Praça São Pedro e o memorável encontro com o papa

0

Atualizado em 13 de julho de 2017

Localizado em frente à Basílica de São Pedro, no pequeno estado do Vaticano, a Praça São Pedro é uma das mais bonitas do mundo e, por isso, é parada obrigatória durante sua visita a Roma.

Antes de prosseguir, veja: Visite a cúpula da Basílica de São Pedro.

A praça tem 320 metros de comprimento e 240 metros de largura e foi desenhada por Bernini, ainda no século 17. Com seu estilo clássico, é possível ver influências do estilo barroco na obra do artista, o que deixa a praça ainda mais espetacular, destacando a bela arquitetura do cristianismo.

Porta de entrada para o Estado do Vaticano, logo que você chega à praça é possível ver as grandiosas colunas e pilastras que cercam o local. São 284 colunas e 88 pilastras que simbolizam dois braços envolvendo os fiéis e levam a gente até à Basílica. Ideias projetadas pelo artista Bernini que fazem muito sentido para a Igreja.

Praça São Pedro

No centro da praça está o Obelisco Vaticano com 40 metros de altura que foi trazido do Egito para embelezar ainda mais o local, a pedido do Papa Sisto V. No topo do obelisco dá pra ver uma cruz, símbolo do catolicismo.

Uma dica bem legal, é que ao lado do obelisco existe uma marcação do chão de onde é possível ver todas as 88 colunas perfeitamente alinhadas em uma fileira.

No topo da praça, existem 140 estátuas de santos que foram construídas por alunos de Bernini por volta do ano de 1670. Cada uma delas tem 3,20 metros de altura.

Minha visita ao Vaticano começou pela praça. Dá para vir aqui tanto de dia quanto à noite. Não tenha pressa e se atente aos detalhes, pois você irá se surpreender com toda grandiosidade e beleza, tornando a sua experiência única e sensacional, assim como foi a minha.

Praça São Pedro e o memorável encontro com o papa

A Praça São Pedro horas antes da audiência papal.

Praça São Pedro e o memorável encontro com o papa

A fachada da Basílica de São Pedro.

Praça São Pedro e o memorável encontro com o papa

Esculturas de 140 santos enfeitam toda a praça.

Vir a Roma e ver Papa

Conhecer o Vaticano é um sonho de muitos católicos e devotos. Eu sou apenas um admirador, mas fiquei deslumbrado com tudo o que vi. Só que a melhor experiência que tive por aqui foi assistir uma audiência com o Papa Francisco. Não sou católico, mas tenho uma admiração muito grande por este papa e ir à Itália e não vê-lo seria uma grande decepção.

As audiências com o papa acontecem, normalmente, às 10h30 das quartas-feiras, na Praça São Pedro e é necessário solicitar o ingresso com um pouco de antecedência. Para conseguir a entrada basta acessar o site do Vaticano e fazer a solicitação incluindo a data da visita (link do site). Eu recomendo fazer a solicitação com dois ou três meses de antecedência.

Você irá receber a confirmação do Vaticano via e-mail ou correio e, depois disso, é só retirar o ingresso um dia antes no Portão de Bronze, localizado do lado esquerdo da Basílica.

Praça São Pedro e o memorável encontro com o papa

Para Francisco chegando para a celebração.

Caso não consiga agendar pela internet, eu sugiro tentar um ingresso de última hora, como eu fiz: como a audiência aconteceu em um sábado, consegui o ingresso na sexta-feira à tarde com a Guarda Suíça no Portão de Bronze.

No dia da audiência recomendo chegar com bastante antecedência para conseguir um local privilegiado, perto das grades de madeira que formam alguns corredores na Praça. Eu cheguei por volta das 7h e as ruas que cercam o Vaticano já estavam lotadas de pessoas.

Antes de começar a audiência, o papa circula pela praça com o papa móvel e é possível vê-lo bem de perto. Este foi um dos momentos mais marcantes da audiência. A celebração é realizada em várias línguas, inclusive em português.

Escrever sobre essa experiência é um pouco difícil, aqui posso somente dar as dicas de como conseguir um ingresso e participar da audiência, mas descrever a sensação de estar próximo a uma figura tão importante para o catolicismo e para a sociedade em geral não é fácil. Essa foi uma das maiores e melhores experiências que vivi na Itália e repetiria quantas vezes fosse possível, porque é realmente indescritível.

Praça São Pedro e o memorável encontro com o papa

Toda semana, uma multidão lota a Praça São Pedro.

Praça São Pedro e o memorável encontro com o papa

Um dos momentos mais inesquecíveis de minha viagem à Itália.

Planeje sua visita à Praça São Pedro

Quanto custa | A visita à Praça São Pedro e a audiência com o papa são gratuitas. Porém, é necessário solicitar um ingresso no site do Vaticano com antecedência de, pelo menos, dois meses. Caso não consigo fazer o agendamento online, você pode tentar um ingresso de última hora um dia antes.

Quando ir | Você pode visitar a Praça São Pedro durante todo o ano, mas os horários variam de acordo com a estação do ano: entre outubro a março, ela abre das 8h às 17h, e de abril a setembro, das 8h às 18h. As audiências com o papa acontecem nas quartas-feiras, à 10h30.

Quem leva | Há várias outras atrações na Cidade do Vaticano e você pode comprar seus ingressos com antecedência para evitar as gigantescas filas. Consulte os preços e faça sua reserva.

Como chegar | Usando o transporte público, você pode descer na estação de metrô Ottaviano e caminhar até o Vaticano.

Roma tem dois aeroportos, o Aeroporto Internacional Leonardo da Vinci (LCO) e o Aeroporto Internacional de Ciampino (CIA). Veja como encontrar bons preços de passagens aereas.

Onde ficar | Roma é uma das cidades mais visitadas do mundo e há uma infinidade de hotéis, hostels e apartamentos disponíveis na cidade. O grande detalhe é que, fazendo as reservas com antecedência, você consegue uma boa localização e, claro, preços mais baixos. Veja as melhores opções de hospedagem em Roma.

Visto | Brasileiros não precisam de visto para entrar e permanecer na Itália por até 90 dias. Porém, é preciso apresentar o passaporte com até seis meses de validade e o seguro viagem. Veja como comprar o seu com descontos exclusivos.

CONPARTILHE COM SEUS AMIGOS

SOBRE O AUTOR

André Pain

Administrador atuando como auditor contábil em uma multinacional e viajante nas horas vagas, meu sonho de criança era conhecer o mundo. Hoje, meu maior prazer é ver isso se realizar toda vez que embarco para um novo destino.

Escreva um comentário

Inline
Inline