A igrejinha de Nossa Senhora D’Ajuda

0

Atualizado em 10 de abril de 2018

Eu não sei você, mas eu sou apaixonado pelas igrejinhas que encontro nas cidades históricas brasileiras. Em Arraial D’Ajuda, distrito de Porto Seguro, na Bahia, fica o mais antigo santuário católico do Brasil, o Santuário de Nossa Senhora D’Ajuda.

Tudo começou quando os fieis construíram uma pequena capela, coberta com folhas de palmeira, onde ficava a imagem trazida de Portugal, em 1549. A igreja, como vemos hoje, só ficou pronta quase dois séculos depois, em 1722.

No centro de uma pequena praça do vilarejo, o santuário é muito visitado o ano inteiro. É que quem chega a este pedacinho da Bahia não pode deixar de contemplar a vista atrás da igreja: uma cerca cheia de fitinhas de Nossa Senhora da D’Ajuda colore ainda mais a paisagem que tem o mar esverdeado ao fundo.

Sabe aquele lugar onde você só quer parar, respirar fundo e agradecer por tudo? É aqui.

Festa de Nossa Senhora D’Ajuda

No mês de agosto, a movimentação em Arraial D’Ajuda aumenta. É que no dia 15 se comemora o Dia de Nossa Senhora D’Ajuda e os romeiros chegam de várias partes celebrando a fé dos devotos de Maria. Só para você ter uma ideia, o turismo religioso é tão importante por aqui, que, nessa época, Arraial D’Ajuda recebe cerca de 15 mil visitantes.

Independentemente da época que vier, o que você também não pode deixar de fazer é amarrar sua fitinha colorida aqui. Ela simboliza a gratidão e a fé desse povo, que acredita neste símbolo como uma oração: dizem que, com esse gesto, você terá um pedido atendido.

Comprar a sua fitinha é fácil, já que há várias lojinhas nos arredores da praça. Aqui, você também pode comprar lembrancinhas e matar a fome. Eu indico o Café da Santa, que tem opções deliciosas para você renovar as energias no fim da tarde.

Uma esticada merecida

Depois da celebração religiosa, vale a pena ficar uns dias a mais para explorar essa charmosa cidadezinha baiana. Eu me hospedei na Pousada Vila do Beco e isso foi essencial para que eu curtisse dias de tranquilidade e conforto.

Para facilitar as suas descobertas por essa região encantadora, a pousada tem parceria com operadoras de turismo, ajudando com todos os detalhes na hora de visitar as maravilhas naturais do lugar de um jeito exclusivo.

Algumas opções levam você a Trancoso, Praia do Espelho e Caraívas, lugares que você já deve ter ouvido falar, não é? Além disso, as baleias Jubarte chegam a essa parte da Bahia todos os anos. A temporada vai de julho a outubro, encaixando perfeitamente com a celebração da Nossa Senhora de Arraial.

Eu já vi esses bichões de pertinho, como conto em: Como é observar baleias em Cumuruxatiba.

Mas, claro, se você quiser simplesmente curtir o seu tempo, dá para passar o dia nas praias: Mucugê, Parracho e Taípe, por exemplo, são muito procuradas e ficam a poucos minutos de caminhada da pousada.

À noite, você não ficará sem opções, já que as ruas são bem movimentadas, especialmente nas férias e nos feriados prolongados.

Como é ficar na Pousada Vila do Beco

A vista da piscina da Pousada Vila do Beco.

Minha viagem teve o patrocínio da Pousada Vila do Beco.

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

Escreva um comentário