Apps para viajar gastando pouco

6

Atualizado em 27 de agosto de 2015

Há alguns anos, viajar era muito mais difícil do que hoje, pode acreditar. E eu não estou falando de séculos ou décadas. Há menos de dez anos, muitos sites e aplicativos para smartphones surgiram para fazer a alegria de nós viajantes e para aliviar a pressão sobre o nosso bolso. Então, se a situação econômica do país não nos ajuda, o jeito é apelar para esses santos da tecnologia.

Eu listei alguns dos mais badalados aplicativos e sites que oferecem serviços gratuitos, ou de baixo, custo para quem quer viver uma experiência diferente enquanto viaja. Anote, então, as minhas dicas para viajar sem gastar nada ou muito pouco.

Vá de carona

Eu conheço gente que só viaja de carona. Sabe aquela velha tática de ir para a estrada e levantar o dedinho? É assim mesmo. Porém, hoje há outros meios de conseguir uma carona boa e segura. O Caronas.com oferece transporte compartilhado por todo o Brasil e até para países vizinhos. Você só precisa se cadastrar, indicar sua cidade de origem e destino e contar com a sorte para encontrar alguém oferecendo um lugar pra você. O serviço é gratuito.

Economize no táxi

Apesar de muito polêmico, o Uber é um aplicativo gratuito que localiza pessoas dispostas a dar uma carona remunerada. Na verdade, ele é um tipo de táxi disfarçado. O diferencial são a pontualidade, o conforto dos veículos e o bom atendimento. O app está disponível em Android e iOS, e funciona em 57 países.

viajar-gastando-pouco-01

Alugue um barco

Para os amantes do mar e dos barcos em geral, o Social Boats faz locação de embarcações em diversos pontos do Brasil e do exterior. Pelo site, o interessado entra em contato diretamente com o proprietário, sem nenhum custo extra.

Tenha um amigo local

Outra boa opção é o Rent a Local Friend. Esse portal reúne moradores locais com o objetivo de oferecer aos visitantes a oportunidade de conhecer o modo de vida de cada região e seus lugares favoritos. Pagando bem menos que um serviço de guia tradicional, você conta com uma boa companhia para conhecer os pontos turísticos da cidade que está visitando.

Compartilhe refeições

Uma das mais curiosas alternativas de economia durante uma viagem é o Dinneer, um site que conecta usuários que desejam uma experiência gastronômica sem gastar nada com anfitriões que querem mostrar suas habilidades na cozinha. Aqui vale de tudo, de churrasco na laje a lagosta recheada à francesa. É uma ótima chance de degustar uma iguaria caraterística do seu destino, interagir com moradores locais, vivenciar um ambiente acolhedor e gastar bem menos que em um restaurante.

viajar-gastando-pouco-02

Encontre uma nova casa

Para quem não quer o ambiente frio de um hotel ou mesmo dividir um quarto com várias pessoas em um hostel, o Airbnb oferece o mesmo conforto de um autêntico lar para viajantes em cerca de 190 países. Basta se cadastrar no site, escolher onde quer ficar e reservar a sua nova casa para o período desejado.

No Brasil, uma opção similar é o Alugue Temporada. Eu já usei algumas vezes e super indico, especialmente se estiver planejando viajar com grupo de amigos ou em família.

Hospede-se de graça

Desde 2008 eu viajo pelo Couchsurfing, um programa internacional que funciona, basicamente, para troca de hospedagem. Eu conheci o projeto enquanto planejava uma viagem de 45 dias pelo Nordeste e, como sabemos, viajar pelo Brasil é sempre caro.

Por esse programa eu já viajei para diversos lugares do Brasil, para o Egito, Bolívia, Peru, África do Sul e Canadá, por exemplo, sempre fazendo bons amigos e guardando ótimas lembranças disso tudo.

Eu explico os detalhes de como é se hospedar com o CouschSurfing neste post.

SOBRE O AUTOR

Sou jornalista, capixaba e apaixonado pelo universo viajante. Sempre gostei de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Quando criança, sonhava em viajar pelo mundo e, já adulto, isso virou um propósito de vida.

6 Comentários

  1. Jean Di Domenico on

    Tô lendo todas suas matérias, achei muito instrutivo. Mas tu teria dicas ou sugestões pra quem quer viajar sozinho? Desde a cidades até trilhas e caminhadas. Obg 🙂

Escreva um comentário