Bird Land: a terra dos pássaros do Rio Quente Resorts

0

Atualizado em 8 de março de 2016

Eu já contei aqui no blog que o Rio Quente Resortes, em Goiás, existem muitas opções para você e toda sua família. Das piscinas aquecidas naturalmente até o mergulho com peixes de dois metros, as atividades atendem todos os gostos. E é no Hot Park, uma das atrações do resort mais sustentável do país, que está o Bird Land, o maior viveiro de aves free wing da América do Sul.

No Bird Land vivem araras, papagaios, tucanos, pavões, faisões e muitas outras aves, além de veados e jabutis. E ainda você poderá chegar pertinho da maioria deles – até mesmo tocá-los.

Bird Land: a terra dos pássaros do Rio Quente Resorts

É possível interagir com as aves do Bird Land.

Bird Land: a terra dos pássaros do Rio Quente Resorts

Entrada do Birdland.

Bird Land: a terra dos pássaros do Rio Quente Resorts

Algumas das espécies de aves do Bird Land.

Mas para entrar no viveiro as regras são rigorosas: nada de brincos, colares, pulseiras ou relógios. Também não é permitido entrar com alimentos e nem com máquinas fotográficas. Mas não se preocupe, as fotos estão incluídas no pacote e você receberá um CD com todas elas no final do passeio.

Todas as espécies de animais que estão aqui foram regatadas pelo Ibama e passam por um processo de reabilitação antes de voltar para a natureza. Infelizmente, algumas delas jamais poderão voltar ao seu habitat original devido aos longos anos que passaram em cativeiro – algumas aves estão até mutiladas.

Embora o passeio seja uma forma de diversão, o mais bacana que eu achei é ter a oportunidade de aprender um pouco mais sobre algumas das 70 espécies que vivem no Bird Land. Para as crianças, em especial, a sensação de ver de perto animais tão encantadores é uma bela lição de educação ambiental.

Bird Land: a terra dos pássaros do Rio Quente Resorts

Eu me apaixonei por essa ararajuba.

Bird Land: a terra dos pássaros do Rio Quente Resorts

Tucano em reabilitação: observe uma de suas patas.

Bird Land: a terra dos pássaros do Rio Quente Resorts

Um dos veados que vivem soltos por aqui.

Planeje sua visita ao Bird Land

Quanto custa | A entrada no Hot Park custa R$ 110, mas algumas atividades são cobradas à parte. Para fazer o passeio no Bird Land, você tem duas opções: no pacote de R$ 98, você tem direito a seis fotos, e no de R$ 76, a apenas duas fotos. Na entrada você receberá uma caixinha com sementes e ração para alimentar os animais.

Como chegar | O Rio Quente Resorts fica na cidade de Rio Quente, a 180 quilômetros de Goiânia. Para chegar aqui, você pode voar até o aeroporto de Caldas Novas, a 32 quilômetros. Porém, como os voos são limitados, a melhor maneira é seguir até Goiânia e terminar a viagem de carro ou de ônibus. A empresa que faz o trajeto é a Viação Paraúna. Você também pode contratar um traslado no Rio Quente Resorts pagando algo em torno dos R$ 300. Se preferir alugar um carro – o que vale muito a pena –, você pode fazer uma cotação e descobrir o melhor preço usando este site.

Vai alugar um carro?
Faça uma cotação e encontre o melhor preço para sua viagem.

Quando ir | O Bird Land abre de sexta a quarta-feira, das 9h30 às 17h.

Onde ficar | Há várias opções de hospedagem dentro e fora do complexo do Rio Quente Resorts. Uma diária no Hotel Turismo, onde me hospedei, custa a partir de R$ 1.170 incluindo café da manhã e almoço.

mergulho no Hot Park

Uma das piscinas do meu hotel.

mergulho no Hot Park

Meu quarto no Hotel Turismo.

Ainda precisa de hospedagem?

O que levar | Abuse das roupas e calçados leves. Coloque na mala, também, um chapéu ou um boné, e jamais se esqueça do protetor solar e dos óculos de sol.

Minha viagem ao Hot Park aconteceu a convite do Rio Quente Resorts e da Talquimy

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um viajante apaixonado pelas coisas desse mundo. Um jornalista que adora contar boas histórias e compartilhar informações de viagem. Meu propósito de vida é ajudar outras pessoas a conhecerem lugares novos e a viverem experiências inesquecíveis.

Escreva um comentário