Stand Up Paddle em Vitória, Espírito Santo

9

Atualizado em 21 de fevereiro de 2018

Eu já contei que Vitória, a capital do Espírito Santo, é cheia de opções para quem gosta de esportes náuticos: surfe, bodyboard, windsurf, kitesurf, remo e vela são comuns em águas capixabas. E, talvez, a mais nova delas seja o Stand Up Paddle, modalidade que conquista novos adeptos a cada dia.

Mas, você sabe como surgiu esse esporte? O SUP – como é chamado pelos praticantes – começou no Havaí ainda nos anos 1940 quando os instrutores remavam em pé para acompanhar seus alunos durante as aulas de surfe. De lá pra cá, os equipamentos foram aprimorados e o mundo se apaixonou por essa prática esportiva que é mesmo pura diversão.

Eu resolvi aprender a remar em pé sobre a prancha depois que descobri a possibilidade de alugar os equipamentos numa barraca montada na Praia do Canto, uma das praias de Vitória. Na verdade, essa vontade não surgiu do nada. Há algum tempo observava os praticantes e pensava: ‘isso não deve ser difícil’. E não é. Pode até parecer complicado nas primeiras tentativas, mas não desista. Cair da prancha será apenas um pretexto para dar um mergulho e tentar novamente.

Stand Up Paddle em Vitória

Um esporte que é pura diversão.

Stand Up Paddle em Vitória

Tem gente de todas as idades na água.

Stand Up Paddle em Vitória

Todos os dias, veteranos e inciantes se encontram na Praia do Canto.

Como fazer o Stand Up Paddle na Praia do Canto

Antes de colocar o seu calção e se mandar para a praia, você precisa fazer sua reserva. No site da Loop você encontra os preços e o telefone de contato. Mas, se quiser fazer presencialmente, durante a semana eles ficam ao lado da entrada do Iate Clube de Vitória e, a partir de sexta-feira, atrás do Bob’s da Praça dos Namorados. A barraca é vermelha, bem fácil de ser encontrada. O aluguel por uma hora custa R$ 30.

Com a reserva garantida, esteja seguro que vai chegar pelo menos 20 minutos antes do seu horário para ouvir as explicações da Suzana Finamore que ensina detalhadamente as técnicas do SUP. Apesar de ser bem simples, seguir essas dicas faz toda a diferença.

Depois de 15 minutos de explicações é hora de colocar a prancha no mar e se divertir navegando entre tartarugas e cardumes de peixes que sempre – sempre mesmo – estão por ali. Se preferir, você pode alugar um caiaque ou ter aulas de windsurfe. Animou?

Stand Up Paddle em Vitória

As instruções antes da partida: isso faz toda diferença.

Stand Up Paddle em Vitória

Depois da aula é hora de remar.

Stand Up Paddle em Vitória

Outras opções: quem quiser pode andar de caiaque…

Stand Up Paddle em Vitória

…ou ter aulas de windsurf.

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

9 Comentários

    • Altier Moulin

      Oi Lilian,

      É possível sim. Você pode usar colete salva-vidas e não se aventurar por águas muito profundas. Basta conversar com o instrutor.

      Um abraço.

  1. Avatar

    boa tarde tenho 3 calopsitas e preciso de ajuda para que elas sejam felizes em um lugar que elas consigam interagir com sua especie e que elas tenham um espaço digno ,se alguem puder me ajudar ficarei muito grato 11 961857020

Escreva um comentário