Bonito: conheça a Gruta de São Miguel

3

Atualizado em 19 de abril de 2018

Há mais de 650 milhões de anos, o movimento das camadas rochosas de Bonito, no Mato Grosso do Sul, construiu cuidadosamente uma de suas atrações mais interessantes. A Gruta de São Miguel, que fica na Reserva Natural Parque Ecológico Vale Anhumas, tem cerca de três mil metros quadrados e é cheia de peculiaridades.

Aqui, espeleotemas como as cortinas, enfeitam toda a caverna. Essas curiosas formas aparecem quando o teto é inclinado e a água que chega pelas frestas não pinga verticalmente, mas escorre seguindo a curvatura do teto e das paredes. Mas as riquezas da gruta não param por aqui. Há ainda estalactites, estalagmites e travertinos. Sim, os nomes são estranhos, mas eles farão sentido quando os vir de perto acompanhando a explicação do guia.

Contudo, no interior sombrio da caverna onde a umidade pode chegar a 100%, as principais atrações são os coralóides, estruturas que imitam os corais marinhos, e os ninhos de pérolas, que podem demorar até dois milhões de anos para se formar.

Bonito: conheça a Gruta de São Miguel

A escuridão da Gruta de São Miguel.

Bonito: conheça a Gruta de São Miguel

Pérola de caverna: dois milhões de anos.

Bonito: conheça a Gruta de São Miguel

Coralóides e cortinas: os principais destaques da caverna.

No interior da Gruta São Miguel, percorro uma trilha bem delineada de aproximadamente 200 metros. Dentro dessa imensidão subterrânea, todo cuidado é pouco. Não posso tocar em nada, apenas admirar. Tal cuidado se dá devido à fragilidade de tudo ao meu redor: um descuido meu pode destruir algo que demorou séculos para ganhar forma.

Além disso, o interior da caverna é cheio de vida. A maioria dos animais que habita isso aqui é, na verdade, formada por invertebrados e pequenos vertebrados, como morcegos, mas há também aves, como a coruja suidara, e uma família de lobos que vive na região. Se dentro da gruta a festa dos animais é interessante, imagine do lado de fora. Durante meu passeio avistei várias araras e cotias que cruzavam a trilha à minha frente.

Essa participação tão efetiva dos bichos na floresta durante o passeio fica mais fácil pois há pouca interferência em seus habitats: grande parte da trilha é suspensa, ou seja, caminho sobre as árvores sem agredir o espaço dos animais e causando um impacto menor sobre a vegetação do cerrado.

Bonito: conheça a Gruta de São Miguel

A trilha suspensa diminui o impacto sobre a vegetação local.

Bonito: conheça a Gruta de São Miguel

Uma das muitas araras que vi.

Bonito: conheça a Gruta de São Miguel

A coruja suidara é uma das moradoras da Gruta de São Miguel.

Bonito: conheça a Gruta de São Miguel

E há também morcegos, muitos morcegos.

Bonito: conheça a Gruta de São Miguel

Essa cotia fez questão de atravessar a trilha à minha frente.

Planeje sua visita à Gruta de São Miguel

Quanto custa | O passeio pela gruta custa R$ 45 e tem duração aproximada de uma hora. Nesse valor estão inclusos o guia e os equipamentos obrigatórios: capacete e lanterna. Todos os atrativos da região de Bonito trabalham com o voucher único que é emitido por uma agência de turismo. Os preços dos passeios são tabelados e iguais para todas as agências.

Quando ir | A Gruta de São Miguel funciona o ano inteiro. Na alta estação – durante as férias escolares e nos feriados nacionais – você deve fazer a reserva com antecedência.

Como chegar | A Gruta de São Miguel fica a aproximadamente 18 quilômetros do centro de Bonito. A maior parte da estrada não tem calçamento, mas o trecho é tranquilo, bem sinalizado e não há necessidade de usar veículos com tração nas quatro rodas. Veja mais informações de como chegar a Bonito.

O que levar | Use roupas leves e um tênis confortável. Você deve levar água, mas evite ter as mãos sempre ocupadas. No centro de visitantes você pode comprar água – que custa R$ 3 –  e lanches rápidos.

Onde ficar | Construído em uma agradável área verde, o Hotel Pousada Águas de Bonito é uma excelente opção para você desfrutar seus dias em Bonito. Bem pertinho do Centro – apenas 1,2 quilômetro -, ele tem uma excelente estrutura com spa, academia, restaurante e uma agência que vende todos os passeios da região. As diárias para o casal variam entre R$ 420 e 520. Ah, não deixe de experimentar a merenda pantaneira que é servida diariamente nos finais da tarde. Eu explico como é se hospedar no Águas de Bonito neste post.

Bonito: conheça a Gruta de São Miguel

O receptivo da fazenda.

Bonito: conheça a Gruta de São Miguel

Todos assistimos a um vídeo sobre a Gruta e suas características.

Bonito: conheça a Gruta de São Miguel

Tudo faz mais sentido com as explicações do guia.

Veja todos os posts de Bonito

Minha viagem teve o patrocínio de Hotel Águas de Bonito.

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

3 Comentários

Escreva um comentário