Compras na África do Sul: recuperar o imposto pago

2

Atualizado em 24 de julho de 2018

Você pode fazer compras na África do Sul, sem pagar taxas, nos free shops dos aeroportos de Joanesburgo e de Cape Town. Além disso, é possível reivindicar os impostos pagos em compras feitas durante sua estadia. É que a legislação sul-africana permite que turistas de outros países solicitem a restituição do VAT. Esta é a sigla do imposto cobrado sobre mercadorias, que taxa os preços em 14%, desde que os produtos sejam levados na partida.

Isso pode ser feito nas principais portas de entrada e saída do país. No Aeroporto Internacional O R Tambo (JNB), em Joanesburgo, no Aeroporto Internacional da Cape Town (CPT) e no Aeroporto Internacional King Shaka (DUR), em Durban, por exemplo. Para consultar todos os postos de fronteira onde você pode fazer a solicitação, consulte este site.

Compras na África do Sul

Ao fazer compras na África do Sul, identifique-se para o vendedor como turista. Depois, solicite um recibo de imposto chamado tax invoice. Se o valor que você gastar exceder ZAR 5.000, seu nome e endereço deverão aparecer no recibo emitido pela loja. Para compras superiores a ZAR 10.000, além do recibo, você deverá apresentar um comprovante de pagamento. Serve o recibo do cartão de crédito, por exemplo. O valor mínimo para solicitar a restituição é ZAR 250.

O segundo passo é apresentar os produtos para inspeção no momento de sua partida da África do Sul. Se os itens estiverem na bagagem que será despachada, é preciso fazer a vistoria antes do check-in. Os itens transportados na bagagem de mão podem ser apresentados para inspeção no balcão de reembolso do VAT. O balcão fica depois do controle de passaporte, no aeroporto de Joanesburgo.

Compras na África do Sul: como recuperar o imposto pago

Site do programa de restituição de impostos, o VAT (em inglês).

O último passo é fazer o pedido de restituição nos balcões localizados nos aeroportos de Joanesburgo, Cape Town e Durban. Aqui, você deve apresentar o passaporte, o cartão de embarque, o tax invoice, e o recibo de pagamento, caso seja necessário.

O seu pedido será processado e você receberá um cartão de reembolso do VAT. Uma vez carregado, pode ser usado para fazer compras ou saques em caixas eletrônicos. Entretanto, alguns países não permitem a transação. Por isso, é melhor verificar as informações deste site.

Os reembolsos para montantes inferiores a ZAR 3.000 são geralmente carregados no cartão no prazo de três dias após a sua data de partida. O reembolso de valores maiores são carregados depois que o pedido for aprovado pelo serviço do governo que faz esse controle. Isso, geralmente, leva até três meses.

Detalhes de como usar o cartão, consultar o saldo e outras informações relativas ao reembolso do VAT, podem ser encontradas neste site.

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

2 Comentários

  1. Avatar

    Oi! Voltei da Africa do Sul ha mais de 40 dias e não consigo usar o meu cartão. Quando o recebi a moça falou que poderia usa-lo em uma semana. Quando vou consultar o saldo, fala que o cartão ainda não se encontra carregado. E ele s não respondem e-mail…alguma dica para o meu caso? Valeu!

Escreva um comentário