Onde se hospedar na Garden Route

2

Atualizado em 16 de julho de 2018

Viajar e aproveitar cada minuto da viagem é o desejo de todo viajante, não é mesmo? Mas acontece que uma hora o cansaço bate e tudo que você deseja é uma boa cama para dormir. Ou melhor, você deseja ficar em um lugar bacana para aproveitar a noite e se divertir um pouco mais. Por isso, hoje vou dar duas dicas de onde se hospedar na Garden Route.

A Garden Route, na África do Sul, é uma das rotas mais incríveis do mundo. As paisagens são de tirar o fôlego e encantam qualquer viajante que passa por aqui. Você pode conhecer um pouco mais sobre essa viagem sensacional que eu fiz com a Hotspots2c, lendo: Como é a viagem pela Garden Route.

Duas opções para se hospedar na Garden Route

Durante a minha viagem de três dias e duas noites, a agência oferecia duas opções para me hospedar na Garden Route. A primeira era um hostel com quarto compartilhado ou privado e a segunda era em um hotel. Em cada uma das noites a hospedagem era em uma cidade diferente. Vale lembrar, também, que todas as reservas foram feitas pela agência Hotspots2c. Eu não tive que me preocupar com nada.

Nas duas noites escolhi ficar no hostel em quarto privado. Confesso que a experiência foi bastante confortável e muito divertida. Nos dois hostels encontrei várias opções de entretenimento e pude conhecer e interagir com outros viajantes.

Na minha primeira noite, a hospedagem foi no Backpackers Paradise. Ele fica localizado na cidade de Oudtshoorn. A segunda hospedagem foi no Afrovibe Guest House em Myoli Beach.

Backpackers Paradise

Durante o primeiro dia da viagem percorremos pouco mais de 400 quilômetros de estrada pela Garden Route. Além disso, conhecemos a incrível Cango Caves. Por volta das 18h eu cheguei ao Backpackers Paradise em Oudtshoorn.

Juntamente com o grupo que viajava comigo, fomos recepcionados e fizemos o check in de maneira bem rápida. Toda a parte burocrática a Hotspots2c já havia feito por nós.

Esta é uma opção para se hospedar na Garden Route muito interessante. O hostel tem um clima de casa de família, além de ter várias áreas sociais onde você pode aproveitar para conhecer novas pessoas.

Aqui, em uma das áreas sociais há uma sala de televisão bem grande com vários sofás e a cozinha ao lado. A lareira no centro dá um charme ao local, além de aquecer bem durante os dias frios. Na área externa tem uma piscina, jardim, uma área para fazer fogueira, um bar e uma mesa de sinuca. Enquanto me hospedei aqui, aproveitei um pouco de cada cantinho do hostel. Acabei fazendo amizade com várias pessoas durante o nosso torneio de sinuca.

As refeições no hostel foram bastante agradáveis e saborosas. O café da manhã teve uma surpresa especial, o ovo mexido não era de galinha, como estamos acostumados a comer aqui no Brasil. Ao invés disso, era um ovo de avestruz, animal muito popular e comum na África do Sul. Confesso que não me surpreendi após ter descoberto a origem do ovo. O gosto é o mesmo que o do ovo de galinha – sim, caro leitor, fui informado que se tratava se ovo de avestruz depois de ter tomado o café da manhã!

Sobre a hospedagem, posso dizer que estava dentro das expectativas e posso considerá-la padrão. A cama tinha um colchão confortável, havia bons espaços para guardar as malas, o chuveiro tinha água quente, enfim, foi um bom lugar para me hospedar na Garden Route.

Conforme minha experiência, posso dizer que o Backpackers Paradise possui acomodação agradável e ótimas opções para lazer. É quase impossível você sair daqui sem trocar algumas palavras com outros viajantes. O destaque deste hostel é a possibilidade de interagir com várias pessoas nos ambientes sociais do lugar. Por isso, quando estiver próximo a Oudtshoorn, hospede-se no Backpackers Paradise e divirta-se bastante.

A minha segunda hospedagem foi no Afrovibe Guest House em Myoli Beach.

Afrovibe Guest House

Após aproveitar mais um dia de viagem pela Garden Route, e que dia, pois fiz o passeio com elefantes, salto de bungee jump e canoagem, nada melhor que se hospedar num lugar sensacional em frente a uma praia paradisíaca.

Lembro-me que assim que cheguei ao hostel, vi uma montanha de areia em frente e estava curioso para saber o que tinha do outro lado. É claro que eu sabia que havia uma praia, até porque, o barulho do mar deixava bem claro. Então, a instrução dada ao grupo foi a seguinte: deixem suas malas na recepção e sigam o guia. O nosso guia nos levou à praia para brindarmos nossa chega ao hostel com um incrível pôr do sol.

Onde se hospedar na Garden Route

O brinde especial do Afrovibes.

Esta é uma incrível opção para se hospedar na Garden Route. Confesso que a estrutura do hostel não era a das melhores, mas após ter sido recebido com um maravilhoso pôr-do-sol numa praia paradisíaca, não tinha como não amar o Afrovibe. A energia do lugar era diferente e contagiante.

Além da praia, o hostel possui um bar bastante aconchegante e charmoso com mesas na parte interior e também na areia.

No dia que cheguei ao hostel, na parte da noite começou a esfriar e foi montado uma fogueira na área externa do Afrovibe. O local ficou sensacional. Com uma lua bonita, o som do mar ao fundo e o calor da lareira nos aquecendo, tudo o que eu mais queria era ficar ali para sempre.

Onde se hospedar na Garden Route

A fogueira fez tudo ficar mais especial – e aquecido.

Aqui, neste hostel, o bar tinha diversas opções para jantar, mas o mais tradicional eram as deliciosas pizzas e frutos do mar. Já o café da manhã eu achei um pouco fraco – e não tinha ovo de avestruz.

O quarto privado deste hostel superou minhas expectativas. Além de bastante espaçoso, a cama era muito confortável, banheiro amplo e com chuveiro bom.

Onde se hospedar na Garden Route

Não há dúvidas de que eu recomendaria o Afrovibe centenas de vezes como indicação para se hospedar na Garden Route. O clima deste local é incrível e até um pouco difícil de explicar apenas escrevendo. Queria poder te contar tudo nos mínimos detalhes, inclusive da caminhada que fiz na areia da praia no dia seguinte quando acordei bem cedo para ver o sol nascer.

Duas noites na Garden Route

Durante minhas duas noites de hospedagem pela Garden Route fiquei tão satisfeito com os estabelecimentos voltaria para as duas, sem sombra de dúvidas. O staff dos dois hostels foram bastante atenciosos e solícitos, os serviços nos bares e restaurantes foram ótimos e o clima de diversão entre os viajantes, esse nem se discute, foi sensacional.

Então, fica a dica, quando estiver viajando por aqui, tenha em mente esses locais para se hospedar na Garden Route e faça da sua parada um momento a mais para se divertir e descansar.

SOBRE O AUTOR

André Pain

Administrador atuando como auditor contábil em uma multinacional e viajante nas horas vagas, meu sonho de criança era conhecer o mundo. Hoje, meu maior prazer é ver isso se realizar toda vez que embarco para um novo destino.

2 Comentários

  1. Avatar

    Bom dia ! Estarei viajando eu meu marido e dois filhos em fev p África do Sul. Estou super perdida, pois agências cobram verdadeiras fortunas p montar roteiro ! Trechos internos aéreo vc indica site aonde posso comprar? Pois não consigo acessar o da South. Vc indica alguma agência que reserva hostel ? Pois ficaremos 19 dias e aí queremos ir á Cape e Rota Jardim . E na volta uns dias em Joanesburgo. Queremos hostel que acolha família, queremos dormir pelo menos 1 dia na cabana .espero q consiga me indicar profissionais . Acha necessário guias em alguns lugares? Se sim teria empresa p indicar?

Escreva um comentário