Passeio pela feira Greenmarket em Cape Town

2

Atualizado em 1 de março de 2018

Localizada no centro da cidade, a feira Greenmarket em Cape Town é uma das mais tradicionais e visitadas feiras de artesanatos da cidade. O local é parada obrigatória para quem quer apreciar um pouco do artesanato africano. Além disso, guarda histórias do período do apartheid e é uma ótima dica de passeio para os viajantes que passam pela cidade.

A histórica Greenmarket Square, onde está localizada a feira, foi inaugurada em 1696. É um dos locais públicos mais antigos de Cape Town. No princípio, logo que inaugurada, a praça servia como mercado de escravos. Depois, tornou-se uma feira de venda de frutas e vegetais e agora uma feira de artesanato.

Durante o apartheid, a praça era utilizada como local de protestos políticos. Isso porque ela fica ao lado do parlamento sul-africano.

Chegar à Greenmarket, é muito fácil. A tradicional feira a céu aberto está localizada no centro da cidade, ao lado da Long Street. Esta é uma das mais famosas e boemias ruas de Cape Town. Seja de transporte público ou de carro, você conseguirá chegar à feira sem dificuldades.

Reserve já o seu hotel em Cape Town e garanta os melhores preços.

Passeio pela feira Greenmarket

A Greenmarket é para obrigatória para quem visita Cape Town.

Passeio pela feira Greenmarket 

Aqui na feira você irá encontrar milhares de artesanatos produzidos em todo continente africano e os preços podem ser bastante atraentes.

De chaveiros à grandes esculturas, aqui você também encontrará colares, roupas, toalhas de mesa, cerâmicas, artigos em couro, telas, além das incríveis máscaras do povo zulu e de outros povos africanos. Achei o trabalho nessas máscaras sensacionais e riquíssimos em detalhes.

O grande segredo aqui é negociar o máximo possível para garantir ótimos preços. Os simpáticos vendedores, que na maioria são nativos do Zimbábue e Quênia, irão te abordar e tentar convencê-lo a comprar seus artigos. Vá preparado, pois, às vezes, a insistência é tanto que você acaba comprando, tamanha a pressão.

Por ser uma feira aberta e em uma praça, o passeio aqui é bastante agradável e tranquilo. Em volta da praça você poderá encontrar diversos cafés e restaurantes.

Andei pela feira por cerca de uma hora e pude apreciar diversos artigos que gostei bastante. É claro que existem algumas peças com qualidade bastante razoável, mas no geral são artigos muito bem trabalhados e que valem a pena comprar.

Passeio pela feira Greenmarket

Na Greenmarket você encontra um pouco de tudo.

Os preços não são muito diferentes dos preços das lojas. A vantagem é que aqui você pode negociar e decidir o quanto quer pagar, o que não é muito comum ocorrer nas lojas que ficam no V&A Waterfront.

Infelizmente, acabei não comprando nada na feira, pois estava somente com meu cartão de crédito e aqui eles só aceitam dinheiro. Então fica a dica: quando vier visitar a Greenmarket, traga dinheiro.

A feira Greenmarket é um típico lugar turístico em Cape Town e que vale a pena um passeio, seja apenas para conhecer ou para fazer compras. Aproveite, também, para conhecer os arredores da praça e fazer um ótimo programa.

Planeje seu passeio pela feira Greenmarket

Quanto custa | A visita à feira Greenmarket é gratuita.

Quando ir | A feira funciona todos os dias da semana das 9h às 17h.

Cape Town tem as quatro estações do ano bem definidas. O verão, entre novembro e fevereiro, é quente, seco e com pouca chuva. Nesse período, as temperaturas máximas ficam entre 25 e 27 graus. No inverno, os termômetros chegam a marcar sete graus, sendo os meses de junho a agosto os mais chuvosos. Em fevereiro, março e novembro quase não chove. Antes de planejar sua viagem, leia: Veja quando ir à África do Sul.

Como chegar | Localizada na Greenmarket Square, área central da cidade, a feira está ao lado da Long Street, famosa e boemia rua na Cidade do Cabo. Se você decidir utilizar o transporte público, desça na Long Street altura do número 60.

Onde ficar | O centro da cidade ganha alguns pontos na hora de escolher onde se hospedar em Cape Town, pois ele fica perto de lugares bastante visitados, como o Waterfront, e é recheado de museus e restaurantes. Além disso, essa região tem fácil acesso aos meios de transportes públicos e o preço da hospedagem aqui é mais camarada. Vejas as minhas dicas de onde se hospedar em Cape Town.

Visto e documentos | Brasileiros não precisam de visto para entrar e permanecer na África do Sul por até 90 dias. Entretanto, é necessário apresentar o passaporte com validade de, pelo menos, um mês depois da data prevista para o retorno. É muito importante ter um seguro viagem enquanto estiver no país, para ser atendido em caso de incidentes. Faça aqui a cotação do seu seguro viagem mais barato.

Vacinas | O Certificado Internacional de Vacinação (CIVP) contra a febre amarela é obrigatório. Então, sugiro que você leia: Como solicitar o certificado de vacinação. Sem ele, você pode ser impedido de entrar no país. Nesta região, há muitos insetos e, também, casos de malária. Antes de viajar, acho bom você ler: Dicas para evitar malária e febre amarela.

CONPARTILHE COM SEUS AMIGOS

SOBRE O AUTOR

André Pain

Administrador atuando como auditor contábil em uma multinacional e viajante nas horas vagas, meu sonho de criança era conhecer o mundo. Hoje, meu maior prazer é ver isso se realizar toda vez que embarco para um novo destino.

2 Comentários

  1. Estou encanta pelo seu blog e tudo que está aqui, o modo que escreve, as fotografias, me encantei, e quero muito fazer trabalho voluntario em Cape Town, é um lugar lindo vendo por fotos, imagino pessoalmente, deve ser de tirar o fôlego.

Escreva um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.