Blog

Em dezembro de 2008, com um grupo de amigos, decidi criar um blog para compartilhar entre nós e com os internautas, um pouco do que cada um de nós faria durante as férias daquele ano. Estávamos empolgados com os planos individuais e, estando tão distantes, o jeito seria acompanhar as viagens uns dos outros pelas fotos e comentários deixados na rede mundial de computadores.

Logo, uma série de posts se sucederam e a cada leitura uma empolgação extrema envolvia cada um do grupo. Acompanhando simultaneamente as viagens que aconteciam em lugares bem diferentes, nós trocávamos dicas e experiências. Porém, com a vida profissional que levávamos, o blog acabou sendo esquecido. Por algumas vezes nós até planejamos retomá-lo. Sem sucesso, entendemos que ele havia cumprido a sua missão.

Diferente dos meus amigos daquela época, eu continuei viajando e fotografando. É verdade que pra mim não importa o lugar: um breve passeio em uma cidadezinha do interior pode revelar grandes oportunidades. Foi assim que, no início de 2010, eu voltei a escrever no blog. Dei a ele uma cara nova e fiz dele o meu registro de viagens. De lá pra cá, a paixão por viajar só aumentou. Viajo mais, com mais qualidade e me sinto preparado para continuar viajando, fotografando e escrevendo.

Ao contar as minhas experiências de viagem, meu objetivo é colaborar para que os meus leitores entendam que viajar é mais simples e mais barato do que muitos deles imaginam. Assim, o blog reúne as informações e as vivências que me fizeram ser um viajante melhor e mais coerente.

Segmentos

As viagens que faço e que são publicadas no Pé na Estrada estão baseadas em três temas principais: ecoturismo, turismo de aventura e destinos exóticos.

Ecoturismo | O ecoturismo se caracteriza pelo contato direto com ambientes naturais e pela realização de atividades que possam proporcionar vivência e conhecimento da natureza. Assim, o Pé na Estrada entende que viagens e passeios baseados em uma relação responsável com o ambiente são imprescindíveis para formar viajantes mais comprometidos com a conservação ambiental.

Turismo de aventura | O turismo de aventura envolve todas as atividades de aventura de caráter não-competitivo. Nesse segmento, o Pé na Estrada aborda atividades como arvorismo, cavalgada, exploração de cavernas,  viagem off-road, cachoeirismo, canionismo, caminhadas, escaladas, montanhismo, rapel, tirolesa, boia-cross, canoagem, mergulho, rafting, balonismo, parapente, paraquedas, ultraleve e trilhas.

Destinos exóticos | Viajar é sair da rotina, é descobri algo novo. Portanto, nada melhor do que aproveitar essa oportunidade para mergulhar em um mundo totalmente diferente do naturalmente habitamos. Neste segmento, a proposta do Pé na Estrada é oferecer alternativas aos viajantes que procuram destinos ainda pouco explorados.

Transparência

A maioria das viagens que faço são realizadas por conta própria, sem patrocínio ou qualquer remuneração. E, na maioria dos casos, eu viajo sem me identificar como jornalista ou blogueiro. Isso me permite identificar pontos positivos e oportunidades de melhoria em hotéis, restaurantes, companhias aéreas e qualquer outro negócio ou empresa citados nos meus relatos de viagem. A ideia é que eu seja atendido como qualquer outro cliente.

Os posts produzidos a partir de convites feitos por empresas ou órgãos governamentais serão claramente identificados para que o leitor entenda que se trata de uma ação publicitária e também oportunidade para conhecer um serviço, um destino ou um programa com o objetivo de avaliá-lo em todos os aspectos. Todos os posts produzidos com base nessas viagens trazem no rodapé a identificação de quem as patrocinou. Nas redes sociais, as publicações serão acompanhadas pela tag #ap, que significa que o conteúdo é patrocinado ou que tem o apoio de um empresa e/ou órgão governamental.

Além disso, geralmente me hospedo na cada de pessoas que conheço pelo Couchsurfing, um dos mais empolgantes projetos que conheço. Dessa forma, além de não gastar com hospedagem, eu posso ver o melhor da cidade seguindo as dicas que os anfitriões me apresentam.

Blogosfera

O Pé na Estrada faz parte da Associação Brasileira Blogs de Viagem – ABBV, uma organização sem fins lucrativos que regulamenta e defende os interesses dos blogs que atuam através deste nicho no mercado nacional; e da Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem – RBBV, uma comunidade composta por blogueiros que escrevem sobre diferentes temas ligados a viagem.

Inline
Inline