Bon appetit! Veja onde comer em Paris

0

Atualizado em 26 de abril de 2018

A capital francesa é uma cidade gastronômica, então, escolher onde e o que comer em Paris é um dos programas imperdíveis. E, faz parte dessa experiência adorável que é viver – ainda que por uns dias – nessa encantadora cidade. Só que, como você pode imaginar, é preciso preparar o bolso, porque a maioria dos lugares cobra bem caro.

Por aqui, a especialidade é o foie gras – fígado de ganso ou de pato –, e diversos patês, terrines, receitas com batatas, crepes doces e salgados, além de cogumelos e outras carnes e embutidos.

O pato com laranja é um dos pratos mais servidos e que, se você gosta, não deve deixar de experimentar. Nos cardápios, você encontra uma mistura de carnes diferentes, com molhos típicos franceses e diversas opções de batatas feitas das mais diferentes maneiras.

Para economizar na hora de comer em Paris, eu aconselho você a ir a um restaurante na hora do almoço, ao invés do jantar. É que o jantar acaba sendo mais caro: no almoço, você pode aproveitar o prato do dia, com preços mais em conta e ingredientes da estação.

Bon appetit! Veja onde comer em Paris

Comer em Paris é uma das coisas imperdíveis de sua viagem.

Onde comer em Paris

Eu sempre tive aquele sonho de tomar um café na calçada de uma cafeteria, como vemos nos filmes. Só que eu estive na cidade no inverno e estava muito frio – com temperaturas negativas, chuva e neve – então, tive que adaptar um pouquinho o meu sonho.

Eu realizei esse sonho no Le Notre Dame, que fica pertinho da Catedral de Notre-Dame. Por EUR 10, eu tomei um café e provei meu primeiro crème brûlée autenticamente francês, enquanto admirava turistas e parisienses.

Algumas cafeterias mantêm as mesas nas calçadas, porém elas ficam fechadas por toldos e são protegidas do frio por aquecedores. Nessas, dá para observar confortavelmente a vida parisiense.

Como fiquei hospedada perto da Torre Eiffel, comi em alguns dos diversos restaurantes da Avenue de Suffren. No Le Bailli de Suffren, eu provei uma lasanha de salmão deliciosa por EUR 16. Melhor que a comida só mesmo os garçons, que logo perguntaram de onde eu era, me deram um cardápio em português e até cantaram uma música brasileira. Quem diria que encontraria franceses tão simpáticos, né?

Bon appetit! Veja onde comer em Paris

A lasanha do Le Bailli de Suffren estava ótima.

No Le Beaujolais, eu provei comidas bem francesas: sopa de cebola francesa e boeuf bourguignon. Ambos por EUR 21. Mas, alí o charme fica por conta do Mascote, um cachorrinho muito fofo.

Para quem adora doces, a loja de macarons Ladurée é parada obrigatória. Eu estive na loja da Rua Royale, peritinho da Igreja de la Madeleine. São tantos tipos, cores e preços que fica difícil escolher.

Uma coisa que você não pode deixar de comer em Paris é o tradicional crepe francês, que você encontra em diversos cantinhos da cidade. Um dos lugares para provar é na Crêperie Brocéliande e, normalmente, você pode escolher entre recheios doces e salgados.

A padaria Boulangeria Coquelicot é tradicional, esta sempre cheia e fica em Montmartre. Aqui, você encontra pães quentinhos, croissants e tortas a um preço acessível. Ah sim, também não deixe de experimentar os croissants.

Os queijos e vinhos estão por todo lado e, só com esses dois ingredientes você aproveita o dia sentado na grama à beira do Sena. Um piquenique ao lado da Torre Eiffel não é nada mal, né? É possível encontrar vinhos deliciosos e baratos nos supermercados, assim como uma grande variedade de queijos e patês.

Como os franceses

Mas como eu queria ter uma experiência bem francesa, fui a um restaurante indicado por um chef francês, o La Rotonde. Não havia muitos turistas, só as pessoas que moram ou trabalham por aqui. Além disso, eu percebi que os garçons conheciam muito bem os clientes, chamando-os pelo nome e já oferecendo as suas bebidas de costume.

O restaurante é muito aconchegante, mas estava muito cheio. Por EUR 46, escolhi uma entrada, um prato principal e uma sobremesa.

As opções do cardápio são várias. Como escargot não estava nos meus planos, escolhi uma salada de salmão, peixe com molho de manteiga e vagem, uma delícia. E, pra completar, mil-folhas com baunilha e bourbon. Pedi a sugestão deles de um vinho para acompanhar, mas não lembro o nome, só lembro que foi o melhor vinho que já tomei. Enfim, um excelente lugar para uma experiência genuinamente francesa.

Bon appetit! Veja onde comer em Paris

A salada de salmão que escolhi.

Bon appetit! Veja onde comer em Paris

O meu prato principal foi um peixe na manteiga.

Bon appetit! Veja onde comer em Paris

E ainda teve esse mil-folhas de sobremesa.

SOBRE O AUTOR

Ana Giulian

Servidora federal e fotógrafa nas horas vagas, sempre gostei de conhecer lugares e culturas diferentes. Comecei a desbravar o mundo pela Itália e, depois, fui parar na China. Os próximos destinos são desconhecidos, mas a meta é desbravar os cinco continentes.

Escreva um comentário