Seis imperdíveis atrações de Buenos Aires

8

Atualizado em 13 de julho de 2018

Da capital portenha, a jornalista sul-africana Laura Brown traz para nós informações fresquinhas sobre o destino mais frequentado por brasileiros em toda a América Latina. São dicas das melhores atrações de Buenos Aires. Ela conta que a cidade nos seduz com facilidade, independentemente da estação. No verão ou no inverno, a cidade é um convite aos passeios despretensiosos por seus parques. Além de um almoço ou jantar em Puerto Madero e um mergulho em sua história política, que é recontada em seus prédios e praças. Vamos, então, às dicas da Laura:

“Tudo aqui me excita. Desde a sua arquitetura, seus belos parques, até mesmo seus museus e galerias de arte. Isso sem falar na comida e no vinho. Eu poderia, facilmente, passar um dia inteiro apenas saboreando a deliciosa culinária de Buenos Aires. Aqui, você vai encontrar uma variedade enorme de cafés e restaurantes que agradam a todos os gostos.

Tudo bem, para evitar que eu me empolgue demais ao escrever sobre a capital argentina, vamos a algumas informações práticas.

Andar pela cidade é bastante fácil. Apesar do seu tamanho, ela foi construída sobre ruas planejadas que parecem uma grade, o que torna quase impossível que você se perca. Para começar, pegue um mapa no balcão de informações turísticas quando você chegar ao aeroporto. Depois, é só seguir em frente.

Se você gosta de caminhar, essa é uma cidade fácil para a gente andar por aí. Mas, se preferir, você pode usar os ônibus e o metrô, que são muito bem organizados. Uma coisa que você deve ter em mente, no entanto, é que precisa ter moedas para pagar a passagem nos ônibus. Portanto, trate de guardar aquelas moedinhas que você recebe de troco. Pode ser muito frustrante tentar pegar um ônibus se você não tiver nenhuma.

Uma das minhas coisas prediletas em Buenos Aires é simplesmente passear por suas ruas. Escolher uma área – Centro, Palermo, San Telmo ou qualquer outro lugar – e apenas apreciar a sua incrível arquitetura. A cidade é uma fantástica mistura de edifícios coloniais bem preservados. Eles datam dos anos 1800 e se misturam com estruturas modernas e arranha-céus.”

Seis imperdíveis atrações de Buenos Aires

Museus | Assim que você começar a andar pelas ruas de Buenos Aires, é mais do que provável que você encontre um museu ou galeria de arte. Os museus incluem o Bellas Artes, o Malba e o Museo Evita, por exemplo. O Museo Nacional de Bellas Artes, na Avenida del Libertador, abriga uma impressionante coleção de obras de Van Gogh, Degas, Monet e Manet, para citar alguns pintores famosos. A entrada é gratuita e o museu fica próximo ao Cementerio da Recoleta. Uma boa opção é visitar os dois juntos.

O meu museu favorito em Buenos Aires é o Malba, o Museu de Arte Latino-Americana. A sua coleção permanente inclui obras de toda a região. O acervo inclui as dos artistas plásticos Diego Rivera, Roberto Matta e Frida Kahlo, assim como do mestre argentino Antonio Berni. Aqui, também está o famoso Abaporu, da brasileira Tarsila do Amaral. Esta é a tela tupiniquim mais valorizada no mundo, avaliada em USD 1,5 milhão.

Se você está pressionado pelo tempo, ou se quiser visitar apenas um museu, escolha o Malba. Ele também tem uma grande mostra cinematográfica e exposições temporárias. Quando visitei o Malba, havia uma brilhante coleção de trabalhos da artista japonesa Yayoi Kusama. A entrada custa ARS 40.

Seis imperdíveis atrações de Buenos Aires

Fachada do Museu de Arte Latino-Americana de Buenos Aires.

Seis imperdíveis atrações de Buenos Aires

Exposição da artista japonesa Yayoi Kusama. Foto: Laura Brown

Parques | Buenos Aires também é abençoada com espaços verdes. Para um passeio relaxante através da natureza, não deixe de visitar o Parque Tres de Febrero. Aqui, você pode se perder nos aromas do belo jardim de rosas, caminhar entre as plantas exóticas do Jardim Botânico ou simplesmente absorver a tranquilidade zen do Jardim Japonês.

Casa Rosada | Claro, uma viagem a Buenos Aires não seria completa sem uma visita à Casa Rosada, o principal prédio do governo argentino que fica no final da Plaza de Mayo. Durante a semana, você só pode visitar o exterior da casa, uma vez que os escritórios estão em uso pela presidente e pelos demais funcionários do governo. Já nos fins de semana, você pode fazer uma visita guiada gratuita pelo interior do prédio. Para isso, você só precisa pedir ajuda a um dos seguranças que te mostrará o caminho certo.

O interior da Casa Rosada é ricamente decorado e, lá, você aprende um pouco da história do país ao longo do caminho. Para mim, a maior emoção foi saber que, daqui, Evita lutou pelos descamisados e que, a partir de uma das sacadas, mais tarde, Madonna cantou o seu famoso “Don’t cry for me Argentina”. Ainda hoje, existe um quarto dedicado à famosa primeira-dama.

Seis imperdíveis atrações de Buenos Aires

A Casa Rosada. Foto: Michael Renner

Seis imperdíveis atrações de Buenos Aires

Oficial da segurança presidencial.

Seis imperdíveis atrações de Buenos Aires

As áreas verdes de Buenos Aires.

Puerto Madero | Da Casa Rosada, uma boa ideia é continuar caminhando para Puerto Madero, que está localizado a poucos quarteirões. Lá você pode caminhar pelas margens do rio e admirar a famosa Puente de la Mujer, que dizem ser inspirada nos movimentos de uma dançarina de tango. Eu confesso que não vejo nada de tango nela, mas, certamente, ela só acrescenta ao sex appeal da cidade.

Depois disso, você pode terminar o seu dia de passeio com uma taça de vinho ou um coquetel em algum dos muitos restaurantes que margeiam o Rio da Prata.

Na Argentina, o jantar é servido muito tarde, por volta das 22h ou 23h e, se você está pensando em ir para um bar, um bom momento para sair é em torno de meia-noite, depois do jantar. E se o seu destino é uma das boates da cidade, jamais pense em chegar lá antes de 1h. A ferveção começa mesmo entre 2h e 3h. Sinceramente, eu não sei como eles conseguem fazer isso.

Seis imperdíveis atrações de Buenos Aires

A Puente de La Mujer no charmoso bairro de Puerto Madero. Foto: Paloma Baytelman

Veja todos os posts de Buenos Aires

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

8 Comentários

  1. Avatar

    Parabéns pelo blog. Gostei do relatos e das dicas. Tenho vontade de fazer essa viagem e gostaria de saber se dá para faze-la de carro alugado, poi ai iria de avião até o Acre e faria a viagem de lá. Grande Abraço.

    • Altier Moulin

      Jonas, acredito que o seu comentário não se refere a esse post. Não sei se o seu interesse é ir de carro do Acre à Argentina ou se você está se referindo aos posts recentes que fiz sobre Peru de Carro saindo do Acre. Por favor, me confirme essas informações.

      Um abraço!

  2. Avatar

    Gostei muito do seu blog e fiquei ainda mais entusiasmado em viajar para Machu Picchu. Gostaria de viajar em grupo, por acaso você conhece algum grupo que marca viagens com outras pessoas?

    • Altier Moulin

      Oi Antonio,

      Infelizmente não conheço. Dê uma olhada no Facebook se existe algum grupo semelhante e tente obter informações lá.

      Um abraço.

  3. Avatar
    Leila Thans Bartolomeu on

    Gostei muito destas informações. Estamos programando uma viagem de carro em julho deste ano e vi que alguém procura grupo. Pode entrar em contato conosco, também gostaríamos de mais pessoas.

Escreva um comentário