Reabertura das fronteiras americanas: como se preparar e evitar perrengues

0

Atualizado em 26 de outubro de 2021

A partir do próximo dia 8 de novembro, estrangeiros adultos que estiverem 100% vacinados, terão passe livre para visitar os Estados Unidos.

O governo americano retirará todas as restrições para viajantes vindos de 26 países que formam o Espaço de Schengen, incluindo França, Itália, Espanha, Alemanha, bem como Irlanda, China, Índia, África do Sul e Brasil, vacinados com as seis  vacinas autorizadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Além do comprovante de vacinação, o turista terá que  apresentar um teste de Covid-19 negativo realizado até 72h antes do voo. 

Com isso, é esperado que as festas de final de ano atraiam mais turistas para comemorá-las em cidades como New York e Orlando.

Os festejos começam já em novembro com o “Thanksgiving” no dia 25, seguido pela Black Friday no dia 26, onde os turistas poderão desfrutar de diversas promoções jamais vistas dentro do Brasil.

Parques da Disney

Orlando, New York e outras cidades americanas ficam incrivelmente lindas na época de Natal e elas são, sem dúvida, os melhores locais do mundo para viajar e comemorar com a família e amigos.

As casas são decoradas com enfeites natalinos e luzes, além das comemorações especiais promovidas pelos parques da Disney, em Orlando, que fazem com que a viagem seja ainda mais inesquecível.

→ Melhores casas de temporada em Orlando

No Natal, existe uma variedade de opções e atrações superdivertidas para aproveitar e curtir. As principais atividades ocorrem nos parques temáticos, que são uma excelente escolha para toda a família.

No Ano Novo, para quem vai passar na cidade, o foco continua nos parques da Disney, que apresentam belíssimos shows de fogos de artifício e reúne os turistas nas festividades que acontecem por Orlando.

Vale ressaltar que o uso da máscara nos parques ainda é obrigatório, mas os turistas podem tirá-la para se alimentar, beber e tirar fotos ao ar livre.

Cuidados antes de embarcar

Claro, que, antes de embarcar para aproveitar as comemorações em outro país é preciso se atentar à hospedagem.

Uma das opções mais vantajosas para famílias e grandes grupos são as casas de temporada. Elas são excelentes opções pelos valores, localizações e estruturas excelentes para atender grandes grupos“, ressalta Alexandre Fraga, CEO da Fraga Company.

Veja algumas dicas para não passar perrengue longe de casa:

Por ser alta temporada, é importante fazer a reserva com pelo menos três meses de antecedência, visto que, dessa forma o valor será mais baixo e ainda dá para escolher o melhor hotel ou aquela casa de temporada especial.

Levando em consideração o atual momento pandêmico, uma casa em Orlando, por exemplo, pode oferecer um ambiente mais seguro devido ao controle da circulação de pessoas ao seu redor. Se for escolher um hotel, escolha hotéis menores e que sigam os protocolos de prevenção.

Como o Natal e Ano Novo nos Estados Unidos são comemorados no inverno é muito importante verificar se a casa ou o hotel possuem calefação, que é o sistema de aquecimento em ambientes fechados, muito utilizado em países com temperaturas severas durante o frio. Lembrando que algumas casas possuem piscina aquecida para maior conforto.

As datas de final de ano são muito concorridas, por isso, é importante fazer as reservas com pelo menos três meses de antecedência“, explica Emily Porto, sócia diretora da Fraga Company.

RECOMENDAÇÕES DE VIAGEM - COVID-19

Devido à pandemia de Covid-19, novas medidas de saúde e segurança foram adotadas. Elas são importantes para evitar o contágio, protegendo você, quem trabalha diretamente com o turismo e as comunidades locais.

Antes de viajar, verifique a situação do seu destino para não encontrar atrativos fechados e, claro, não colocar a sua vida e a de seus familiares em risco.

Veja algumas medidas adotadas:

  • Álcool gel disponível nos quartos e nas áreas comuns;
  • Uso obrigatório de máscaras nas áreas comuns;
  • Respeito às regras de distanciamento físico;
  • Uso de produtos de limpeza eficazes contra o coronavírus;
  • Café da manhã pode ser servido no quarto.

SOBRE O AUTOR

Sou jornalista, capixaba e apaixonado pelo universo viajante. Sempre gostei de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Quando criança, sonhava em viajar pelo mundo e, já adulto, isso virou um propósito de vida.

Escreva um comentário