A melhor dica de hostel em Madri

0

Atualizado em 4 de fevereiro de 2019

Não foi fácil escolher um hostel em Madri. É que as opções são muitas e, como era a minha primeira vez na cidade, eu me senti um pouco perdido: eu só tinha em mente que queria estar perto do Centro, de uma estação do metrô e, claro, não queria gastar muito.

Aí, comecei aquela tarefa de comparar preços, checar a localização, o conforto, a segurança e acabei escolhendo o I Love Madrid Hostel.  Ele foi a melhor escolha que poderia ter feito.

Para começar, os donos e os funcionários são brasileiros e isso facilita muito a vida de quem ainda se sente um pouco inseguro com o espanhol ou, simplesmente, é perfeito para quem quer ter comodidade na hora de dar entrada no hostel.

O hostel é muito bem localizado: ele fica a poucos metros da praça Puerta del Sol, a principal da cidade. Nesta praça, tem uma estação do metrô – Estação Sol – e isso significa que a gente consegue chegar, rapidamente, a qualquer ponto da cidade sem gastar muito.

A melhor dica de hostel em Madri

Eu achei os quartos limpos e silenciosos. As camas são confortáveis e há armários com trancas pra gente guardar a bagagem: só não pode esquecer de trazer o cadeado. Há pontos de luz individuais e tomadas perto das camas.

O I Love Madrid Hostel tem duas cozinhas com geladeira, micro-ondas e todos os utensílios que você precisa para preparar suas refeições, e, como este é o coração de Madri, aqui perto tem mercado, padaria e muitos restaurantes, bares e lojas.

A melhor dica de hostel em Madri

Os banheiros compartilhados também são ótimos e há separação entre masculino e feminino: todas as vezes que eu precisei usar, eles estavam organizados e limpos. O chuveiro é bom e há água quente. A internet funciona bem e o pessoal da recepção dá várias dicas de passeios bem interessantes.

O preço também é bom

Uma diária em quarto compartilhado custa cerca de R$ 50. Então, para quem não quer gastar muito e, mesmo assim, não abrir mão do conforto e da segurança, eu realmente acho esta a melhor opção de hostel em Madri. É que, daqui, você pode conhecer vários lugares da cidade a pé: a praça Puerta del Sol, como eu disse, fica na esquina, a Plaza Mayor, a cinco minutos, e o Palácio Real, a 15 minutos. A Gran Vía, rua das compras, fica pertinho também.

Na frente do hostel funciona o Museo del Jamón que tem sanduíches bem baratos que a gente pode comer a qualquer hora do dia e da noite, porque ele funciona 24 horas. É baratinho mesmo: eu me lembro que pagava EUR 0,80 num pão com presunto ibérico, o tradicional daqui.

A melhor dica de hostel em Madri

Mais dicas de hostel em Madri

Além disso tudo, esse lugar tem aquela energia boa de hostel, com gente conversando na sala de estar e trocando dicas de viagem na cozinha. Mas, nada de barulho ou festas até tarde.

Eu realmente acho que este é o melhor hostel para se hospedar em Madri, mas claro que existem muitas opções nesta área. Eu também já me hospedei no Safestay Madrid, que fica mais afastado do Centro, em uma área mais tranquilo.

Veja todos os posts de Madri

Gostou da minha dica de hostel em Madri? Se ainda tem alguma dúvida, deixe sua pergunta nos comentários que eu respondo. Aproveite, também, para ver outras dicas da cidade.

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

Escreva um comentário