Comidas estranhas e sabores exóticos

1

Atualizado em 8 de fevereiro de 2017

Quem viaja e, portanto, deixa a sua adorável zona de conforto para trás está predestinado a experimentar sabores diferentes e a provar comidas estranhas em qualquer lugar do planeta. É verdade que eu nunca comi aranha frita ou churrasquinho de gafanhoto e muito menos vermes que são mastigados ainda vivos, como na foto acima. Mas é fato que já experimentei alguns pratos bem interessantes.

Sanduíche de feijão

No Egito, por exemplo, comi um sanduíche de pão árabe, feijão e ovo cozido. Mas isso não é tudo, a forma como eles preparam essa iguaria é tão interessante quando o próprio: abre-se o pão com as mãos, colocam-se generosas colheradas de feijão batido, acrescenta-se um ovo cozido inteiro e então se dá um tapa – ou vários – seguido de um breve esfregão para que o ovo já esmagado se misture ainda mais ao feijão. Foi assim a minha primeira refeição no conturbado Cairo e eu garanto que esse sanduíche de nome estranho – Foul Bel Beid – é delicioso, tanto que repeti em outra ocasião.

Comidas estranhas | Foul Bel Beid

Foul Bel Beid: sanduíche de feijão com ovo.

Carne de caça desidratada

Na África do Sul, a minha experiência começou, também, logo no meu primeiro dia em Joanesburgo. Aqui, é comum ver lojas que oferecem infinitas variedades de biltong, que na verdade é carne de caça desidratada que eles comem naturalmente nas ruas, nas casas e nos bares como um petisco qualquer. Eu experimentei carne de springbok – ou cabra-de-leque, mas nas lojinhas especializadas as opções não faltam. O sabor é forte e eu realmente não consegui dar mais do que duas mordidas.

Comidas estranhas | Biltong

Biltong: carne de caça desidratada.

Comidas estranhas | Loja de Biltongs

As lojinhas que vendem Biltongs.

Feijão doce

Na República Dominicana a minha experiência com feijão atingiu o seu ápice. Eu jamais imaginei que seria capaz de comer feijão doce. Porém, não tive como resistir e provei habichuelas con dulce, que é um prato servido especialmente nas festas de fim de ano. Esse cozido de feijão vermelho com passas, canela e biscoito pode parecer estranho, mas também foi uma das gostosas surpresas que tive por lá.

Comidas estranhas | Habichuela con Dulce

Habichuela con dulce: o feijão doce da República Dominicana.

Carne de alpaca e outros sabores

Por onde viajei já experimentei tantos sabores exóticos que ainda me lembro do gosto anestesiante do Tacacá, que experimentei em Rio Branco, no Acre; da maciez do filé de alpaca, que comi no Salar de Uyuni, na Bolívia; do cheiro do salmão fresquinho que chega aos mercados do Canadá; e do refrescante sabor da Inka Cola, a bebida gasosa mais amada do Peru. É assim, prazeres e descobertas à mesa também fazem parte da vida de um viajante.

Comidas estranhas | Carne de Alpaca

Almoço em pleno Salar de Uyuni com carne de alpaca.

Comidas estranhas | Tacacá

Tacacá: sabor exótico que vem da amazônia.

Você já comeu algo mais estranho? Gostou? Deixe o seu comentário e conte para nós.

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

1 comentário

Escreva um comentário