Inclua as vinícolas italianas no seu roteiro

0

Atualizado em 10 de agosto de 2017

Se você curte um bom vinho, está na hora de reorganizar a lista de viagens e colocar a Itália como prioridade. O país tem diversas regiões com visitação nas tradicionais vinícolas italianas e uma das principais é a Toscana.

As opções de adegas são muitas e a degustação de vinhos da região é o principal passeio. A Adega Felsina une o bom vinho às paisagens mais elegantes da Toscana. Além de conhecer o lugar onde é feito o famoso Chianti Clássico, você tem a oportunidade de degustar o Fontalloro e o Rancia, vinhos produzidos inteiramente com a principal uva da Toscana, a Sangiovese, por aproximadamente EUR 15 por pessoa.

A Adega Castello Di Brolio é outra boa opção entre as vinícolas italianas. O lugar pertence a uma das mais tradicionais famílias produtoras de vinho na Itália, os Ricasoli. O passeio é uma experiência única e imperdível para os admiradores do bom vinho. E, mesmo que esse não seja o seu caso, você pode ir sem receios, pois a paisagem da Toscana com certeza vai fazer valer a pena.

Além das vinícolas italianas

Na hora de organizar a viagem é importante escolher um hotel que facilite seu deslocamento e entenda o propósito do seu passeio, complementando a experiência. Uma ótima opção de hospedagem na Toscana é o hotel Laticastelli Country Relais, descrito como um pequeno paraíso medieval localizado próximo a diversas adegas.

A Adega Felsina, por exemplo, fica a 15 metros do hotel e a Castello Di Brolio fica a apenas 20 metros. Além da comodidade de ter algumas vinícolas italianas a poucos metros, o hotel proporciona experiências gastronômicas para os dias em que você não quiser se aventurar.

Por apenas EUR 16, a vinhoteca oferece aos hóspedes degustações de vinhos durante as tardes na adega, que está localizada ao lado do restaurante La Taverna. As opções incluem os clássicos tintos da Terre Senese – Vernaccia, Chianti e Montepulciano -, que são facilmente combinados com os típicos petiscos italianos, como bruschettas, salames e presuntos toscanos.

Se a viagem for durante os quentes dias de verão, a dica é degustar as boas safras italianas à beira da piscina do Laticastelli, que parece estar suspensa em meio às colinas da região e que oferece cenas espetaculares a cada entardecer. Veja outras opções de hotéis nesta região.

CONPARTILHE COM SEUS AMIGOS

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

Escreva um comentário

Inline
Inline