Diversão no Alpen Park

0

Atualizado em 19 de dezembro de 2017

O Alpen Park é um complexo onde você encontra diversão para toda a família, por mais clichê que isso possa parecer. Com 15 atrações, é possível escolher entre brinquedos típicos de parques de diversão, como montanha russa, torre e o super salto, ou aventuras que lhe conectam à natureza, como o trenó e o arvorismo, as duas que eu fiz.

Diversão no Alpen Park

O Alpen Park tem muitos brinquedos típicos de parque de diversões.

Diversão no Alpen Park

Uma das atividades que mais vale a pena fazer por aqui é o trenó alpino, o primeiro do Brasil. O melhor jeito que eu consigo definir o trenó do Alpen Park é: uma montanha russa no meio da natureza. Mas, se você é como eu e não curte muito montanha russa, não se preocupe, o trenó é melhor.

Quem me recebeu foi o Sandro, representante da Atitude Outdoor Training, uma das empresas do Alpen Park. Conversando com ele, foi fácil perceber que todo mundo aqui quer fazer de tudo para que você se divirta, e isso eu fiz tranquilamente.

Diversão no Alpen Park

A vista da lanchonete do Alpen.

Trenó Alpino no Brasil

Diversão no Alpen Park

As cadeiras são desconectadas uma da outra e cada uma espera sua vez.

Quando passamos pela fila do trenó e chegamos ao carrinho reparei que todos eram desconectados um do outro, diferente da montanha russa. Mas, como nela, nós ficamos presos a um trilho de metal que, aqui, tem 900 metros. A diferença é que, no trenó, quem controla a velocidade é você.

Diversão no Alpen Park

O trajeto do trenó é no meio da natureza.

O percurso é todo no meio da natureza, passando até por uma pequena cachoeira. Se você quiser ir devagar é só deixar a alavanca que tem na lateral do carrinho na posição inicial. Ou seja, o natural do trenó é ir devagar, freando, para garantir a segurança. Para os mais aventureiros, é possível empurrar a alavanca e aumentar a velocidade.

O brinquedo é tão divertido que eu fui duas vezes. Foi uma aventura na Serra Gaúcha que posso classificar como maravilhosa. Não tem looping, como algumas montanhas russas, e você consegue apreciar bem o caminho. É, talvez a minha definição tenha sido um pouco ruim.

Sob as árvores

Diversão no Alpen Park

Preparação para o arvorismo.

Outra atividade que fiz no Alpen Park foi o arvorismo, que no final ainda emenda uma tirolesa. Essa atividade eu já adianto que não é para qualquer um. A segurança é garantida, mas depende de você atravessar o espaço entre as árvores se equilibrando pelos obstáculos. São 110 metros de percurso, nove tipos de obstáculos diferentes e 18 metros de altura no ponto mais alto.

Diversão no Alpen Park

O ponto mais alto do trajeto tem 18 metros de altura.

Eu não tenho problema com altura e curti muito a experiência. Cada vez que chegava a uma plataforma – são as bases construídas nas árvores -, era uma conquista. E para chegar à plataforma seguinte, os caminhos sempre são diferentes. Aqui, você precisa fazer tudo calmamente. Mas, não se preocupe, os instrutores estão sempre por perto e te observando, prontos para o auxílio.

Diversão no Alpen Park

Em algumas plataformas eu simplesmente parava e olhava adiante. A vista é privilegiada e o cheiro das árvores deixa tudo mais gostoso. Na última plataforma um dos guias troca os equipamentos de segurança e lhe prepara para a tirolesa, com 300 metros de percurso no total, fechando o arvorismo com chave de ouro.

Conheça o Alpen Park

Quando custaPara entrar no Alpen Park não é cobrada entrada, mas é preciso pagar R$ 10 para estacionar. Cada brinquedo tem um valor diferente e você só paga pelos que quiser. Você encontra todas as informações sobre o passeio e as outras atividades que eles oferecem no site do Alpen Park.

Quando ir | O Alpen Park funciona todos os dias das 9h às 17h45.

Como chegar | O parque está a sete minutos do centro de Canela e a cerca de 20 minutos do centro de Gramado. O BusTour, ônibus turístico da região que para em diversos pontos de Gramado e Canela, te deixa bem perto da entrada.

Onde ficar | Eu me hospedei no Bangalôs da Serra, um encantador hotel que fica pertinho do centro de Gramado, a cidade mais famosa da Serra Gaúcha. Claro, existem muitas outras boas opções por aqui, mas eu realmente indico este hotel. Para saber porque, leia: Como é se hospedar no hotel Bangalôs da Serra.

Reserve já o seu hotel em Canela e garanta os melhores preços.

Onde comer | Você vai comer muito bem em todas as cidades dessa região. Em Três Coroas, eu conheci do Espaço Tibet, um restaurante incrível que dissemina a cultura e a culinária tibetana. Se quiser saber outras sugestões, veja: Onde comer na Serra Gaúcha.

SOBRE O AUTOR

Aline Soares

Estudante de jornalismo e apaixonada por lugares que ainda não conheço, sempre me encantei por culturas e costumes diferentes, e é isso que eu mais quero explorar. Hoje, quando viajo, tento me manter presente, aproveitar o momento e não deixar nada passar.

Escreva um comentário