Como visitar as pirâmides do Egito

10

Atualizado em 5 de junho de 2017

Pode parecer clichê, mas quem chega ao Cairo quer mesmo é visitar as pirâmides do Egito. E, diferentemente do que muita gente imagina, elas não estão abandonadas no meio do deserto, longe de tudo e de todos. O conjunto formado por essas imponentes obras fica na cidade de Guiza, a apenas 28 quilômetros do Cairo, e é a única das Sete Maravilhas do Mundo que sobreviveu ao tempo, às guerras e às catástrofes naturais. Justamente por isso, é dele todo o mérito pela atenção dos turistas que visitam o Egito.

Nesta região, está um aglomerado de nove pirâmides – sendo seis bem menores – e vários cemitérios, todos mal sinalizados e pouco visitados pela maioria dos turistas. Então, se sua ideia é ir além dos lugares comuns, venha preparado com um mapa ou contrate um guia local. Embora você não vá se perder por aqui, é sempre bom estar bem informado para ganhar tempo. Mas o que você não vai poder evitar é aquela sensação de dormência que toma conta do nosso corpo e mente quando chegamos aos pés de algo assim tão grandioso: as pirâmides têm cerca de 2,3 milhões de blocos de pedra e cada um pesa em torno de 2,5 toneladas. Com 146 metros de altura, a pirâmide de Queóps é a maior do Egito.

Ao visitar as pirâmides do Egito é inevitável pensar como aquela montanha de pedras foi colocada ali. Alguns historiadores – baseados em registros populares – defendem que as pirâmides tenham sido edificadas por escravos, porém há estudiosos que alegam que elas foram feitas por egípcios livres, que não tinham muita oferta de trabalho nos meses de baixa do Rio Nilo. De fato, uma das poucas informação concordantes entre todos os egiptólogos é a de que as três majestosas pirâmides foram construídas para servirem como túmulos dos faraós Quéops, Quéfren e Miquerinos, todos da mesma família.

Como visitar as Pirâmides do Egito

Vista das três principais pirâmides de Guiza.

Como visitar as Pirâmides do Egito

A região metropolitana do Cairo: vista do conjunto de Guiza.

Como visitar as Pirâmides do Egito

CLIQUE E SAIBA MAIS SOBRE A HISTÓRIA DAS PIRÂMIDES

Já a Esfinge, toda esculpida em um único bloco de pedra, é alvo de muitas investigações sem muita concordância entre elas. O que se sabe é que já superou batalhas, foi soterrada e que, desde 1925, está de volta ao complexo. Apesar de seus 57 metros de altura, a Esfinge parece minúscula perto da imponente pirâmide de Quéops, que tem altura equivalente à de um prédio de 50 andares.

Então, se vocês está planejando visitar as pirâmides do Egito, o ponto turístico mais antigo no mundo, também é importante saber que escalar as pirâmides é ilegal – é crime –, e mesmo que alguns guardas façam vistas grossas para isso, é bom evitar. Policiais à paisana fazem a segurança das pirâmides e, caso você seja flagrado sobre elas, poderá ter que pagar multa de USD 150 e até mesmo ser condenado à prisão. Além disso, há casos de turistas que se feriram gravemente e outros que morreram ao cair.

Como visitar as Pirâmides do Egito

Vejam como a Esfinge realmente parece pequena.

Como visitar as Pirâmides do Egito

Mas, de perto, ela encanta.

Programe-se para visitar as pirâmides do Egito

Quanto custa | Para visitar as Pirâmides do Egito, estrangeiros devem pagar EGP 50. Para visitar o interior da pirâmide de Quéops, você deverá pagar mais EGP 100. Fique esperto porque são vendidos apenas 300 ingressos para essa entrada por dia, sendo metade às 8h e a outra metade às 13h. A maioria dos grupos de turistas prefere fazer a visita pela manhã, então pode ser que suas chances sejam maiores à tarde. Eu não fiz esse passeio porque as informações que tinha eram de que o ambiente é bastante claustrofóbico e de que não há objetos nem múmias – óbvio – a serem contemplados.

O passeio a cavalo custa EGP 200 para duas horas de cavalgada com a companhia de um guia. Uma volta rápida de 30 minutos em um camelo pode custar EGP 250, mas a negociação tem que ser dura para conseguir jogar o preço para baixo. Aliás, isso é uma coisa que se pratica muito no Egito. Nunca contrate um serviço pelo primeiro preço. Negocie e você pagará menos que a metade, em alguns casos.

Quando ir | Você pode visitar as pirâmides do Egito todos os dias, mas os horários variam de acordo com a época do ano. De abril a setembro, o funcionamento vai das 7h às 19h, e de outubro a março, das 7h às 17h.

O melhor período para visitar o Egito é de outubro a maio, quando as temperaturas não são muito agressivas. Nos outros quatro meses – junho, julho, agosto e setembro –, é verão no Egito e as temperaturas muitas vezes podem chegar perto dos 50 graus, principalmente em Luxor, Aswan e em outras partes do sul do país. Apesar do calor, é nessa época que dá para ver o país sem aqueles milhões de turistas.

Nos feriados de fim de ano e na Páscoa, tudo fica muito mais tumultuado por causa dos turistas europeus que chegam aqui com frequência – principalmente para fazer um cruzeiro pelo Rio Nilo.

Como chegar | Se você não se sentir confortável para visitar as pirâmides do Egito sozinho, contrate um tour na recepção do hotel ou do hostel em que estiver. Além do traslado, você pode combinar uma ida a Saqqara e a Mênfis para completar a viagem e ter mais uma ideia da evolução criativa dos egípcios. Mas se preferir usar o transporte público, há micro-ônibus que partem do Cairo até a entrada das pirâmides. Os ônibus 357 e 355 também fazem o trajeto até aqui, mas a viagem demora um pouco por causa do caótico trânsito da cidade. A passagem custa EGP 1.

A área onde estão as pirâmides é enorme e há algumas opções para percorrer o terreno: de charrete, de camelo, a cavalo ou a pé. Eu vi alguns poucos carros percorrendo o terreno e não tive a oportunidade de confirmar se eram passeios privados, mas não custa nada checar.

Como visitar as Pirâmides do Egito

A entrada da área das pirâmides.

Como visitar as Pirâmides do Egito

A tenda que funciona em frente às pirâmides onde contratei o passeio de cavalo.

Como é a visitar as Pirâmides do Egito

Mesmo uma volta rápida de camelo pode sair caro.

Onde ficar | Quando visitei a capital do Egito, eu fiquei na parte histórica da cidade, bem perto da Praça Tahir e do Museu do Cairo. É aqui que o coração da cidade parece bater mais forte, mas é aqui também que a confusão é maior. De qualquer forma, não há como conhecer o Cairo sem fazer parte disso tudo. Eu escrevi um post com as minhas dicas de onde se hospedar no Cairo.

Visto | Brasileiros precisam de visto para entrar no Egito. Mas o processo é simples e rápido. Todos os detalhes que você precisa saber estão aqui: como solicitar o visto para o Egito.

Comida e Costumes | Se você nunca viajou para um país árabe, é importante saber um pouco da cultura para minimizar o impacto. Eu escrevi sobre algumas experiências que tive no post costumes e comida do Egito.

CONPARTILHE COM SEUS AMIGOS

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

10 Comentários

  1. Nossa que legal, eu tenho um sonho que poder conhecer as piramides do Egito, espero um dia poder realizar.

    Mas eu não sabia que tinha gente que subia, ou tentam subir nas piramides, hehehe é cada doido.

    • Altier Moulin

      Pois é, Vitor. Tem cada louco nesse mundo…
      Se programe para conhecer as pirâmides, porque é uma viagem irada demais.

      Um abraço.

  2. Elizeu Reis de Andrade on

    Altier, bom dia, somos gaúchos e estou programando um cruzeiro por esta região Dubai X Europa ou vice versa, sabes me dizer se é possível visitar as pirâmides através de cruzeiro, os navios atracam em alguma cidade próxima, já fizemos muitos cruzeiros e sabemos como tudo funciona, mas nunca consegui informação sobre e por isto nunca fomos para esta região.
    Suas dicas são muito interessantes e vou leva-las junto. Se puderes responder agradeço a gentileza.
    Grande abraço.
    Elizeu

    • Altier Moulin

      Oi ELizeu,

      Antes de tudo, você precisa saber se o cruzeiro vai até o Egito, principalmente ao Cairo. Depois, procure saber quanto tempo você terá na cidade. A maioria dos cruzeiros para em Alexandria, que é bem distante do Cairo.

      Um abraço.

  3. Muito feliz em ler seu blog! To no egito e vou fazer meus passeios seguindo suas dicas! Toppp! Valeu! Sem querer querendo vi seu blog e percebi que te conhecia atraves de um amigo, Rafael de Uberaba, rs eu estava na casa dele quando voces planejavam uma viagem juntos! Rsrs abraço Altier

  4. William Evangelista on

    Altier, ótima dicas!
    Mas você sabe dizer se a visitação aos parques arqueológicos também acontecem nos finais de semana nesse mesmo horário citado? Qual foi a época que você foi e qual temperatura fazia em média?
    Tenho planos para o Egito no início de março de 2017 e já quero me programar.
    Abraços.

    • Altier Moulin

      Oi William,

      Eu fui em janeiro, no inverno. A temperatura durante o dia era quente, mas agradável. Durante a noite fazia frio.
      Como eu explico nos posts, dá pra visitar os sítios arqueológicos todos os dias do ano nos horários especificados. 😉

      Um abraço.

Escreva um comentário