Colômbia

A Colômbia é um dos destinos mais procurados por brasileiros aqui na América do Sul. Único país do continente banhado por dois oceanos – Atlântico e Pacífico -, a Colômbia ainda tem cidades voltadas para o glorioso mar do Caribe.

Por isso, qualquer viagem para o país deve incluir uma parada nas cidades mais históricas, e, claro, uma visita às suas belas praias. Você pode seguir as dicas: Roteiro de viagem para a Colômbia.

Principais cidades

  • Bogotá, capital e principal porta de entrada do país;
  • Cáli, cidade embalada pela salsa e cheia de história;
  • Medellín, símbolo de superação contra o narcotráfico;
  • Cartagena, destino mais desejado da Colômbia;
  • San Andrés, ilha caribenha com ótimo custo-benefício.

Informações Básicas
Visto | Brasileiros não precisam de visto para entrar na Colômbia. O prazo máximo de permanência no país é de 90 dias, podendo ser prorrogado por mais 90 dias.
Documentos | Você pode viajar com o passaporte ou com a carteira de identidade, desde que ela tenha sido emitida há menos de dez anos.
Dinheiro | A moeda local é o peso colombiano, identificado pela sigla COP. Para sua viagem, leve dólar e troque nas casas de câmbio.
Vacinas | A vacina contra febre amarela é obrigatória e, sem ela, você pode ser impedido de embarcar. Veja como solicitar o certificado.

QUANDO IR
A Colômbia tem duas estações bem definidas: chuvosa e seca. Na costa caribenha, a estação seca vai de dezembro a março. No sul, chove menos em junho e julho. A costa do Pacífico não tem, exatamente, uma estação seca.

Por causa das diferentes altitudes, as temperaturas podem variar de acordo com cada região. Em Bogotá, por exemplo, a média é de 14 graus, em Medellín, os termômetros marcam algo em torno de 24 graus, e, em Cartagena e Santa Marta, a temperatura fica na casa dos 27 graus.

COMO CHEGAR
A principal porta de entrada do país é o Aeroporto Internacional El Dorado (BOG), em Bogotá. O Terminal Puente Aéreo, que fica ao lado do aeroporto principal, opera exclusivamente voos domésticos. Veja mais em: Como chegar a Bogotá.

ONDE SE HOSPEDAR
A rede hoteleira do país é excelente, mas é preciso se planejar com antecedência. Assim, você gasta menos e garante uma localização boa . Veja mais dicas em:

ONDE COMER
As comidas da Colômbia têm forte influência espanhola, andina, africana, caribenha e crioula – os descendentes de espanhóis nascidos aqui, sem miscigenação indígena. Muitos pratos são feitos com milho, banana, mandioca e abacate. Veja mais em: Comidas da Colômbia.

SEGURO VIAGEM
Apesar de não ser obrigatório, não é indicado viajar sem o seguro viagem. O seguro é barato e lhe garante muito mais tranquilidade. Faça uma cotação.

Veja todos os posts sobre a Colômbia

Medellín

Medellín é minha escala obrigatória para a deliciosa ilha de San Andrés. É daqui que partem os voos da Viva Colombia e, portanto, a cidade acaba sendo um destino na rota de…