Austrália: um filme especial

0

Atualizado em 1 de julho de 2017

A Austrália, o maior país ilhado pelo Oceano Índico, é uma terra cheia de bons motivos para ser visitada: os campos do Billabong, a fauna e a flora singular e a cultura tradicional aborígene são alguns de seus atrativos. Eu – não por falta de vontade – ainda não estive por lá, mas pode ter certeza de que esse destino está na minha lista.

Neste post eu vou falar de um filme muito peculiar. Para começar, temos que concordar que a Oceania nunca esteve em alta na cultura mundial de massa. Nos cinemas, na música e nas artes em geral a reputação dos países desse continente não tem uma voz muito alta  – a não ser que se trate do AC/DC.

Austrália, de 2008, é um filme que surpreende não só por seu conteúdo, e sim pelo o que ele representa. Uma obra cinematográfica realizada por uma das maiores produtoras estadunidenses, ele tem o enredo totalmente focado no território australiano e, por isso, é um joia rara, uma surpresa em meio ao bombardeio de hollywoodianos quase sempre gravados nos Estados Unidos.

O drama épico se passa no norte da Austrália, no início dos anos 1940. Sarah Ashley, interpretada por Nicole Kidman, acaba de regressar de seu país natal, a Inglaterra, para reencontrar o seu marido que está cuidando de suas fazendas de gado. Porém, ao chegar, ela é recebe várias notícias ruins: descobre que seu marido está morto e que suas terras e seu gado estão ameaçados de serem roubados por fazendeiros rivais.

A solução encontrada é vender a propriedade, mas para isso ela terá que conduzir seu enorme gado a uma distância absurda rumo ao interior. E o pior é que ela está sozinha e num país estrangeiro.

Para conseguir concluir seu plano, ela encontra Drover, vivido por Hugh Jackman, vaqueiro nativo que é aliado dos aborígenes e tem fama de não ser muito amigável com as pessoas brancas, e seu curioso amigo aborígene, Nullah, interpretado por Brandon Walters, filho bastardo de um forasteiro. Vendo que seria a melhor opção, a britânica os convence os dois a ajudá-la.

O trama se desenvolve num ambiente que remonta ao domínio da colonização inglesa, junto a eventos da Segunda Guerra Mundial, como o bombardeio de Darwin de 1942. Os desafios encontrados pelos personagens ao atravessarem os magníficos horizontes do interior da Austrália, mesclados com o velho e bom clichê romântico do garanhão e a donzela, dão ao filme uma grande dose de emoção. Imperdível para quem adora assistir um filme ao lado de uma boa companhia.

Ficha Técnica

Título original: Australia
Ano produção: 2008
Diretor: Baz Luhrmann
Estreia: 26 de Novembro de 2008
Duração: 165 minutos
Gênero: Romance/Aventura
País: Austrália/EUA

SOBRE O AUTOR

Sou jornalista, capixaba e apaixonado pelo universo viajante. Sempre gostei de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Quando criança, sonhava em viajar pelo mundo e, já adulto, isso virou um propósito de vida.

Escreva um comentário