15 programas para fazer em Vitória sem pagar nada

4

Atualizado em 3 de novembro de 2017

A capital do Espírito Santo é uma ilha cheia de charme. Se você vier para este cantinho do sudeste brasileiro, saiba que existem muitas atividades para fazer em Vitória sem gastar nada. Aqui, você vai encontrar um litoral rico, com muitas opções de praia para curtir, mas Vitória é mais do que isso.

Durante seus dias em terras capixabas, você vai descobrir parques, praças, mirantes, construções históricas e a cultura do Estado, e não deixe que experimentar a famosa moqueca capixaba, prato tradicional daqui.

Olhando o Instagram de quem vive e ama esta cidade – assim como eu -, escolhi quinze atividades para você pode fazer em Vitória sem gastar um real sequer.

O que fazer em Vitória sem gastar nada

1. Praça dos Namorados

Uma das mais tradicionais da capital, a Praça dos Namorados é um ótimo passeio para fazer em Vitória sem gastar um mísero real. Essa praça fica no bairro Praia do Canto, um dos melhores da capital. Aqui, enquanto você caminha pelo calçadão, aproveita uma vista privilegiada da Ilha do Frade e do Iate Clube do Espírito Santo.

São 450 metros de extensão e muitas opções de atividades. Pelas manhãs, sempre tem gente fazendo Stand Up Paddle. Você pode andar de bicicleta, skate, ou usar uma das quadras de tênis. Ah, também existe uma rampa de skate para os mais radicais.

Aos fins de semana acontece a Feira de Artesanato da Praça dos Namorados, a partir das 18h, com diversas barraquinhas de comida e artesanatos.

A Praça dos Namorados fica na Praia do Canto, e pode ser visitada todos os dias, a qualquer horário.

2. Praça do Papa

Mais uma praça para você relaxar por aqui. Em 1991, o Papa João Paulo II veio a Vitória e celebrou uma missa no terreno que, hoje, é a Praça do Papa, no bairro Enseada do Suá. A praça fica na beira da Baía de Vitória, perto da capitania dos portos.

A Cruz do Papa é o símbolo daqui e, nesta área, você pode aproveitar o espaço para andar de bicicleta, skate ou patins. Este é um ótimo lugar para crianças, já que é um espaço aberto, onde elas podem correr a vontade.

Se vier até aqui, não deixe de conhecer a unidade de visitantes do Projeto Tamar em Vitória, e aproveite para almoçar em um dos dois restaurantes da praça, ambos com vista privilegiada do Convento da Penha.

A Praça do Papa fica no bairro Praia do Suá, e pode ser visitada todos os dias, a qualquer horário.

3. Museu Solar Monjardim

Outro bom programa gratuito para você fazer em Vitória é visitar o tour no Museu Solar Monjardim. Aqui, você vai aprender um pouco mais sobre a vida na capital antes do crescimento da cidade.

O Museu é uma antiga fazenda colonial e, por isso, a área verde é enorme, ótima para curtir um pouco perto da natureza. Veja mais detalhes sobre o museu em: Como é visitar o Museu Solar Monjardim.

O Museu Solar Monjardim fica em Jucutuquara, e pode ser visitado de terça a sexta, das 9h às 12h e das 13h30 às 16h30. Nos finais de semana, das 13h às 17h., das 9h às 18h.

4. Palácio Anchieta

A sede oficial do governo do Estado é um imponente prédio que já foi igreja e escola. Houve um tempo em que o governador e sua família moravam aqui, mas isso também não acontece mais. Porém, você pode conhecer a antiga residência e também a área cultural do Palácio.

A visita guiada ao Palácio Anchieta é um programa cultural belíssimo, gratuito e que vai lhe render um novo olhar às terras capixabas. Saiba como é a visita ao Palácio.

O Palácio Anchieta fica no Centro de Vitória, e pode ser visitado de segunda a sexta, das 9h às 17h. Nos finais de semana, das 9h às 16h.

5. Basílica de Santo Antônio

No alto de um morro, fica o Santuário Basílica de Santo Antônio. Daqui de cima, você tem uma bela vista do bairro Santo Antônio e da orla, que fica bem pertinho. Este é um ponto tradicional da cidade e muitas pessoas visitam a Basílica independente da religião. Os belíssimos vitrais chamam atenção e muitas cerimônias de casamento são realizadas aqui.

A Basílica de Santo Antônio fica em Santo Antônio, e pode ser visitada as segundas-feiras, das 14h às 20h. De terça a domingo, das 8h às 12h e das 14h às 20h.

6. Parque da Fonte Grande

Localizado no Centro da cidade, o Parque da Fonte Grande é um ótimo programa para fazer em Vitória. Daqui, você tem uma vista privilegiada da cidade. O parque tem vários mirantes que irão lhe render belas fotos.

Você consegue ver, de longe, a orla de Camburi, um dos cartões postais da capital, até o Convento da Penha, na cidade vizinha, Vila Velha.

O Parque da Fonte Grande fica em Conduza, e pode ser visitado de terça a domingo, das 8h às 17h.

7. Parque Pedra da Cebola

Um dos mais tradicionais da capital, o Parque Pedra da Cebola é um ótimo passeio de graça para fazer em Vitória. O nome curioso é por causa de uma pedra que tem o formato de uma cebola, e fica na parte mais alta do parque. Aqui, famílias trazem crianças para correr e brincar no lago, onde ficam diversos animais como tartarugas e patos.

A área é muito boa para fazer um piquenique. Muitas pessoas aproveitam para caminhar ou correr e, todos os dias da semana, às 19h, aulas gratuitas de yoga acontecem aqui também.

Veja mais sobre este e outras áreas verdes da cidade em: Parques de Vitória, a cidade verde.

O Parque Pedra da Cebola fica na Mata da Praia, e pode ser visitado de terça a domingo, das 5h às 22h.

8. Parque Botânico da Vale

Talvez você não saiba, mas é possível visitar o Parque da Vale e o Complexo de Tubarão, que ficam no final da Praia de Camburi, e é um ótimo programa para fazer em Vitória. A empresa, que já foi conhecida como Companhia Vale do Rio Doce, fez parte da história do Espírito Santo, e movimenta bastante a economia da capital.

A área do parque botânico é bem grande e muito conservada. O lugar é ótimo para curtir o dia em família ou aproveitar a sobra das árvores e a tranquilidade para ler um livro. Eu conto mais sobre o parque e o Complexo de Tubarão em Visita ao Parque da Vale.

O Parque Botânico da Vale fica em Jardim Camburi, e pode ser visitado de terça a domingo, das 8h às 17h.

9. Praia de Camburi

É verdade que Vitória não se resume a praias, mas o litoral capixaba é, de fato, muito belo. Uma das praias mais famosas é a Praia de Camburi, cartão postal da cidade. A orla tem quase cinco quilômetros e se estende por três dos melhores bairros de Vitória.

O calçadão é excelente e tem áreas separadas para ciclistas, skatistas e corredores. Se você quiser simplesmente caminhar, tem espaço para isso também. Antes de chegar aos últimos quilômetros, existe um parque de skate que fica bem cheio nos fins de semana.

Ao longo do calçadão, você encontra diversos quiosques e barraquinhas que vendem água de coco. A faixa de areia é larga e tem espaço para todo mundo. Em dias de sol, você encontra gente jogando futebol e vôlei de praia, além de grupos fazendo circuito, corredores e quem vêm simplesmente pegar praia. Se quiser cair no mar, eu aconselho ficar de olho nas placas de balneabilidade, já que em alguns pontos a água não é própria para banho.

É na praia de Camburi que fica o píer de Iemanjá. Não deixe de caminhar até o final, onde fica a estátua do orixá e de onde você observa de outro ângulo a praia. É desde píer que saem os passeios de escuna pela baía de Vitória e o que nos leva para ver baleis, como mostramos em: Observação de baleias em Vitória.

10. Ilhas do Boi e do Frade

As duas ilhas são os bairros nobres da cidade, com o metro quadrado mais caro da capital. Porém, não é preciso morar em uma das mansões para aproveitar o que a Ilha do Boi e a Ilha do Frade têm a oferecer. Ambas são ótimos pontos para curtir um dia na praia.

A Ilha do Frade é um bairro charmoso, com natureza exuberante e um lago entre as casas, onde você pode relaxar na grama e observar os patos. Aqui, existem nove praias. Se você for mais aventureiro, logo depois de passar a ponte você pode explorar a primeira, onde ficam vários barcos de pescadores, e seguir pelas pedras rodeando a ilha e descobrindo as outras nove. Nem todas podem ser acessadas assim, mas as que não podem, tem caminho tradicional com escadas dentro do bairro.

Para saber mais, leia: Conheça as lindas praias da Ilha do Frade.

A Ilha do Boi é onde ficam as duas praias queridinhas dos locais: a Praia Grande e a Praia da Direita. Além dos belíssimos casarões, é aqui também que fica o Clube Ítalo Brasileiro.

Nos fins de semana, o pouco espaço para estacionamento fica lotado, assim como as faixas de areia das praias, mas mesmo assim, esse é um lugar imperdível na cidade. A atmosfera é bem tranquila e, se na Praia Grande você encontra um público jovem, jogando bola e curtindo o sol, na Praia da Direita é onde ficam as famílias. Nas duas, o mar é calmo como uma lagoa.

11. Projeto Visitar no Centro Histórico

O Projeto Visitar não é um lugar em si, mas um conjunto de ações integradas para incentivar o turismo histórico-cultural na capital capixaba. São sete patrimônios do centro da cidade que fazem parte do projeto: Theatro Carlos Gomes, Igreja de São Gonçalo, Catedral Metropolitana, Capela Santa Luzia, Convento São Francisco, Igreja do Rosário e Convento do Carmo. Você pode conhecer mais sobre esse cantinho da cidade em: Centro Histórico de Vitória: viaje no tempo.

Assim que você chegar a qualquer um desses pontos turísticos, será muito bem recebido por um dos monitores do Projeto Visitar, capacitados para lhe oferecerem uma visita guiada. Cada um deles deve ser graduando em história ou turismo e é neles que está a integração do projeto. Quando selecionados, os monitores passam por um treinamento para que saibam explicar a história de todos os setes monumentos. Eles trabalham em rotatividade e, se por alguma razão alguém faltar em qualquer uma das unidades, qualquer um dos outros monitores tem capacidade de substituir e realizar a visita guiada.

Se ainda não reservou seu hotel, dê uma olhada nesta lista: Onde se hospedar em Vitória.

Outra vantagem do Visitar é que, ao participar do projeto, você recebe um mapa do centro histórico de Vitória, com todos os pontos importantes da história da cidade. Além do mapa, recebe também um Passaporte Cultural. Esse passaporte tem a imagem dos setes monumentos do Visitar e, cada vez que você participar da visita guiada em um deles, você ganha um carimbo, como no passaporte de verdade. Essa é uma ótima maneira de incentivar o turismo por aqui, já que encher um passaporte de carimbos é sempre muito legal, não é mesmo?

As visitas monitoradas funcionam de terça a domingo, e também nos feriados, das 09 às 17h horas. Caso você queira ir com um grupo é preciso agendar a visita pelo telefone (27) 3235-2813. Eu aconselho você a ligar mesmo que não vá em grupo já que, alguns desses monumentos, como o Theatro Carlos Gomes e a Catedral são muito movimentados e têm agenda cultural cheia, com festivais de teatro e casamentos, o que impede você de fazer a visita.

12. Parque Moscoso

Este é o parque mais antigo da cidade. Aqui, no Parque Moscoso, você pode apreciar mais um pedacinho do centro da cidade, sem pagar nada. Esta é uma área de internet livre do Vitória Online, ou seja, você consegue usar a internet sem fio enquanto relaxa pelo parque. Mas, para relaxar de verdade, eu aconselho desconectar-se um pouco.

Bem arborizado, o Parque Moscoso possui um lado com alguns peixes além de uma pequena ponte construída de maneira a lembrar troncos, sempre buscando aproximar a natureza. São aproximadamente 24 mil metros quadrados de área, um refúgio em meio à agitação do centro de Vitória.

Você também encontra aqui a Concha Acústica que é, na verdade, um palco onde inúmeros espetáculos acontecem. A Concha foi restaurada em 2012, em comemoração aos 100 anos do parque. Além disso, o lago também foi reformado e novos paisagismos foram feitos.

O Parque Moscoso faz parte da história da capital e de muitos dos moradores do centro cultural daqui. Fugir um pouco do estresse enquanto curte um dia aqui é uma ótima ideia do que fazer em Vitória, sem pagar nada.

O Parque Moscoso fica no Centro de Vitória, e pode ser visitado de terça a domingo, das 5h às 22h.

13. Ilha das Caieiras

Visitar a Ilha das Caieiras é um passeio, de fato, gratuito para fazer em Vitória. Porém, eu lhe aconselho a não pensar muito no dinheiro e almoçar por aqui. É que este lugar, localizado no bairro de São Pedro, é considerado o paraíso da culinária capixaba.

É nessa ilha – que, hoje, tem acesso de carro – que você encontra um deque de 200 metros repleto de restaurantes, todos de frente para o rio, com uma vista privilegiada do manguezal. Além da vista, o privilégio aqui é experimentar os pratos mais tradicionais do Espírito Santo, como a moqueca capixaba, a torta capixaba e a casquinha de siri.

Se não quiser fazer a parada para o almoço por aqui, o passeio ainda vale a pena. A paisagem tradicional é charmosa e, se você caminhar até o fim do deque conseguirá ver uma Igreja mais alta, de onde você tem uma belíssima vista do Mestre Álvaro.

14. Galpão das Paneleiras

O Galpão das Paneleiras fica no bairro de Goiabeiras e é aqui que você encontra a Associação de mulheres que produzem as tradicionais panelas de barro.

Se você não sabe do que eu estou falando, saiba que, a famosa moqueca capixaba não pode ser feita em qualquer recipiente não. Para que a receita seja tradicional, deve ser preparada na panela de barro feita pelas Paneleiras de Goiabeiras. Essa é a essência do prato.

Você pode visitar o galpão sede da Associação das Paneleiras de Goiabeiras e observar enquanto algumas das mulheres fabricam as panelas. Aqui, você vê a mão na massa, a atividade que é passada por gerações e atrai diversos turistas. Também é possível comprar as panelas no galpão, onde são vendidas de diversos tipos e tamanhos, além de outros utensílios de cozinha. Veja mais detalhes em: Panela de barro, a arte das paneleiras.

O Galpão das Paneleiras fica em Goiabeiras, e pode ser visitado de segunda a sábado, das 8h às 18h.

15. Planetário de Vitória

O Planetário de Vitória fica dentro da Universidade Federal do Espírito Santo e é um ótimo programa para fazer em Vitória. Cerca de 30 mil visitantes passam por aqui todo ano. Você pode participar de palestras e discussões, além do clássico: observar imagens do sistema solar e das constelações em uma cúpula de 10 metros e 180 graus.

O objetivo do Planetário é contribuir para o desenvolvimento da educação, enfatizando a Astronomia. Para você ver de perto os projetos da área, participar de oficinas e visitar o Planetário é preciso fazer um agendamento, no próprio site do local.

O Planetário de Vitória fica em Goiabeiras, e pode ser visitado às quartas, sextas e sábados, com horário agendado.

CONPARTILHE COM SEUS AMIGOS

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

4 Comentários

  1. Véritas Pestana on

    Bom dia!!!
    Coordeno um Projeto social e parceria com a Prefeitura de Serra.. Entendemos q a crise tá aí e não temos como custar passeios …Essa idéia é bacana já exploramos alguns lugares desses mencionados….Grata pela iniciativa!!!
    Alguns tmbm não tinhamos conhecimento!!!!
    Valeu a dica….

Escreva um comentário

Inline
Inline