Onde se hospedar no Kruger National Park

4

Atualizado em 21 de fevereiro de 2019

Eu acho que não há como vir à África do Sul e não pensar em safári e naquele monte de bicho solto pela savana. A concretização disso se chama Parque Nacional Kruger, a maior reserva de fauna do país e o melhor lugar para ter essa experiência. Mas, muito mais do que isso, você sabia que dá para se hospedar no Kruger National Park?

As opções de hospedagem são os acampamentos, chamados de camp sites. Mas, não se iluda, porque, mesmo com esse nome, eles são muito mais que simples barracas: você pode ficar em lodges extremamente confortáveis – e caros.

Uma das vantagens de se hospedar no Kruger – dentro do Parque mesmo – é acordar pertinho da natureza, mas uma solução para quem busca opções mais econômicas e não se importa em não ficar aqui dentro, são os acampamentos das redondezas, a poucos quilômetros de uma das dez entradas do Parque.

Onde se hospedar no Kruger National Park

Agora, deixa eu lhe dar umas dicas rápidas:

  • O inverno é a melhor época para ver os animais, porque a vegetação está menos densa;
  • A sua meta será ver os big five: leão, elefante, rinoceronte, búfalo e leopardo;
  • Os safáris mais produtivos são bem cedo, quando o sol ainda não está quente;
  • Alguns animais são mais ativos à noite e, por isso, são mais difíceis de ver;
  • Para saber mais, leia: Como é o safári no Kruger National Park.

Onde se hospedar no Kruger National Park

Eu sempre uso o Booking para fazer as minhas reservas, porque ele é o site que eu mais confio. Nenhuma taxa é cobrada da gente, além da reserva e, em muitos casos, os quartos podem ser cancelados gratuitamente. Mas, o que eu acho mais legal é que, quanto  mais a  gente usa o site, mais descontos ganhamos: veja como participar aqui.

Agora, vamos às minhas dicas para se hospedar no Kruger. Na lista, eu coloquei as principais opções, mas você também pode dar uma olhada nessa lista completa de hospedagem.

JACKALBERRY RIDGE | ACAMPAMENTO

O Jackalberry Ridge fica na reserva Marloth, na fronteira sudeste do Kruger. O que separa o acampamento do Parque é o famoso Crocodile River – rio do Crocodilo em português – e, por isso, você consegue ver muitos animais pertinho do seu quarto.

Onde se hospedar no Kruger National Park

Aqui, você se hospeda em tendas com cozinha totalmente equipada e algumas têm área de estar com varanda. Além disso, há piscina ao ar livre e churrasqueira. Você também pode comprar alimentos no mercadinho que funciona aqui – um pouco de comodidade, né?

Onde se hospedar no Kruger National Park

Quando não quiser preparar suas refeições, você pode comer no restaurante que fica dentro da reserva. Uma diária para duas pessoas custa a partir R$ 300 e há tendas para famílias com dois quartos – uma casa praticamente.

KWAMBILI GAME | LODGE

O KwaMbili Game Lodge fica dentro de uma reserva privada chamada Thornybush Game Reserve, que tem 14 mil hectares de savana africana preservada e é vizinha do Kruger National Park. Assim, apesar de não estar hospedado dentro do Parque, você acorda pertinho da riqueza que essa região exibe.

Onde se hospedar no Kruger National Park

Você pode escolher entre chalés e barracas de camping: todos têm varanda térrea e energia elétrica – dá para carregar o celular. Além disso, as camas são cobertas com mosquiteiros. A área comum é um chalé principal, onde você pode relaxar no lounge, conhecer outros hóspedes e desfrutar das refeições. À noite, dá para curtir a fogueira e experimentar driques locais no bar.

Onde se hospedar no Kruger National Park

O portão do Kruger mais próximo daqui está a 60 quilômetros e, na própria hospedagem você consegue organizar safáris em veículos 4×4 abertos, para aproveitar ao máximo o passeio guiado. Uma diária para casal custa cerca de R$ 2.500.

CROCODILE BRIDGE | LODGE

O Crocodile Bridge Safari Lodge fica de frente para o Crocodile River, com vista para as águas do rio e para o Kruger National Park: o portão de acesso está a apenas 200 metros do Lodge, o que faz toda diferença na hora de acordar cedo para começar o safári.

Onde se hospedar no Kruger National Park

Você pode se hospedar em suítes completas ou em tendas, todas com vista para o rio, ar-condicionado e banheiro privativo. Uma experiência sensacional é curtir a piscina assistindo elefantes se banhando no rio – pense que coisa boa.

Onde se hospedar no Kruger National Park

Na hora das refeições, você tem acesso à cozinha e, também, à churrasqueira. Além disso, há um mercado, um café-bar, uma feira e um restaurante dentro da propriedade. À noite, os hóspedes preparam o jantar juntos. Uma diária para casal sai por, mais ou menos, R$ 800.

IVORY WILDRNESS | ACAMPAMENTO

Eu acho o Ivory Wilderness a melhor opção para se hospedar no Kruger e ficar, praticamente, dentro do parque. Ele fica na Reserva Natural Privada Klaserie, que tem fronteira aberta com o Kruger. Assim, a gente consegue um melhor custo-benefício sem perder a magia da savana africana.

Onde se hospedar no Kruger National Park

Os quartos e as barracas têm banheiro privativo e chuveiro ao ar livre. Além disso, tem uma bela vista para as montanhas de todas as áreas, por causa da localização privilegiada desse acampamento. Para curtir mais a beleza do lugar, aproveite a piscina, o terraço e a churrasqueira do Ivory.

Onde se hospedar no Kruger National Park

No restaurante do hotel você tem todas as refeições do dia. A equipe também organiza caminhadas a pé e passeios em veículo de safári pelas redondezas. Uma diária para duas pessoas custa, aproximadamente, R$ 1.700.

MOTWARI | POUSADA

O Motswari Private Game Reserve é outra boa opção para quem quer hospedar no Kruger: fica dentro da reserva Timbavati, que faz parte do Kruger National Park, e é simplesmente espetacular. Ele funciona no estilo pousada de luxo, com chalés espaçosos e luxuosos para você viver uma experiência inesquecível.

Onde se hospedar no Kruger National Park

Os chalés têm ar-condicionado, deques de madeira com uma vista impressionante para a savana africana, decoração com elementos locais e banheiros com banheira. Além disso, fora dos quartos, a gente pode aproveitar a piscina ao ar livre, a biblioteca e você ainda pode aproveitar par apostar aquela foto, porque o: tem internet em todas as áreas.

Onde se hospedar no Kruger National Park

Se hospedando aqui, você já tem garantido dois passeios por dia para observação da vida selvagem na reserva, que acontecem no nascer e no pôr do sol. O café da manhã é elogiado e o restaurante também. Uma diária para casal não sai por menos de R$ 3.000.

MILUWA | LODGE

O Muluwa Lodge fica em White River, a cerca de 40 minutos de uma das entradas do Kruger National Park. Aqui, a gente tem vista dos vales e das montanhas a todo o momento e está a dez minutos de carro do Rio White, que dá nome a toda essa região.

Onde se hospedar no Kruger National Park

A sua escolha deve ser entre tendas – eu acho uma experiência mais legal para sua viagem – ou quartos: todos têm ar-condicionado, frigobar e banheiro privativo. As suítes de luxo contam com uma piscina particular – encara essa?

Onde se hospedar no Kruger National Park

Todos os dias o café da manhã é servido no terraço, com vista para a piscina, onde você pode relaxar depois de muitas emoções no safári. Há também uma área ao ar livre com lareira, onde são organizadas noites de entretenimento gastronômico. A diária para casal custa a partir de R$ 900.

ELEPHAN TPOINT | CHALÉS

O Elephant Point fica a cinco quilômetros de um dos portões do Kruger e tem vista panorâmica para o rio Sabie e para áreas do Parque. Aqui, você fica hospedado em luxuosas villas – que eu chamo de chalés – com piscina, ar-condicionado, cozinha completa e lavanderia.

Onde se hospedar no Kruger National Park

Se quiser algo mais simples, pode escolher um dos quartos, que são equipados com televisão, banheiro privativo e varanda térrea. Nas áreas comuns, você tem a sala de estar e de jantar em plano aberto, garantindo uma bela vista da região.

Onde se hospedar no Kruger National Park

Além disso, também dá para relaxar na varanda, dar um mergulho na piscina ou se arriscar a fazer um churrasco. À noite, jogue conversa fora perto da fogueira, ao som da natureza. O valor da diária aqui é o mais caro que encontrei, cerca de R$ 6.000 para duas pessoas.

RHINO WALKING SAFARI | ACAMPAMENTO

O Rhino Walking Safari é outra ótima opção para se hospedar no Kruger  – perfeita para quem quer ficar dentro do parque e pode pagar por isso. É que, aqui, você já acorda perto da vida selvagem e isso aumenta as chances de ver os big five.

Onde se hospedar no Kruger National Park

Você pode escolher entre dois camps no Rhino: o Plains Camp e o Rhino Post Safari Lodge. O primeiro tem tendas e, o segundo, suítes mais elegantes: as duas opções são extremamente confortáveis, e a equipe organiza trilhas e safáris, garantindo experiências incríveis pela savana africana.

Onde se hospedar no Kruger National Park

Além dos passeios, você pode relaxar na piscina ao ar livre, jogar conversa fora no terraço e se divertir no bar. No restaurante também é possível solicitar refeições de acordo com a sua dieta. A diária para duas pessoas custa em torno de R$ 4.000. Sem dúvida, é uma ótima escolha para se hospedar no Kruger.

Veja todos os posts da África do Sul

Gostou dessas opções? Se você ainda tem alguma dúvida de onde se hospedar no Kruger, deixe sua pergunta nos comentários que eu respondo, e aproveite para ler todos os posts da África do Sul.

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

4 Comentários

  1. Avatar
    TASSIA C C ASMAR on

    Boa tarde! Estou planejando uma viagem a dois para Africa. O blog esta sendo essencial nas escolhas.
    Estou muito confusa quanto à hospedagem no Kruger, onde se hospedou? Gostaria de um conforto porem o Kapama por exemplo esta saindo por 8mil 3 diárias.

    Muito obrigada

  2. Avatar

    Olá!
    Passei duas semanas nesse lugar incrível. Fiquei hospedada em vários locais dentro do Kruger pois queria estar bem perto da realidade local. Escolhi lugares mais rústicos mas todos foram confortáveis e o atendimento excelente. Para mim não tem sentido viajar milhares de quilômetros para curtir piscinas! As aventuras foram maravilhosas e só não vi crocodilo. Foram mais de seis mil fotos espetaculares. Pretendo retornar e ir a outros países mais ao centro do continente. Desta vez fui até Agulhas, ponto mais ao sul do continente. Paisagens inesquecíveis. Respeitar os animais e a natureza é fundamental, sempre.
    um abraço

Escreva um comentário