Agroturismo capixaba: os sabores da roça

0

Atualizado em 20 de fevereiro de 2018

Comida feita no fogão a lenha, queijos, biscoitos, vinhos e licores, sem contar as frutas fresquinhas que você pode colher no pé. Se desfrutar dos verdadeiros sabores da roça é o que você deseja, conheça as fazendas que se abrem para a visita de turistas nas montanhas capixabas. Em especial nos municípios de Domingos Martins e Venda Nova do Imigrante.

Meu passeio gastronômico começou com uma parada rápida na Casa da Bica. Essa é uma loja de comidas deliciosamente típicas e tantas outras guloseimas locais. A parada aqui é para apreciar a pequena cachoeira que está logo do outro lado da BR-262, rodovia que é nosso principal caminho para as fazendas de agroturismo da região.

Agroturismo Capixaba

A bela Pedra Azul.

Sigo até os pés da magnifica Pedra Azul, a principal atração turística dessa região. Ela ganha esse nome porque muda de cor de acordo com a incidência dos raios solares. Se você der sorte de pegar um dia ensolarado vai apreciar esse truque da natureza e se encantar com o visual.

Aqui, antes de seguir viagem, paro no sítio Ronchi que é especializado na produção e na comercialização de derivados do morango. Nessa pequena porção de terra você poderá visitar plantações e comprar licores, bolos e outras iguarias.

Agroturismo Capixaba

Plantação de morangos no Sítio Ronchi.

Agroturismo Capixaba

O fruto mais desejado das montanhas capixabas.

Minha próxima parada é o Sítio Lorenção e aqui a especialidade é o Socol, um embutido de carne suína que é tradição entre os descendentes de italianos que habitam essa área. Eu falo mais detalhadamente sobre o Socol nesse post.

Entretanto, não é apenas ele que aguça o nosso paladar. Na bancada da lojinha são servidos antepastos variados para degustação. Não saia daqui sem levar o seu. O pagamento pode ser feito com cartão de crédito.

No quintal, imensas jabuticabeiras engordam nossos olhos simplesmente pelo tamanho das frutas grudadas ao tronco. Não parto sem colher várias delas.

Agroturismo Capixaba

O socol e as outras delícias do Sítio Lorenção.

Agroturismo Capixaba

As imensas jabuticabeiras.

Agroturismo Capixaba

Uma comparação de tamanhos: jabuticaba versus iPhone.

Ainda em Venda Nova do Imigrante, onde essa história de agroturismo começou, a Fazenda Saúde é minha escolha para – de fato – almoçar. O imenso restaurante de telhado e móveis rústicos é a casa de um grande fogão a lenha onde estão delícias como polenta frita, costelinha de porco, feijão tropeiro e aipim. Depois de ser vencido pela gula, um descanso sobre a grama à beira da lagoa cai muito bem.

Seguindo viagem, passo pelos artesanatos da Claudia e pela lojinha de biscoitos da Tia Cila. Mais tarde, paro no sítio da Família Busato. Nessa propriedade, o agroturismo chegou como uma boa alternativa econômica, já que os 27 hectares de terra não davam o retorno econômico esperado.  Esta vontade de vencer faz desse lugar a mais original das fazendas de agroturismo da região por manter ainda algumas características dos tempos antigos: a casa dos moradores ainda está lá pertinho do centro que recebe os visitantes e os animais ficam a poucos passos disso tudo. É o autêntico clima de roça acessível a todos nós.

Agroturismo Capixaba

Fartura: o fogão da Fazenda Saúde.

Agroturismo Capixaba

Adega do sítio da Família Busato.

Agroturismo Capixaba

Curral: animais pode ser apreciados nas fazendas de agroturismo.

Visite o agroturismo capixaba

Venda Nova do Imigrante está a 110 quilômetros de Vitória, a capital do Espírito Santo. Para chegar até lá você deve seguir pela BR-262 que não é duplicada e, por ser uma via de curvas sinuosas, exige muita atenção do condutor. A dica que eu deixo é evitar fazer o percurso a noite, pois além de ser mais seguro viajar durante o dia, você poderá observar a bela vista da geografia acidentada da região.

As fazendas funcionam diariamente em horário comercial e não é necessário agendar visitas. O almoço na Fazenda Saúde custa R$ 30 e você pode se servir a vontade. Não se esqueça de levar a máquina fotográfica.

Quem leva

A Liberty Turismo tem pacotes para as principais fazendas de agroturismo do Espírito Santo. Os passeios são feitos em veículos confortáveis, equipados com TV e ar condicionado e acompanhados por guia com vasta experiência na região.

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

Escreva um comentário