Blue Mountains: as montanhas da Austrália

2

Atualizado em 6 de março de 2018

O estudante Raphael Neves está na Austrália e de lá ele nos conta sobre uma das paisagens mais bonitas do país: as majestosas Blue Mountains que ganham esse nome por terem a cor azulada quando vistas de longe.

Partindo de Sydney, a viagem que pode ser feita no final de semana é barata e cheia de atrativos como a pequena e aconchegante Katoomba, cidade a aproximadamente 60 quilômetros de Sydney, no estado de New South Wales.  Vamos às dicas do nosso amigo viajante.

O Blue Mountains National Park é um local encantador e quem gosta de apreciar a natureza e de estar próximo a ela pode pagar uma tarifa de AUD$ 35 para ter direito a caminhar por uma trilha acompanhado de um guia, passear de um lado ao outro e se aventurar numa espécie de montanha russa bastante inclinada passando por um túnel natural.

Além dessa trilha que você faz com o guia, você também pode fazer outra, sem custo algum. Basta que você tenha em mãos o mapa do local e esteja pronto para caminhar. A trilha tem início no próprio Blue Mountains National Park e vai até Leura, uma cidade vizinha.

O percurso tem seis quilômetros e duas dicas são bastante importantes: a primeira, é que você leve pouca coisa, apenas o necessário para passar esse tempo dentro da mata. A segunda, é que você use um tênis bem confortável. Leve, também, bastante água por conta do tempo que irá gastar e pelo esforço físico, pois há muitas escadas.

A trilha tem algumas partes bastante emocionantes com escadas muito íngremes onde você deve tomar o cuidado. No caminho, em alguns momentos, você desfruta da beleza de uma imensa cachoeira. Eu tentei tomar banho, mas a água é muito gelada. Próximo ao fim da trilha está o ponto mais alto de onde você vê toda a região montanhosa. É como se você estivesse voando. Aqui, a visão é fantástica.

Blue Mountains National Park

A fantástica visão do Blue Mountains National Park.

Blue Mountains National Park

A cachoeira e suas águas geladas.

Como chegar a Blue Mountains

A viagem até Katoomba pode ser feita de carro, de ônibus ou de trem. Eu peguei o trem na estação central de Sydney e segui viagem até Blacktown. Chegando lá, peguei um ônibus até Katoomba, já que a estação da cidade está em reforma. A viagem durou aproximadamente duas horas e o gasto com o deslocamento foi de apenas AUD$ 8,40.

Para chegar ao Blue Mountains National Park existem duas opções: pegar um ônibus de linha normal que custa AUD$ 2,20 ou pegar um ônibus destinado a turistas que querem dar uma volta pela cidade e conhecer 29 atrativos da região. O motorista vai parando, mostrando os lugares e dando a possibilidade das pessoas tirarem fotos. Este ônibus custa AUD$ 25 por pessoa.

Blue Mountains National Park

O horizonte infinito das Blue Mountains.

Blue Mountains National Park

Parada para descansar durante a subida.

Onde ficar em Katoomba

Em Katoomba tem alguns hostels e hotéis, porém para quem vai passar dois ou três dias, no máximo, o hostel é a melhor opção, principalmente pelo custo. O hostel que escolhi foi o Blue Mountais Backpackers que fica a cinco minutos da estação de Katoomba. Eu paguei AUD$ 25 pela diária. Esse hostel tem mesas de jogos, sofás onde você pode fazer uma leitura ou conversar e tem também uma cozinha onde você pode comprar a comida e cozinhar lá mesmo. Além disso, ele oferece internet sem custo adicional.

Na cidade há várias opções de restaurantes indiano, italiano e chinês, principalmente. Há também lanchonetes, cafés e supermercados. À noite, a cidade oferece boas opções como barzinhos. Há um restaurante Italiano onde a pizza é barata e se você quiser, pode montar uma pizza. Além disso, eles deixam você levar um vinho para tomar, caso você não goste dos vinhos que a casa oferece. Sem contar que o lugar é muito agradável com música ambiente e você é muito bem atendido.

O Raphael Neves contou como foi o seu passeio às belas montanhas australiana. Saiba como participar contando suas histórias de viagem. Assim, você vira notícia e ainda incentiva muita gente a viajar mais e melhor.

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um viajante apaixonado pelas coisas desse mundo. Um jornalista que adora contar boas histórias e compartilhar informações de viagem. Meu propósito de vida é ajudar outras pessoas a conhecerem lugares novos e a viverem experiências inesquecíveis.

2 Comentários

Escreva um comentário