Mergulho com tubarão-branco em Cape Town

5

Atualizado em 1 de março de 2018

A África do Sul é o destino certo para as pessoas que, assim como eu, gostam de diversão, adrenalina e do contato com a natureza. Durante minha viagem ao país, tive a oportunidade de fazer o mergulho com tubarão-branco. Quem me levou para essa experiência incrível foi a Marine Dynamics, e é isso que vou contar – com todos os detalhes.

A Marine Dynamics é uma agência especializada nesse tipo de mergulho e fica em Gansbaai, cerca de duas horas de carro de Cape Town. É aqui que são realizados os mergulhos. Essa empresa está no mercado há mais de dez anos e tem se consolidado como a melhor da África do Sul para viver essa experiência. Só por isso você já entende porque escolhi essa empresa, não é?

Além de ter um barco moderno, com capacidade para 40 visitantes e uma gaiola totalmente segura, a empresa sempre leva um biólogo a bordo, toalhas para nos secar, bebidas e comidas. Além disso, a equipe é altamente qualificada para proporcionar momentos incríveis aos visitantes.

Mergulho com tubarão-branco em Cape Town

O grande tubarão-branco.

Mergulho com tubarão-branco em Cape Town

São mais de três mil dentes em uma mordida mortal.

Mergulho com tubarão-branco em Cape Town

A gaiola onde fazermos o mergulho.

O esperado mergulho

Conforme agendado com a empresa, pontualmente às 3h – sim, de madrugada – a van me pegou no hostel em Cape Town. Passamos ainda para pegar outros passageiros e então seguimos para Gansbaai. A viagem durou cerca de duas horas. Por volta das 5h30, já estava na sede da empresa.

Chegando lá, fui recepcionado pelo guia, Toby Rogers, que me levou até o local onde foi servido um café da manhã e onde, também, assisti a uma palestra sobre a experiência que teria naquele dia.

Mergulho com tubarão-branco em Cape Town

O barco que me levou para ver tubarões.

Mergulho com tubarão-branco em Cape Town

O amanhecer sobre o oceano.

Mergulho com tubarão-branco em Cape Town

O mergulho é feito nessa gaiola.

Durante a palestra, foram apresentadas diversas informações sobre os tubarões-brancos: tamanho, alimentação, proteção e ataques a seres humanos, por exemplo, foram alguns assuntos explicados.

O sol ainda estava nascendo quando, após vestir o colete salva-vidas e uma capa de chuva, segui a caminho dos tubarões. Assim que cheguei ao ponto certo do mergulho, recebi a roupa de mergulho, as botas e, depois, antes de entrarmos na gaiola, um par de óculos para o mergulho.

O tubarão-branco

O mergulho com tubarão-branco acontece em uma moderna gaiola flutuante, com oito pessoas por vez. A proteção é necessária por motivos óbvios, já que ele é o maior peixe predador e um dos animais mais poderosos dos oceanos.

CLIQUE E SAIBA MAIS SOBRE O TUBARÃO-BRANCO

O incrível tubarão-branco pode medir até oito metros na fase adulta, pesar duas toneladas e viver por, aproximadamente, 70 anos. Esse animal é conhecido por sua curiosidade, já que morde tudo o que acha pela frente. Por isso, nem sempre os ataques a humanos são por busca de alimento, mas por curiosidade. Só que, com sua mandíbula forte, com mais de três mil dentes, qualquer mordida pode matar mesmo sem querer.

Esse peixe se alimenta, basicamente, de focas, leões-marinhos, golfinhos, tartarugas e elefantes-marinhos e vive em áreas não muito profundas dos oceanos, sendo encontrados em áreas das Américas, Oceania, Ásia e África. A África do Sul é considerada uma das regiões onde o tubarão-branco é mais abundante.

A equipe organiza as turmas para o mergulho, e cada um fica cerca de 15 minutos na água. Esse é o tempo que temos para apreciar os tubarões.

No dia que fiz o mergulho, a água estava muito gelada – muito mesmo. Para você ter ideia, estava tão fria, que eu tentei filmar, mas as imagens ficaram muito ruins de tanto que tremia. Só que não há outra alternativa, já que a melhor época para ver os tubarões é exatamente no inverno.

A equipe da agência é experiente e tem todo um preparo para atrair os tubarões: desde um líquido jogado no mar, incluindo pedações de peixe, até uma tartaruga de madeira. Tudo para chamar a atenção dos animais.

Não demora muito, e apareceram os primeiros tubarões. Todo mundo fica empolgado e eufórico para entrar na gaiola. Menos eu.

Infelizmente, passei mal durante o tempo todo que ficamos em alto-mar: cerca de duas horas. Nunca tinha ficado tão enjoado como desta vez. No entanto, havia no barco uma pessoa responsável por cuidar das pessoas que passassem mal e fui muito bem amparado. Recebi água, balas, toalhas, enfim, tive uma assistência incrível.

De cara com o tubarão

Mesmo sem ter muitas condições para aproveitar a experiência do jeito que eu queria, decidi entrar na gaiola e valeu muito a pena. Foi uma experiência sensacional. Eu jamais imaginaria que um tubarão pudesse ser tão grande. Como tive a sorte de ficar em uma das pontas da gaiola, algumas vezes os tubarões passavam bem perto, na minha frente ou do lado.

Ao retornarmos para a sede da Marine Dynamics, fui recebido com uma sopa quente e algumas bebidas. Vimos algumas fotos que foram tiradas durante o passeio, e o vídeo – que você pode ver logo abaixo.

Mergulho com tubarão-branco em Cape Town

O maior predador dos oceanos bem na minha frente.

Mergulho com tubarão-branco em Cape Town

A África do Sul é um dos melhores lugares do mundo para mergulhar com tubarão-branco.

Pensa que acabou? O retorno para Cape Town foi outra grande surpresa, pois a paisagem durante o trajeto é maravilhosa. Ainda paramos em Hermanus, uma cidade litorânea com montanhas incríveis. Tiramos algumas fotos e tivemos a sorte de vermos vários golfinhos na baía.

Mesmo tendo ficado enjoado e enfrentado a água congelante do mar, mergulhar com tubarão-branco foi uma experiência incrível que eu recomendo a todos que visitarem a África do Sul. Além de muito confortável, a Marine Dynamics proporciona muita segurança, algo que, na minha opinião, é o principal neste passeio.

Planeje seu mergulho com tubarão-branco

Quanto custa |O mergulho com tubarão-branco custa a partir de ZAR 1.900, por pessoa, e você pode fazer a reserva pelo site da agência, pagando com cartão de crédito.

Quem leva | Eu fiz este passeio com a Marine Dynamics, agência especializada nesse tipo de mergulho e considerada a melhor da África do Sul. Como falei, a empresa tem uma estrutura fantástica tanto para nos atender em terra, quanto na embarcação. Tudo é muito organizado, seguro e sem riscos. Por isso, eu recomento que você faça sua reserva com eles.

Quando ir | Cape Town tem as quatro estações do ano bem definidas. O verão, entre novembro e fevereiro, é quente, seco e com pouca chuva. Nesse período, as temperaturas máximas ficam entre 25 e 27 graus. No inverno, os termômetros chegam a marcar sete graus, sendo os meses de junho a agosto os mais chuvosos. Em fevereiro, março e novembro quase não chove. Antes de planejar sua viagem, leia: Veja quando ir à África do Sul.

Como chegar | Você não precisa se preocupar em como chegar a Gansbaai, onde acontece o mergulho, já que o traslado está incluso no pacote da agência. Mas, se precisar de uma ajuda para organizar sua chegada a Cape Town, leia: Como ir do aeroporto ao centro de Cape Town.

Onde ficar | Sua base para este passeio será Cape Town. O centro da cidade ganha alguns pontos na hora de escolher onde se hospedar em Cape Town, pois ele fica perto de lugares bastante visitados, como o Waterfront, e é recheado de museus e restaurantes. Além disso, essa região tem fácil acesso ao meios de transporte público e o preço da hospedagem aqui é mais camarada. Veja mais dicas em:  Onde se hospedar em Cape Town e Superdica de hostel em Cape Town.

Reserve já o seu hotel em Cape Town e garanta os melhores preços.

Visto e documentos | Brasileiros não precisam de visto para entrar e permanecer na África do Sul por até 90 dias. Entretanto, é necessário apresentar o passaporte com validade de, pelo menos, um mês depois da data prevista para o retorno. É muito importante ter um seguro viagem enquanto estiver no país para ser atendido em caso de incidentes. Veja como comprar o seguro viagem com descontos exclusivos.

O Certificado Internacional de Vacinação (CIVP) contra a febre amarela é obrigatório. Sem ele, você pode ser impedido de entrar no país. Nessa região, há muitos insetos e, também, casos de malária. Veja como se proteger aqui.

Essa viagem teve o patrocínio de  Marine Dynamics.

SOBRE O AUTOR

André Pain

Administrador atuando como auditor contábil em uma multinacional e viajante nas horas vagas, meu sonho de criança era conhecer o mundo. Hoje, meu maior prazer é ver isso se realizar toda vez que embarco para um novo destino.

5 Comentários

  1. Avatar
    Debora Caccioli on

    Bom dia, adorei seu relato!
    Vamos para Cape Town em julho e meu marido está doido pra fazer esse passeio, ele é obeso, usa roupa número 58, vc acha que a empresa tem roupas sirvam nele?
    Obrigada

    • Altier Moulin

      Oi, Debora.

      Infelizmente, não tenho esta informação. Você pode mandar um email para a empresa que eles, certamente, responderão.

      Um abraço.

  2. Avatar
    ewertom trotta on

    boa noite andre.
    podes me informar quanto é o mergulho com o transfer(que sempre esta incluido) da cidade do cabo ate os barcos. e o que mais eles oferecer. vi voce colocar em torno de zar 1.900 por pessoa. pode-se pagar no proprio site da marine dynamics?
    alguem fala o portugues ou espanhol?
    obrigado pela força
    ewertom trotta

    • Altier Moulin

      Oi, Ewerton.

      Como está no texto, o mergulho com tubarão-branco custa a partir de ZAR 1.900, por pessoa, e você pode fazer a reserva pelo site da agência, pagando com cartão de crédito.
      Sobre outras informações você pode perguntar diretamente no site da empresa: http://www.sharkwatchsa.com/en/home/

      Um abraço.

Escreva um comentário