A incrível ponte suspensa do Capilano River

0

Atualizado em 6 de junho de 2017

A ponte suspensa do Capilano Suspesion Bridge tem exatos 137 metros de extensão e fica a uma altura de 70 metros, o que equivale a um prédio de 15 andares. E é ela a principal atração desse parque cheio de aventuras. Mas tudo começa com uma visita aos totens que homenageiam os povos primitivos do Canadá – os first nations. Eles formam centenas de comunidades espalhadas de leste a oeste, de norte a sul do país, que ainda mantêm vivas suas tradições.

Nesse primeiro momento, também dá para entender como nasceu a ideia desse tão precioso parque, que tem uma ponte tão peculiar. Nos painéis espalhados pela entrada, eu descobri que o sonho de construir uma ponte suspensa sobre o Capilano Cânion começou em 1888, com a chegada do escocês George Grant Mackay. Ele estava obstinado a fazer dos seus seis alqueires de terra, localizados numa das mais bonitas regiões de North Vancouver, uma reserva ecológica que fosse referência para o país. E conseguiu.

A incrível ponte suspensa do Capilano Suspesion Bridge

Um dos totens que homenageiam os povos primitivos.

A incrível ponte suspensa do Capilano Suspesion Bridge

A assustadora altura da ponte suspensa.

A incrível ponte suspensa do Capilano Suspesion Bridge

A visão de quem entra na ponte.

A incrível ponte suspensa do Capilano Suspesion Bridge

Como está suspensa, ela balança de acordo com cada passo que você dá.

Do alto dos 70 metros da ponte.

Hoje, o parque recebe milhares de visitantes todos os anos que, além de cruzarem a famosa ponte suspensa sobre o Capilano River, podem caminhar pelas trilhas, ter aulas de educação ambiental e experimentar muitas outras atividades carregadas de emoção e adrenalina.

O cliffwalk é outra atração muito desejada no parque. Essa passarela tem suas hastes presas a uma rocha de granito com mais de 160 milhões de anos, e os engenheiros e técnicos tiveram que utilizar equipamentos de rapel para executar o serviço necessário e deixar tudo bem seguro.

Quem passa pelo cliffwalk vai ver que em alguns pontos da trilha suspensa o piso é de vidro e a sensação, para quem tem medo de altura – como eu – não é uma das melhores. A adrenalina vai lá no topo e isso é, sem dúvidas, muito bom.

O cliffwalk é uma imensa passarela presa a uma rocha.

Caminhando sobre o cliffwalk.

Planeje sua visita à ponte suspensa do Capilano

Quanto custa | A entrada custa CAD 39,95. Estudantes pagam CAD 32,95 e crianças de seis a nove anos pagam CAD 12. É importante lembrar que menores de 17 anos só entram acompanhados por um adulto.

Quando ir | Você pode visitar a ponte suspensa do Capilano River todos os dias do ano – exceto no Natal –, das 9h às 17h. Para evitar filas, é bom chegar logo cedo ou no final na tarde.

No Canadá, o clima é temperado, com as quatro estações bem definidas. No inverno, entre dezembro e março, Vancouver é um bom destino para quem gosta de esquiar e de outras atividades na neve. No verão, especialmente entre julho e agosto, os dias são mais quentes e ensolarados. É nessa época que os parques são mais frequentados e que todo mundo está animado para fazer atividades ao ar livre. É justamente por isso que essa é a minha época preferida em Vancouver.

Quem leva | Se você quiser ter uma experiência mais completa, eu sugiro contratar um passeio para ter o acompanhamento de um guia. Ele vai lhe apresentar todos os cantos do Capilano Supension Bridge e explicar detalhes da história desse lugar. Há várias agências que oferecem esse serviço e outros que complementam com um tour pela espetacular cidade de Vancouver. Isso é ideal para quem gosta de saber das curiosidades de cada lugar. Consulte aqui as opções de passeios.

Como chegar | O Capilano Suspension Bridge fica em North Vancouver e a maneira mais fácil de chegar aqui é nos ônibus gratuitos que a empresa oferece para levar e trazer os visitantes. Consulte os locais e os horários de saída.

O Aeroporto Internacional de Vancouver (YVR) é o principal da região. Ele recebe voos de outras cidades canadenses e também de outros países.

Onde ficar | Vancouver tem excelentes opções de hospedagem com preços variados: desde hotéis caríssimos a hostels superbaratos. Mas é importantíssimo fazer a reserva com antecedência. Dê uma olhada nas opções de hospedagem na cidade.

Visto | Brasileiros precisam de visto para entrar no país. Veja como solicitar o visto para o Canadá.

CONPARTILHE COM SEUS AMIGOS

SOBRE O AUTOR

Altier Moulin

Sou um jornalista que gosta de contar histórias e de extrair do cotidiano um valor que muitos não percebem. Desde menino, meu desejo era viajar pelo mundo. Já adulto, descobri que isso não era apenas um sentimento, mas um propósito de vida.

Escreva um comentário

Inline
Inline