Como é se hospedar no Hotel Lago Grey

32

Atualizado em 7 de março de 2018

Dentro do Parque Nacional Torres del Paine, na patagônia chilena, as opções de hospedagem são quase sempre caras. Na lógica complicada em que os hotéis daqui parecem acreditar, a relação custo-benefício quase sempre não compensa para o turista. A maioria dos hotéis oferece o serviço básico de hospedagem. Um quarto e café da manhã. Alguns vendem uma bela vista e outros apelam para a proximidade que têm com as Torres. Porém, de forma geral, tudo acaba sendo quase a mesma coisa, já que você vai – ou pelo menos deveria – passar o dia inteiro fora do hotel. Então, para lhe ajudar, eu conto como é se hospedar no Hotel Lago Grey, um dos mais famosos do Parque.

Como é se hospedar no Hotel Lago Grey

Depois de uma busca na internet, eu escolhi me hospedar no Hotel Lago Grey, que tinha diárias mais próximas à minha realidade: USD 120, para o casal. O hotel é muito aconchegante; tem vista para o belíssimo Lago Grey, que sempre está salpicado por icebergs que se desprendem do Glaciar Grey; e para Paine Grande, a montanha vizinha a Torres del Paine.

Apesar de tudo parecer perfeito, antes mesmo de chegar ao hotel já começo a perceber que ele está longe de todos os principais atrativos, quase isolado em um dos extremos da área de visitação do Parque. Além disso, tudo aqui é muito caro e o susto ao seu bolso começa na hora de pagar o traslado da administração do parque até o hotel: são CLP 12.500 para cada trecho.

Os passeios dependem do tempo e também não são baratos. Para se ter uma ideia, uma excursão até à base das Torres custa CLP 55.000, o mesmo preço é cobrado para o passeio de barco até o Glaciar Grey, com duração de três horas.

Como é se hospedar no Hotel Lago Grey

O meu quarto no hotel Lago Grey.

Como é se hospedar no Hotel Lago Grey

Entrada do hotel e a vista para Paine Grande, coberta pela neblina.

Como é se hospedar no Hotel Lago Grey

O jardim do hotel.

Serviços e atendimento

O atendimento é ruim. Parece que alguns funcionários estão apenas cumprindo sua obrigação, enquanto você busca ansiosamente por informações que facilitem os seus dias de férias. A verdade é que eles parecem não estar nem aí para suas reais necessidades e ajudar é um verbo desconhecido.

O bar fecha às 23h e, depois disso, não há mais nada para fazer a não ser dormir, já que não há televisão nos quartos – nem na área comum – e a internet é mesmo só para dizer que existe, já que é praticamente impossível acessar redes sociais e consultar e-mails.

Se mesmo assim você decidir se hospedar no Hotel Lago Grey, alugue um carro e traga uns lanches para comer entre as refeições. Se não quiser pagar caro no restaurante do hotel, o bar serve ótimos sanduíches e você pode comê-los apreciando a beleza de Torres del Paine.

Como é se hospedar no Hotel Lago Grey

O bar do hotel.

Como é se hospedar no Hotel Lago Grey

A vista para o Lago Grey.

Como é se hospedar no Hotel Lago Grey

O sanduíche do bar: CLP 8.000.

Como é se hospedar no hotel Lago Grey

Quando ir | Evite ir no inverno quando o frio é insuportável e a chuva e a neve são constantes. A temporada de visitas começa em setembro, mas os melhores meses são entre novembro e janeiro quando o Parque Nacional Torres del Paine fica bem movimentado.

Quanto custa | Os preços variam de USD 375, para quarto triplo, e USD 274, para single. O hotel faz algumas promoções de última hora e também na baixa estação. Para entrar no Parque você paga CLP 18.000.

O que levar | Além dos seus objetos pessoais, leve lanches para comer entre as refeições. Dentro do parque não há lojas ou mercados, então, para evitar pagar caro no restaurante do hotel, faça compras no supermercado em Puerto Natales.

Como chegar | Você pode pegar um ônibus em uma das várias empresas que fazem o trajeto e que você encontra na rodoviária de Puerto Natales. Duas delas são a Pullman Tours e a Buses Gomez, que cobram CLP 20.000 pela passagem de ida e volta. Eu não recomendo a empresa José Maria.

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

32 Comentários

  1. Olá Altier,
    Vou me hospedar no Hotel Lago Grey no Reveillon e queria saber se você recomenda alugar um carro. Primeiro vou passar 3 dias em El Calafate e estou avaliando se vale a pena alugar um carro para ir de El Calafate a Torres Del Paine. O que você acha? Dentro do parque é possível andar de carro para ir até o início da trilha da Base das Torres?
    Obrigada,
    Laira

    • Altier Moulin

      Oi Laira,

      É indispensável alugar um carro se você quiser conhecer melhor o Parque, porque não há transporte lá dentro. Sim, todas as estradas do Parque são tranquilas pra andar de carro. 🙂

      Um abraço.

  2. Olá amigo, bacana seu post. Estarei indo para a Patagonia em dezembro e pretendo ir de ônibus de Ushuaia até El Calafate com paradas em Punta Arenas e Torres del Paine. Mas só terei 12 dias pra tudo isso kkkkk. Vc poderia me informar quantos dias são suficientes pra conhecer os principais lugares em Puerto Natales? Obrigado

  3. Olá Altier, parabéns pelo blog! Vou em novembro para Puerto Natales, ficarei no Hotel Remota, comprei o passeio Ice Hike , gostaria de saber como vc aconselha eu fazer o transfer hotel Remota/Hotel Lago Grey, preciso pegar a 1a navegacao, sendo assim, que horas saio de Puerto Natales? Preciso fazer a reserva to trecho hotel Grey/refugio Grey/hotel Grey.
    Obrigada
    Thaís

        • Altier Moulin

          Ei Thais,

          Se tudo der certo, você deve gastar, aproximadamente, duas horas para chegar ao Hotel, saindo de Puerto Natales.

          Suas opções são:
          1. Alugar um carro em Puerto Natales;
          2. Contratar um transfer privativo para ter certeza de que o seu horário não será prejudicado;
          3. Ir em uma van compartilhada e explicar ao motorista onde precisa ir e que horas deve chegar (essa opção é mais arriscada).

          Na recepção do hotel, certamente você consegue contatos para todos esses serviços.

          Um abraço.

  4. Rafael Prudêncio on

    Olá Altier!

    Como faço para chegar ao Hotel Lago Grey partindo de Punta Arenas, ou Puerto Natales? Alguma linha de ônibus vai até o Hotel?

    Minha intenção é chegar no Hotel para pegar o catamarã que sai às 15:00, com destino ao Refúgio Grey, para iniciar o circuito W.

    Tem alguma informação sobre isso?

    Obrigado, abraços.

  5. Olá, gostaria de saber aproximadamente qual o custo para conhecer o parque nacional torres del paine, envolvendo translado do brasil/chile, translado ate a cidade, translado até o parque, hospedagem, gastos necessarios como comida e passeios/carros. Num geral geral mesmo. Obrigada.

  6. Ari Etel Wojahn Dias on

    Boa noite ALTIER MOULIN, poderia me informar se é possível ir de carro do rio grande do sul, ate o parque, e la existe local para deixar o veiculo, minha intenção e fazer o circuito em W a pé, e se é permitido acampar no parque em barraca

    • Altier Moulin

      Oi, Ari.

      Sim, você pode fazer a viagem de carro e deixá-lo estacionado nas áreas destinadas pra isso.
      Como você vai fazer o trekking, outra ideia é deixá-lo em Puerto Natales, cidade que base para os passeio no Parque.

      Um abraço.

  7. Altier, sabe mais ou menos o valor do aluguel do carro em Puerto Natales?
    Você recomenda alugar o carro, mas mesmo assim passar a noite no Parque?
    Os refúgios são pagos? Quanto custam?
    Muitas perguntas… rsrsr

  8. Boa noite, Altier.

    Eu e minha esposa estamos pensando ir entre os dias 06-05 / 16-05.

    Poderemos pegar Neve , os passeios são bons, teremos muitas opções , por la?

    Quanto dias indica para conhecer as principais atrações ?

    Obrigado

    Wolder

    • Altier Moulin

      Oi, Wolder.

      A neve é mais comum no inverno, a partir de junho.
      Os passeios são incríveis, mas a maioria deles inclui caminhadas. Portanto, vá bem preparado para enfrentar o frio.
      Sim, há muitas opções. Você pode ver algumas delas aqui: https://www.penaestrada.blog.br/um-dia-em-torres-del-paine/, mas eu também aconselho que você faça a caminhada até as Torres.
      Dá para ‘conhecer’ as principais atrações em um dia, mas indico que fique, pelo menos, três.

      Um abraço.

  9. Parabéns, seus textos estão me ajudando muito no planejamento da viagem. Tenho buscado mapas que me ajudem a explorar o parque Torres del Paine de carro, você teria alguma indicação? Ficarei com minha família no Hotel Grey que será a nossa base para explirar o parque – minha filha de 8 anos irá junto, por isso optei por não fazermos o trekking.

  10. Agostinho Wolfart on

    Olá Altier !!!
    Excelentes tuas dicas. Vou alugar um carro em Puerto Natales. É viável eu visitar o Parque durante o dia, me hospedar em El Toro, e voltar para visitar o Parque no dia seguinte? Tenho horários limite para entrar e sair do Parque, caso opte pelo esquema de me hospedar fora do Parque? Por 3 dias, posso entrar e sair sem fazer novos pagamentos de ingresso?
    Muito obrigado.

  11. Altier, tudo bem? Seu blog está sendo de grande valia para meu planejamento. Estou considerado ficar no Hotel Lago Grey e gostaria de saber se por acaso vc tem noção dos valores que eles cobravam nos passeios pelo parque.
    Pergunto isso pois estou cotando o valor de aluguel de carro e estou achando bem caro.
    Obrigada.

Escreva um comentário