Viagem de Lima a Cusco de carro

15

Atualizado em 11 de agosto de 2016

Muitos viajantes me escrevem procurando informações sobre o trecho que vai de Lima a Cusco, no Peru. Ao longo de anos, todos os relatos que ouvi de pessoas que fizeram a viagem até Cusco de carro é de que o percurso é tenso, cansativo e desgastante.

Dessa vez, quem vai nos contar os detalhes da viagem é o servidor público Marcos Leão. Ele é um viajante experiente e sempre aluga um carro para desbravar a região onde está. Ele me contou que chegou a Lima com a esposa e um casal de amigos e, então, decidiu seguir até Cusco de carro, passando por Nazca.

A primeira parte da viagem, de Lima a Nazca, foi muito legal. Esse trecho tem paisagens lindas, margeando o Pacífico. Nessa rota, nós encontramos restaurantes simples, mas que serviam comidas típicas muito boas. Nós encontramos, também, vestígios de um poderoso terremoto, seguido de um maremoto, que devastou comunidades inteiras da costa peruana. Hoje, só se vê as bases das casas. Nós fizemos, ainda, um sobrevoo nas Linhas de Nazca, e dormimos na cidade”, conta.

Realmente a viagem de Lima a Nazca é bastante tranquila e agradável, já que a rodovia está bem conversada e é cheia de longas retas. Isso faz a viagem render e ser menos perigosa. Se você quiser saber mais sobre as Linhas de Nazca, leia: Como é sobrevoar as Linhas de Nazca.

Viagem de Lima a Cusco de carro

O servidor público, Marcos Leão, e sua esposa no deserto de Nazca.

Detalhe das grandiosas Linhas de Nazca.

Detalhe das grandiosas Linhas de Nazca.

Subindo os Andes

Depois dessa parada, Marcos deixa o litoral e segue rumo à Cordilheira dos Andes. De Nazca a Cusco são, aproximadamente, 650 quilômetros, uma distância que, olhando no mapa, parece curta e fácil de ser cumprida em poucas horas. Mas não é bem isso que ele nos conta.

Pela manhã, bem cedo, iniciamos o trecho que vai de Nazca a Cusco. São pouco mais de 650 quilômetros, mas que equivalem a 1.500 aqui no Brasil. As estradas são muito boas, sem buracos, mas têm muitas curvas fechadas que um carro não faz a mais de 40 km/h. Todo esse trecho tem precipícios de um lado e pedras gigantescas do outro. Sem falar na quantidade de amimais cruzando a pista: lhamas e alpacas que, aqui, são criadas como gado, estão por todos os lados”, explica.

Viagem de Lima a Cusco de carro

A rodovia que sobe os Andes até Cusco.

O mal de altitude

Foram esses obstáculos que fizeram com que a viagem de Marcos durasse mais de 18 horas. Cansados, tensos e ansiosos para encerrar essa penosa jornada, passageiros e motoristas tiveram ainda que vencer outro grande problema: o mal de altitude, que pode afetar quem alcança os trechos mais altos dos Andes.

Os desconfortos causados pela falta de oxigenação do sangue aparecem em forma de enjoo, vômito, dor de cabeça, tontura e sonolência que, em casos mais graves, podem causar a morte.

Marcos conta que estava dividindo a direção do veículo com seu amigo, e seu relato é importante para que você também saiba que há um risco real, principalmente para quem não é acostumado com altitudes acima dos 3.000 metros.

Dirigir sentindo o mal da altitude não é nada fácil. Meu amigo não sofreu muito, mas eu praticamente fiquei sem sentidos e completamente desorientado na última metade da viagem. Para mim, a viagem foi terrível”, alerta Marcos.

Viagem de Lima a Cusco de carro

Penhascos ladeiam a estrada durante todo o trajeto.

Quem está planejando uma viagem pelas cidades peruanas que ficam na Cordilheira dos Andes – de carro ou não – deve saber que há medidas preventivas que podem auxiliar no combate aos efeitos do mal de altitude. Uma delas é fazer a subida de forma gradativa, parando em cidades intermediárias. Mas há também medicamentos que ajudam o nosso organismo nessa tarefa. Para saber mais detalhes, leia: Dicas para cuidar de sua saúde no Peru.

Felizmente, a viagem de Marcos terminou bem. Depois de 18 horas, ele chegou a Cusco, mas quando pergunto se ele repetiria essa aventura, o que ouço é um não bem forte.

Sou acostumado a viajar e, geralmente, aonde chego alugo um carro. Assim, já conheci muita coisa nos meus 63 anos de vida, mas nada foi parecido com a experiência de chegar a Cusco de carro”, revela o viajante.

Viagem de Lima a Cusco de carro

Mas a paisagem é linda, isso não dá para negar.

Cusco de carro

Para quem realmente deseja seguir até Cusco de carro, é importante fazer algumas paradas nas cidades do caminho para se aclimatar e para aliviar a tensão da viagem. Outra informação muito importante é que, nesse trecho, é ideal que haja, pelo menos, dois motoristas para revezar a direção.

No trecho até Cusco, eu encontrei alguns restaurantes que servem truta fresquinha, que são tiradas do poço na hora. Eles ficam exatamente no meio da viagem e funcionam como um ponto de parada estratégica para a gente se alimentar e descansar”, indica.

Viagem de Lima a Cusco de carro

Depois de 18 horas de viagem, finalmente Marcos chega a Cusco.

Se você está planejando uma viagem de carro pelo Peru, eu sugiro que leia: Peru de carro: o que você precisa saber e Como é a viagem de carro para o Peru.

Marcos Leão, viajante experiente em estradas, nos contou como foi sua aventura no Peru. Veja como compartilhar sua história.

CONPARTILHE COM SEUS AMIGOS

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

15 Comentários

  1. Rosemildo Vilarim on

    Estamos planejando nossa viagem ao Peru em camionete frontier, porem desejaríamos ter contato com casal que tope fazer essa viagem conosco, seria apartir do mês de março/2017.
    Moramos no estado da Paraiba, aposentados com idade entre 50 e 60 anos

  2. Boa noite.. parabéns pelo excelente trabalho. Gostaria de saber se é fácil alugar um bom carro em Puerto Maldonado. Pq não queria ir de carro de SP. Ou será que posso alugar em Rio Branco? Por conta de não estar no meu nome? Obrigado

  3. Ótimo seu blog, parabéns.

    Peru é realmente incrível, paisagens deslumbrantes, desfiladeiros arrepiantes e cenários repleto de cultura e muita história.

    Tem duas rotas de carro ou ônibus que aconselho pelas belas paisagens que é Lima/Huancayo pela Carretera Central e Lima/Trujilo que passa no belo e muito perigoso Serpentin Pasamayo.

  4. Altier Moulin, que bom que encontrei seu blog. Estava pensando em fazer esse percurso de carro com meu marido e filho de 4 anos, mas agora vou de avião, com certeza! Gostamos de aventuras, mas com criança pequena todo cuidado é pouco. Obrigada e parabéns pela matéria.

Escreva um comentário