apesar de ser uma caverna, a infraestrutura do local é ótima, na parte interna existem escadas com corrimão e boa iluminação, já a parte externa da caverna você irá encontrar uma loja de souvenirs, restaurante e banheiros.

Como é visitar a Cango Caves

Dentro da Cango Caves

No interior da Cango Caves a temperatura fica entre 17 e 20 graus, por isso, recomenda-se o uso de agasalho, roupas leves e tênis.

Para visitar a caverna existem dois tipos de passeios, o normal e o aventura. Ambas contam com guias especializados que irão explicar a história da caverna, auxiliá-lo na caminhada e, se necessário, esclarecer dúvidas durante a visita.

Tanto no passeio Normal como no Aventura, o trajeto é o mesmo, passando por caminhos bastante espaçosos e bem iluminados. No entanto, se assim como eu, você decidir fazer o passeio no modo Aventura, quando você se deparar com uma grandiosa escada de ferro, prepare-se, pois dali para frente você será literalmente esmagado pelas paredes da caverna.

Brincadeiras à parte, mas é quase isso mesmo. Passei por caminhos extremamente estreitos onde só passava uma pessoa por vez. Às vezes, quando me deparava com um corredor muito apertado, me perguntava centenas de vezes como seria possível passar por ali. Confesso que suei muito, mas foi uma experiência incrível e diferente de todas as atividades de aventura que eu já tinha feito.

Não preciso nem falar que o passeio Aventura possui algumas restrições, certo? Se você sofre de claustrofobia, algum tipo de doença nas costas, tensões altas ou se você estiver grávida, evite esta parte do passeio, mas aproveite o trajeto Normal.

Seja o tour Normal ou o Aventura, com certeza você irá se divertir muito com este passeio sensacional e que guarda muitas surpresas aos visitantes. Cada passo dado é uma descoberta diferente. Então, programe-se e venha visitar este lugar sensacional.

Planeje sua visita a Cango Caves

Quanto custa | O preço para o trajeto Normal é ZAR 110 para adultos e ZAR 65 para criança. No Aventura é ZAR 165 para adultos e crianças pagam ZAR 110.

O tour Normal possui cerca de 60 minutos de duração, já o Aventura possui 90 minutos. Ambos podem ser realizados em grupos de 10 a 30 pessoas por vez.

Quando ir | A Cango Caves funciona todos os dias do ano, com um intervalo que vai do dia 24 de dezembro até o início de janeiro. A visitação acontece das 9h às 16h para o trajeto Normal, e das 9h30 às 15h30 para o Aventura, com grupos saindo de hora em hora.

Cape Town tem as quatro estações do ano bem definidas. O verão, entre novembro e fevereiro, é quente, seco e com pouca chuva. Nesse período, as temperaturas máximas ficam entre 25 e 27 graus. No inverno, os termômetros chegam a marcar sete graus, sendo os meses de junho a agosto os mais chuvosos. Em fevereiro, março e novembro quase não chove. Antes de planejar sua viagem, leia: Veja quando ir à África do Sul.

Quem levaComo disse lá no início, esse passeio eu fiz com a Hotspots2c no tour Garden Route e o ingresso para visitar a caverna já estava incluso e não precisei fazer reserva. Porém, caso você decida visitar o local sem uma agência, é necessário fazer a reserva com bastante antecedência, já que o local é muito visitado e disputado pelos turistas.

Onde ficar | O centro da cidade ganha alguns pontos na hora de escolher onde se hospedar em Cape Town, pois ele fica perto de lugares bastante visitados, como o Waterfront, e é recheado de museus e restaurantes. Além disso, essa região tem fácil acesso aos meios de transportes públicos e o preço da hospedagem aqui é mais camarada. Vejas as minhas dicas de onde se hospedar em Cape Town.

Reserve já o seu hotel em Cape Town e garanta os melhores preços.

Visto e documentos | Brasileiros não precisam de visto para entrar e permanecer na África do Sul por até 90 dias. Entretanto, é necessário apresentar o passaporte com validade de, pelo menos, um mês depois da data prevista para o retorno. É muito importante ter um seguro viagem enquanto estiver no país, para ser atendido em caso de incidentes. Faça aqui a cotação do seu seguro viagem mais barato.

Vacinas | O Certificado Internacional de Vacinação (CIVP) contra a febre amarela é obrigatório. Então, sugiro que você leia: Como solicitar o certificado de vacinação. Sem ele, você pode ser impedido de entrar no país. Nesta região, há muitos insetos e, também, casos de malária. Antes de viajar, acho bom você ler: Dicas para evitar malária e febre amarela.

CONPARTILHE COM SEUS AMIGOS

SOBRE O AUTOR

André Pain

Administrador atuando como auditor contábil em uma multinacional e viajante nas horas vagas, meu sonho de criança era conhecer o mundo. Hoje, meu maior prazer é ver isso se realizar toda vez que embarco para um novo destino.

Escreva um comentário