Esporte radical: arvorismo em Pedra Azul

0

Atualizado em 20 de fevereiro de 2018

Pendurado a quase 20 metros do chão a minha única opção é seguir em frente. Entre as árvores, 33 obstáculos desafiam o meu senso de equilíbrio e a minha capacidade de concentração. Este é o maior circuito de arvorismo da América Latina. São 194 obstáculos na copa de 69 árvores no total. O cuidado e atenção às regras de segurança são essenciais.

Por isso mesmo, tudo começa ainda em solo firme quando os instrutores nos apresentam os equipamentos e explicam qual a função de cada um deles. Na plataforma de treinamento, a poucos centímetros do chão, dou os primeiros passos. Aqui, sei que o segredo é manter-me calmo e focado no percurso, já que a ansiedade e aquele friozinho na barriga podem, literalmente, me levar para baixo. Seguir um ritmo contínuo também ajuda a não pensar em desistir. Depois de vencido, cada obstáculo se torna em uma vitória pessoal a ser celebrada silenciosamente.

Cumprida a primeira etapa, avanço para o percurso real. Quem se aventura pelas trilhas penduradas nas árvores tem três opções: as alturas variam entre três e 18 metros. Mas isso não é tudo, a dificuldade dos obstáculos também varia em cada trecho.

Arvorismo em Pedra Azul

Parte do maior percurso de arvorismo da América Latina, em Pedra Azul.

Arvorismo em Pedra Azul

O treinamento: passos importantes antes de praticar nas alturas.

Enquanto caminho sob cabos de aço, pedaços de madeira e escadas suspensas, estou preso a outro cabo de aço chamado linha de vida contínua o que significa que não preciso tirar e colocar os mosquetões a cada novo obstáculo, a não ser na subida e na descida das escadas de acesso.

Já quase no fim do percurso, o vento e a chuva chegam para fazer essa aventura ainda mais difícil e divertida. Chego, ileso, ao fim dessa jornada.

Arvorismo em Pedra Azul

Subindo até o terceiro andar, o nível mais alto a 18 metros de altura.

Arvorismo em Pedra Azul

Além de mais alto, os obstáculos são, também, mais difíceis.

Arvorismo em Pedra Azul

Espia só a altura dessa parada!

Regras para praticar o arvorismo em Pedra Azul

Para praticar o arvorismo é ideal estar vestido com traje esportivo, usar tênis e os cabelos compridos devem estar presos. O limite de peso para a prática desse esporte é de 110 kg e a altura mínima é de 1,30 m. Menores devem estar acompanhados dos pais ou responsáveis.

No total, o circuito tem 194 obstáculos na cópula de 69 árvores, o que o torna o maior circuito da América Latina. Os preços para a prática do arvorismo variam de R$ 20 a R$ 60. Consulte outras opções e faça a sua reserva no site da Selva Sassiri.

Como chegar ao Selva Sassari

Na BR-262, sentido Vitória a Belo Horizonte, a cerca 5 quilômetros de Venda Nova do Imigrante está a entrada para a Selva Sassari. Siga pela rodovia dos produtores o Sitio Arcobaleno. Para quem vem de ônibus, depois de chegar à rodoviária de Venda Nova do Imigrante, tome o ônibus que percorre o trecho Venda Nova do Imigrante até Caxixe Frio. Esse ônibus para em frente ao sitio Arcobaleno.

* A viagem a Pedra Azul foi um convite do Governo do Estado e do Sebrae/ES durante o Encontro Nacional de Blogueiros no Espírito Santo que aconteceu entre os dias 28 de novembro e 1º de dezembro de 2013. Utilize a hashtag #descubraoes para acessar fotos, vídeos e outros conteúdos publicados no instagram e no facebook.

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um viajante apaixonado pelas coisas desse mundo. Um jornalista que adora contar boas histórias e compartilhar informações de viagem. Meu propósito de vida é ajudar outras pessoas a conhecerem lugares novos e a viverem experiências inesquecíveis.

Escreva um comentário